Primavera: flores que informam as horas

Diariamente, as plantas usam um “relógio” interno. Todos os seres vivos, incluindo os humanos, têm relógios internos que coordenam vários processos biológicos. No caso das plantas, atividades como o fechamento dos estômatos à noite são baseadas em um ritmo circadiano (um ciclo diário – do latim circa dies, “cerca de um dia”).

Esse ciclo foi observado pelo botânico Carl Lineu, no século XVIII. Ele percebeu que as flores de algumas plantas se abriam e se fechavam em determinadas horas do dia. A maravilha (Mirabilis jalapa), por exemplo, abre suas flores todos os dias por volta das quatro da tarde.

A dormideira (Mimosa pudica) pode retrair-se com a velocidade de um raio em reação ao toque. Comum nos trópicos, ela tem folhas compostas, formadas por numerosos folíolos, que se fecham em questão de segundos à primeira “mordiscada” de um inseto.

Já que as plantas reagem a estímulos, será que também são capazes de se comunicar?

Primavera: um convite à prática de atividades físicas

Exercícios físicos propiciam diversos benefícios para a sua vida. Portanto, aproveite o espírito de renovação da primavera, inspire-se e mexa-se! Experimente usar pequenos truques que modificam sua rotina de treinamento e ajudam a aumentar o pique:

- Tenha objetivos claros: saiba por que está malhando, ou seja, se deseja emagrecer, melhorar a saúde e a qualidade de vida, por exemplo. O importante é estar consciente de seus objetivos;

- Estabeleça metas a serem atingidas: planeje coisas que realmente estão ao seu alcance. Tente estipular pequenas metas que ajudam a manter e até a aumentar seu interesse pelos exercícios;

- Conheça novos aparelhos: procure conhecer todos os aparelhos disponíveis na academia. Malhar sempre nos mesmos equipamentos acaba desmotivando;

- Faça avaliações físicas regularmente: um teste sério e completo ajuda você a notar melhor sua evolução. Descobrir os resultados de seu esforço aumenta a vontade de malhar;

- Experimente fazer aulas variadas: os circuitos ( aula de ginástica localizada com exercícios aeróbicos) normalmente são mais dinâmicos, animando bastante e espantando o tédio;

- Tente unir esporte e malhação: encare a academia como um treinamento, em que você melhora, e muito, seu condicionamento físico para desenvolver melhor suas qualidades de atleta;

- Converse sempre com seu instrutor: ninguém consegue malhar por muito tempo se fizer algo de que não goste. Por isso, conte ao seu instrutor o que lhe interessa.