Benefícios da manteiga Ghee

A preocupação cada vez maior com a saúde e com a procedência dos alimentos tem levado muitas pessoas a selecionar melhor tanto os produtos que consomem quanto a maneira como eles são preparados.

Tradicionalmente indiana, a manteiga ghee é produzida a partir do leite de vaca ou de búfala. Trata-se de uma manteiga pura, pois toda a água e os elementos sólidos e toxinas da gordura do leite e lactose são completamente removidos. Ghee é manteiga clarificada, o que significa que foi cozida para separar os sólidos de leite e a gordura do leite. A espuma no topo – que contém os alérgenos – é retirada.

O resultado é um óleo dourado, brilhante e transparente, que não fica rançoso. Esse é o ouro líquido que aparece nas antigas escrituras indianas, e que você poderá usar no preparo de todos os alimentos. Por não estragar facilmente, não precisa de refrigeração.

Motivos para consumir a manteiga ghee:

-  a ghee tem todo o sabor da manteiga, sem os alérgenos: ghee é feita de manteiga, mas os sólidos de leite e impurezas foram removidas.

- não contém lactose, sendo de fácil digestão, podendo ser consumida por intolerantes à lactose;

- não precisa ser armazenada na geladeira, pois tem uma grande durabilidade, embora fique líquida como óleo;

- é rica em vitaminas lipossolúveis: A, E, K e D;

- é uma gordura mais pura e ajuda a reduzir o colesterol e os triglicerídios;

- pode ser utilizada na preparação de refeições porque é estável em temperaturas elevadas;

- melhora o aparelho digestivo e estimula o sistema imunitário: rica em ácido butírico, um ácido gordo de cadeia curta. As bactérias intestinais benéficas convertem as fibras em ácido butírico e, em seguida, usam isso para dar energia e suporte à parede intestinal.

É importante lembrar que esses benefícios são obtidos a partir do consumo de pequenas quantidades de manteira ghee na dieta, que deve ser incluída em uma alimentação balanceada. 

Como fazer a manteiga ghee em casa:

- Colocar a manteiga em uma panela, de preferência de vidro ou inox, e levar para o fogo médio até derreter e começar a ferver. Também pode-se usar o banho-maria;

- Com o auxílio de uma escumadeira ou colher, retire a espuma que irá se formar na superfície da manteiga, tentando não mexer na parte líquida. Todo o processo dura cerca de 30 a 40 minutos;

- Espere a manteiga esfriar um pouco e coe o líquido com uma peneira para retirar os sólidos que se formam no fundo da panela, pois eles são formados pela lactose.

- Coloque a manteiga em um frasco de vidro esterilizado e armazenar na geladeira no primeiro dia, para que ela fique com consistência dura. Em seguida, a manteiga pode ser armazenada em temperatura ambiente.

Para que a manteiga dure mais tempo, é importante armazená-la em um frasco de vidro que pode ser esterilizado colocando-o em água fervente por cerca de 10 minutos. Em seguida, deve-se deixa o frasco secar naturalmente sobre um pano limpo, com a boca virada para baixo para que não entre impurezas do ar no frasco. Após a secagem, deve-se tampar bem o frasco e utilizá-lo quando precisar.

Sopa funcional de inhame

Além de saborosas, as sopas podem trazer inúmeros benefícios à saúde. Não por acaso, têm conquistado cada vez mais espaço, principalmente no inverno. Leves, nutritivas, práticas ou sofisticadas, ainda podem ajudar na perda de peso. Saiba como prepara uma sopa funcional de inhame: 

Ingredientes: 500 g de inhame cortado em cubos; 1 dente de alho picado; 1 cebola média picada; 1 colher (chá) de azeite; 1 litro de caldo de legumes; 1 maço de alface picado; salsa a gosto. 

Preparo: Em uma panela, aqueça o azeite e refogue o alho e a cebola. Junte o inhame e deixe refogando por mais 3 minutos. Acrescente o caldo de legumes e a alface e cozinhe até o inhame ficar bem macio. Deixe esfriar um pouco e bata tudo no liquidificador. Volte à panela apenas para aquecer, salpique a salsa e sirva em seguida.

Caldo básico de legumes:

Ingredientes: 2 a 3 cebolas; 2 cenouras; 2 talos de salsão; 2 alhos-poró; 2 dentes de alho; 2 folhas de louro; 4 galhos de tomilho; 5 talos de salsinha.
Preparo: Corte as cebolas, as cenouras, o salsão e o alho-poró em pedaços grandes. Coloque-os em uma panela grande. Num coador de café (de papel), coloque alho, louro, tomilho e talos de salsinha. Faça um “pacotinho” e amarre com um barbante de algodão. Coloque junto dos outros vegetais na panela e acrescente cerca de 2,5 litros de água. Leve ao fogo bem baixo, destampado, sem deixar ferver em momento algum. Depois de 40 minutos a uma hora, estará pronto. Deixe esfriar, coe e coloque em forminhas de gelo no freezer, caso não for utilizar na hora.

 

Benefícios do tamarillo (tomate de árvore)

O tamarillo, mais conhecido como tomate de árvore, é uma fruta rica em vitaminas e minerais, como a provitamina A, vitaminas B6, C e E, cálcio, ferro, fósforo e magnésio. Devido a sua alta quantidade de antioxidantes, fortalece o sistema imunológico.

São vários os benefícios à saúde fornecidos por essa fruta: melhora a visão; ajuda a controlar a pressão arterial elevada e o colesterol; facilita o funcionamento adequado do sistema nervoso; é um remédio natural para doenças do fígado; ajuda na perda de peso. Por apresentar grande quantidade de fibras, funciona como laxativo suave. 

A fruta e as folhas são aplicadas como cataplasmas quentes para tratar a inflamação das amígdalas e condições gerais da garganta. Quando consumidas em jejum, auxiliam no tratamento de gripes e resfriados. 

Receita – bruschetta de tamarillo:

Ingredientes: tomates de árvore maduros; 1/2 xícara (chá) de azeite; 1 dente de alho; 1 colher (sopa) de orégano; sal a gosto; folhas de manjericão a gosto; pimenta a gosto; tomilho a gosto. Pão tipo Sueco Pinheirense.  

Preparo: Corte os tomates em cubinhos. Em um recipiente, junte-os ao azeite, misturando bem. Adicione o manjericão, o orégano e o sal. Mexa novamente. Esfregue o alho nos pães tipo Sueco. Coloque um pouco da mistura por cima de cada pão sueco.

Propriedades medicinais do gengibre

Há muito tempo (desde a antiguidade no Oriente), o gengibre é um ingrediente relevante na medicina popular, e sua notoriedade é justificada pelos seus benefícios para a saúde.

Vegetal nativo da Ásia, é uma raiz tuberosa usada tanto na culinária quanto na medicina. A planta assume diversos benefícios terapêuticos: tem ação bactericida, é desintoxicante e ainda melhora o desempenho do sistema digestivo, respiratório e circulatório. O gengibre também é um reconhecido alimento termogênico, capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal.

Contra o enjoo: Gengibre cristalizado ou bebidas à base de gengibre com um sabor mais acentuado aliviam os enjoos da gravidez, a náusea decorrente da intoxicação alimentar, de gastroenterite ou da quimioterapia contra o câncer. O gengibre pode ser encontrado em cápsulas para quem acha o gosto muito forte ou sente irritação na mucosa bucal.

Contra a dor: Como bloqueia a ação da prostaglandina (uma substância química parecida com hormônio que causa infecção), o gengibre também pode ajudar as pessoas que sofrem de enxaquecas e com o problema da artrite.

Cure o resfriado com chá de gengibre: Uma boa maneira para aliviar os calafrios e a congestão decorrentes do resfriado é preparar um chá de gengibre da seguinte maneira: deixe ferver um ou dois pedaços de raiz de gengibre por dez minutos. Acrescente uma pitada de canela para aumentar o sabor.

Para espantar o frio: o gengibre possui um alto potencial calorífico, tanto se usado externamente quanto internamente. É recomendado principalmente para as pessoas que sentem muito frio e para as estações mais frias. Em épocas de calor, lembre-se que o consumo pode aumentar a transpiração.

Perdendo peso: esta propriedade calorífica também promove a aceleração do metabolismo, muito útil para quem quer emagrecer.

Previne as doenças cardiovasculares e favorece a circulação: no entanto, se você está tomando medicação pode interferir em sua ação, por isso, procure um médico antes de consumir

Linhaça na prevenção de doenças

Além de não utilizar conservantes e produtos químicos em seus produtos, a Pinheirense faz uso de combinações variadas de sementes, aumentando o poder nutritivo dos pães e, respectivamente, seus benefícios à saúde.

Por ser uma rica fonte de fibras solúveis, a linhaça auxilia na redução dos níveis de colesterol, combatendo doenças cardíacas. Também é comprovado que as fibras insolúveis dessa semente contribuem ainda para evitar a prisão de ventre.

Fonte de ácido alfa-linoléico (ALA) – um ácido graxo essencial considerado como uma gordura “boa para o coração”-, ajuda a afinar o sangue. Os ácidos graxos ômega-3 não são produzidos pelo organismo, precisam ser adquiridos por meio de alimentos, como a linhaça.  Eles reduzem a tendência das plaquetas de se agruparem, formando coágulos.

As lignanas, que compõem a semente de linhaça, convertem-se em compostos similares ao estrogênio do próprio organismo, mas com menor atividade. Possuem a capacidade de ocupar os receptores de estrogênio nas células e bloquear os efeitos de estrógenos mais fortes. Devido a esse fator, diversas pesquisas estudam o papel da linhaça na prevenção de alguns tipos de câncer vinculados a hormônios, como o câncer de mama e de cólon.

A Pinheirense fabrica os pães de forma integral com linhaça e o pão tipo sueco com linhaça. Experimente! 

Benefícios e importância da vitamina D

Aproximadamente 80% das pessoas que vivem em um ambiente urbano são carentes em vitamina D. Além de fundamental para a saúde dos ossos, essa substância também age no coração, cérebro e no mecanismo de proliferação e inibição das células. É eficaz no fortalecimento do sistema de defesa do organismo, auxiliando no combate de doenças, como diabetes, hipertensão, esclerose múltipla e doença de Crohn, pois tem o poder de modular o sistema imunológico.

As vitaminas são classificadas de acordo com  a sua forma de absorção e armazenamento no corpo. As vitaminas A, D, E e K, por exemplo, são solúveis apenas em gordura. E o que isso quer dizer?

Esse tipo de vitamina precisa de gordura para ser absorvida pelo fluxo sanguíneo do trato intestinal. Portanto, portadores de distúrbios de má-absorção de gordura podem desenvolver sintomas da deficiência, embora se alimentem de quantidades adequadas da vitamina. Em contrapartida, quantidades tóxicas podem se acumular no organismo caso a pessoa tome altas doses de suplementos.

Vitamina D: Existem duas formas dessa vitamina: D2, proveniente das plantas, D3, que é sintetizada pelo corpo quando a pele é exposta a raios solares ultravioleta (UV). O corpo precisa receber vitamina D, para poder absorver cálcio. Essa vitamina também promove a absorção de fósforo e impede os rins de excretarem proteína na urina. Devido à sua relevância na absorção de minerais, a vitamina D possibilita o desenvolvimento de ossos e dentes fortes.

A deficiência dessa substância causa raquitismo nas crianças e osteomalacia (forma adulto de raquitismo) nos adultos. Outros sintomas são convulsão e espasmos musculares. Além disso, é necessária para a manutenção do tecido ósseo; tem influência considerável no sistema imunológico, sendo relevante para o tratamento de doenças autoimunes, como a artrite reumatoide e a esclerose múltipla, e no processo de diferenciação celular. A falta desse nutriente favorece 17 tipos de câncer.

A principal fonte de produção da vitamina D se dá por meio da exposição solar, já que os raios ultravioletas do tipo B (UVB) são capazes de ativar a síntese desta substância. Alimentos como peixes gordos são fontes de vitamina D, mas é o sol o responsável por 80 a 90% da vitamina que o corpo recebe. Ela também pode ser produzida em laboratório e ser administrada na forma de suplemento, quando há a deficiência, assim como para a prevenção e tratamento de uma série de doenças.

Como obter a Vitamina D

Para evitar a carência da substância é importante tomar de 15 a 20 minutos de sol ao dia. Braços e pernas devem estar expostos, pois a quantidade de vitamina D que será absorvida é proporcional à quantidade de pele exposta.

Todos os alimentos fontes de vitamina D são de origem animal porque as fontes vegetais não conseguem sintetizar a vitamina da maneira como os alimentos provenientes de animais. Até mesmo o salmão, alimento com as maiores quantidades da substância, apresenta somente 6,85% das necessidades diária de vitamina D em uma porção de 100 gramas. Sendo assim, tomar sol é fundamental para evitar a carência do nutriente.

Os suplementos de vitamina D podem ser utilizados em casos de constatação de carência da substância ou no tratamento de algumas doenças. A falta do nutriente é constatada após exame de sangue.

Clara de ovo emagrece e reduz flacidez da pele

A clara de ovo é composta por 90% de água e 10% de proteínas. Cerca de 55% das proteínas da clara de ovo são formados pela albumina, que é considerada uma proteína de alto valor biológico (ou seja, é muito bem aproveitada pelo organismo), e que tem papel fundamental na reconstrução das fibras musculares. Confira os demais nutrientes:

-Selênio: uma única clara contém 9% das necessidades diárias;

-Potássio (2%);

-Magnésio (1%);

-Riboflavina (vitamina B2): 9% das necessidades diárias;

-Ácido pantotênico (B5): 1%;

-Colina;

-Betaína;

-Folato.

A clara de ovo é uma fonte de proteína barata, com teor quase zero de gordura e atua na reparação, manutenção e desenvolvimento da massa muscular. Além disso, por impulsionar a produção de colágeno no organismo, ela minimiza a flacidez da pele. O alto teor de proteínas da clara aumenta a saciedade e permite um consumo menor de calorias durante a refeição e ao longo do dia.

As claras também são uma alternativa saudável para quem adora ovo, mas está preocupado com os níveis de gordura da dieta.

Pães integrais e tipo Sueco com linhaça

Além de não utilizar conservantes e produtos químicos em seus produtos, a Pinheirense faz uso de combinações variadas de sementes, aumentando o poder nutritivo dos pães e seus benefícios à saúde.

Por ser uma rica fonte de fibras solúveis, a linhaça auxilia na redução dos níveis de colesterol, combatendo doenças cardíacas. Também é comprovado que as fibras insolúveis dessa semente contribuem para evitar a prisão de ventre.

Fonte de ácido alfa-linoléico (ALA) – um ácido graxo essencial considerado como uma gordura “boa para o coração”-, ajuda a afinar o sangue. Os ácidos graxos ômega-3 não são produzidos pelo organismo, precisam ser adquiridos por meio de alimentos, como a linhaça.  Eles reduzem a tendência das plaquetas de se agruparem, formando coágulos.

As lignanas, que compõem a semente de linhaça, convertem-se em compostos similares ao estrogênio do próprio organismo, mas com menor atividade. Possuem a capacidade de ocupar os receptores de estrogênio nas células e bloquear os efeitos de estrógenos mais fortes. Devido a esse fator, diversas pesquisas estudam o papel da linhaça na prevenção de alguns tipos de câncer vinculados a hormônios, como o câncer de mama e de cólon.

Experimente o Pão de forma Integral e o Pão Sueco com linhaça!

Reduza o consumo de sal

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo de menos de 2 g de sódio por dia, o que equivale a 5 g de sal. Contudo, no Brasil, a população consome, aproximadamente, 12 gramas.

O excesso de sal causa muitos males à saúde e ao corpo, como a retenção de líquido, a elevação da pressão arterial, risco de Acidente Vascular Cerebral (AVC), insuficiência cardíaca, osteoporose, insuficiências renal, dentre outros.

Confira cinco formas de reduzir o sal e proteger a sua saúde:

1- Use temperos que não contenham sódio, como ervas frescas, alho fresco ou em pó, cebola desidratada em flocos (em vez de sal de cebola), mostarda desidratada, coentro, limão, menta, cominho, tomilho, manjericão, folhas de louro secas, gengibre, pimenta, pimentão, cebolinha e salsa.

2- Prepare seu próprio molho para saladas em vez de comprar a versão enlatada. Use vinagres temperados em vez de sal para temperar a comida.

3- Coma mais frutas, verduras e legumes frescos ou congelados. Se preferir vegetais enlatados, selecione os com sódio reduzido. Compre batata fresca e evite as empacotadas; pepino fresco e não picles. Adicione temperos e ervas no lugar do sal à água em que cozinhar os legumes.

4- Coma peixe fresco ou congelado no lugar das variedades enlatadas ou desidratadas. Prefira rosbife fatiado ou frango a carnes processadas, à bolonhesa ou salame.

5- Reeduque seu paladar: experimente a comida antes de adicionar sal. Prepare os alimentos desde o início em vez de comprar alimentos pré-preparados. Adapte suas receitas prediletas usando metade da quantidade de sal indicada.

Mais saúde: Pão Sueco com Gergelim

Assim como os demais produtos da Pinheirense,  o Pão tipo Sueco com Gergelim é integral, artesanal e isento de conservantes. Os muitos benefícios da semente de gergelim para a saúde derivam de seu teor nutricional, incluindo vitaminas, minerais, óleos naturais, e compostos orgânicos que consistem em cálcio, ferro, magnésio, fósforo, manganês, cobre, zinco, fibra, tiamina, vitamina B6, folato, proteína e triptofano.

O gergelim também auxilia no tratamento da hemorroida, do diabetes, na perda de peso, na prevenção do envelhecimento precoce, na manutenção de ossos saudáveis, além de melhorar a respiração, evitar a asma e ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares.