Jabuticaba: fruta 100% brasileira

Nativa da Mata Atlântica, a jabuticaba apresenta poucas calorias e carboidratos, mas grandes quantidades de vitamina C e E, ácido fólico, Niacina, Tiamina e Riboflavina, além de minerais como potássio, cálcio, magnésio, ferro, fósforo, cobre, manganês e zinco.

Um grande diferencial são as propriedades da sua casca, que é rica em antocianidina, ou vitamina R, mais potente que as vitaminas E e C, possui propriedades antioxidantes e ajuda a combater os radicais livres. Outra substância importante, contida na casca da jabuticaba, é a pectina, que é uma fibra solúvel.

Benefícios da casca da jabuticaba:

Antocianidina: Como ela possui propriedade antioxidante e é capaz de reduzir e combater os radicais livres, que são responsáveis por inflamações, intoxicações e o envelhecimento da nossa pele, as antocianidinas podem trazer vários benefícios:

  • Ajuda na recuperação da elasticidade e firmeza da pele, sendo uma boa combatente de rugas, e até mesmo podem ajudar na queda de cabelo;
  • Auxilia na redução da produção de histamina, desta maneira, ela pode ajudar a aumentar a resistência do corpo, diminuir o colesterol ruim e combater os radicais livres;
  • As jabuticabas também ajudam a fortalecer os vasos sanguíneos, prevenindo doenças relacionadas a eles, como varizes e derrames;
  • Podem auxiliar na melhora da memória, pois protegem células do cérebro, sendo muito recomendadas para pessoas com idade mais avançada;
  • Melhoram a resistência física, incluindo a disposição energética e elasticidade muscular, e até mesmo podendo melhorar a visão;
  • Possuem propriedades anti-cancerígenas;
  • Por ajudar na estabilização da taxa de açúcar no sangue, podem ser muito recomendadas para diabéticos;
  • Sua propriedade anti-inflamatória pode ajudar a aliviar as dores da artrite e outras doenças inflamatórias;

Pectina: Esta fibra solúvel tem a capacidade de reduzir a velocidade de absorção das propriedades dos alimentos conforme estes são ingeridos. Desta maneira, os benefícios da jabuticaba advindos da pectina são:

  1. Além de também ser indicada para pessoas com hipoglicemia ou diabetes, por equilibrar o nível de glicose no sangue, contribui também para a desintoxicação do nosso corpo, pois auxilia na remoção de alguns metais pesados e substâncias tóxicas. Desta forma, melhora a função da vesícula biliar e diminui o risco de cálculos biliares;
  2. A pectina também ajuda no combate de colesterol alto e da obesidade;
  3. A pectina também pode auxiliar no funcionamento saudável do trato digestivo, proporcionando movimentos intestinais mais regulares e prevenindo contra a constipação e diarreia;
  4. Se feito um chá da casca da jabuticaba e acrescentado mel (ou fazer um xarope), os benefícios da jabuticaba estendem para auxiliar pessoas com anemia, estresse, asma, bronquite, amigdalite, gripes e resfriados.

Benefícios da polpa da jabuticaba:

  • O ferro contido na sua polpa pode combater a anemia;
  • O fósforo, juntamente com outros minerais, pode auxiliar no melhor desempenho do metabolismo de energia no nosso corpo; ele também ajuda a combater o estresse e a aumentar a imunidade do organismo;
  • A vitamina C é conhecida como uma aliada do nosso corpo no combate à gripe, também pode ajudar em infecções no geral, e ainda auxiliar em casos de alergia, asma, glaucoma, varizes, hipertensão arterial, anemia, fadiga crônica, etc;
  • A Niacina, ou também chamada de vitamina B3, se não ingerida em quantidade suficiente, pode causar indigestão, erupções na pele e fraqueza muscular;
  • Como a polpa desta fruta possui altos níveis de minerais como o cálcio, potássio e magnésio, os benefícios da jabuticaba podem se estender aos nossos ossos e dentes, pois estes minerais ajudam a fortalecê-los, prevenindo de doenças mais graves, como a osteoporose;
  • Por possuir ácido fólico e ferro, esta fruta também pode ser muito recomendada à mulheres grávidas, pois pode auxiliar no crescimento e desenvolvimento do feto.

Pães com aveia: benefícios

O Pão de Trigo Integral com Aveia e o Pão Tipo Sueco com Aveia fazem parte da linha de produtos artesanais e sem conservantes produzidos pela Pinheirense. Além de saborosos, os nossos pães são saudáveis e possuem combinações variadas de sementes, que trazem inúmeros benefícios à saúde.

Benefícios da aveia:

A aveia apresenta efeitos benéficos sobre o colesterol, pressão arterial, níveis de açúcar no sangue, saciedade e saúde gastrointestinal. Excelente fonte de fibra solúvel, cálcio, ferro, manganês, folacina, vitamina E, tiamina, niacina, riboflavina e outras vitaminas do grupo B, ajuda na redução tanto do nível de açúcar no sangue quanto dos níveis de insulina, um fator importante no controle do diabetes.

O farelo de aveia é rico em betaglucano, o que ajuda a reduzir os níveis de colesterol, diminuindo os riscos de infartos. Alguns estudos demonstram que a aveia não apenas diminui o colesterol LDL, mas também aumenta os níveis do bom colesterol – o HDL.

Por possuir um valor elevado de saciedade, o que significa que leva um longo tempo para ser digerida, a sensação de fastio é mais duradoura. Acredita-se que tanto a proteína como as fibras de aveia contribuem para esse efeito.

Benefícios e propriedades da canela

A canela já foi considerada mais valiosa que o ouro e, na Antiguidade, era símbolo de sabedoria para gregos, romanos e hebreus. Com o passar do tempo, os benefícios dessa especiaria à saúde só foram ratificados: possui propriedades antimicrobianas, anti-inflamatórias, anti-infecciosas e anticoagulantes. Confira os principais benefícios da canela e suas propriedades:

- Ajudar a controlar a diabetes porque melhora a utilização do açúcar;

-melhora transtornos digestivos como gases, problemas espasmódicos e ajuda a tratar a diarreia, devido ao seu efeito antibacteriano, antiespasmódico e anti-inflamatório;

-combate as infeções das vias respiratórias, pois tem um efeito secante nas mucosas e é um expectorante natural;

- diminui a fadiga e melhora o estado de ânimo porque aumenta a resistência ao stress;

-ajuda a combater o colesterol pela presença de antioxidantes;

- ajuda na digestão, principalmente quando misturada ao mel – este tem enzimas que facilitam a digestão. A canela possui efeito antibacteriano, antiespasmódico e anti-inflamatório;

-combate infeções das vias respiratórias, por possuir um efeito secante nas mucosas e é ser um expectorante natural;

-diminui o apetite, pois é rica em fibras;

-reduz o acúmulo de gordura porque melhora a sensibilidade dos tecidos à ação da insulina;

-afrodisíaca, ainda melhora a circulação sanguínea, aumentando a sensibilidade e o prazer, o que também favorece o contato sexual.

Quantidade recomendada: entre 1 e 6 gramas, o equivalente a meia ou até uma colher de chá, ao dia. Como estes valores mudam muito, é interessante consultar um médico ou nutricionista sobre a melhor porção do alimento para cada pessoa.

Como consumir a canela: Não há diferenças nutricionais entre a ingestão da canela em pó ou em pau. Essa especiaria pode ser consumida polvilhada sobre frutas, legumes e carnes e também pode ser incluída em chás e sucos. O alimento também fica muito bem polvilhado sobre doces, como arroz doce, mingau d aveia, dentre outros. 

Salada de salmão defumado com caqui

O caqui é a fruta da estação e, além de saboroso, traz vários benefícios à saúde: é indicado para o bom funcionamento do intestino, atua como calmante, é essencial para a visão, unhas e cabelos, auxilia o desenvolvimento ósseo, retarda o envelhecimento precoce do organismo. Rico em fibras, vitaminas A e E e em betacaroteno, o caqui é um alimento versátil, usado no preparo de diferentes receitas, inclusive, em sorvetes e na caipirinha!

No post de hoje, mostramos como você pode preparar uma deliciosa salada de salmão defumado com caqui (receita de Luciane Daux):

Ingredientes: 

1 caixa de folhas baby para saladas;
2 endívias;
2 caquis café em fatiaspequenas;
200g de salmão defumado (ou gravlax) em lâminas;
½ abacate em fatias;
½ xícara (chá) de sementes de romã;
microverdes

Preparo: 

1. Misture as folhas baby com as endívias. Por cima, ajeite as finas fatias de caqui e as fatias, um pouco mais grossas, de abacate.
2. Finalize, fazendo flores com o salmão defumado ou gravlax, e decore com as sementes de romã e os microverdes.
3. Sirva com vinagrete feito com 60ml de aceto balsâmico, 150 ml de azeite de oliva, quatro colheres (sopa) de mel, sal e pimenta do reino a gosto.

Pão de forma integral: nozes e passas

O Pão Integral de nozes e passas da Pinheirense é ideal para quem valoriza uma alimentação saudável e saborosa. Nossos pães são artesanais e isentos de conservantes. Seu paladar e sua saúde agradecem!

Confira os benefícios das nozes e da uva-passa para a saúde:

Nozes: Ricas em vitamina E e potássio.

A maioria é rica em minerais, incluindo cálcio, ferro, manganês e zinco.

Boa fonte de ácido fólico, niacina e outras vitaminas do complexo B, e de proteína.

Uva-passa: Rica em pectina e bioflavonóides.

Contém fitoquímicos que podem diminuir os riscos de doenças do coração, câncer e derrames.

Lanche ou sobremesa doces e pouco calóricas.

Hambúrguer de shitake: nutritivo e saboroso

Nutritivo e saboroso, o cogumelo shitake ajuda a combater a anemia, fortalece os ossos, regula os níveis de colesterol, combate os radicais livres, fortalece o sistema imunológico, controla a pressão arterial e previne a trombose. Portanto, incluir esse alimento na dieta só trará benefícios à sua saúde. Saiba como preparar um delicioso hambúrguer vegano com shitake:

Ingredientes: 2 xícaras de shitake, 2 dentes de alho, 1/2 cebola roxa picada, cebolinha, salsinha, pimenta do reino, noz moscada.

Como fazer: Passe o shitake no moedor; em seguida, tempere-o com 2 dentes de alho, ½ cebola roxa picada, cebolinha, salsinha, pimenta do reino, noz moscada. Adicione 1 colher de sopa de semente de linhaça e 1 colher de sopa de farinha de arroz. Misture todos os ingredientes até formar uma massa e modele-o em formato de pequenos hambúrgueres. Leve ao forno pré-aquecido, a 200 graus, por aproximadamente 20 minutos. Se quiser deixar o prato ainda mais saudável, substitua o pão de hambúrguer tradicional pelo pão de forma integral Pinheirense- artesanal e isento de conservantes.

 

Receitas para celebrar início da Primavera

Muitas flores de jardim, além de comestíveis, são uma contribuição atraente e colorida para saladas, diferentes pratos e pudins. Colha-as frescas para uso imediato. Um alerta: nunca use flores que tenham sido borrifadas com qualquer espécie de pesticida. Evite plantas tóxicas como azaleias, narcisos, crisântemos, hortênsias, lírios-do-vale, oleandros, rododendros e ervilhas-de-cheiro. Selecionamos duas receitas que são a “cara” da Primavera.

Receita de folhas com flores comestíveis ao molho de mel.

Ingredientes: 1 unidade de endivia; 1 unidade de radicchio; 1 unidade de alface americana; 1 unidade de broto de alfafa; 1 unidade caixa de amor perfeito orgânico

Para o Molho:

1/2 xícara de vinagre branco; 3 colheres de sopa de mel; sal; semente de papoula para salpicar sobre a salada.

Modo de preparo ( molho): bater bem os ingredientes. Salpicar as sementes de papoula sobre a salada.

Dica: Sirva com o Pão tipo Sueco Pinheirense

Sanduíche Romano:

Ingredientes:

-1/2 colher(es) de sopa de café solúvel

-1 colher(es) de sopa de água

-4 colher(es) de sopa de cream cheese

-8 fatia(s) de pão integral Pinheirense ou Pão tipo Sueco

-200 grama(s) de queijo prato fatiado

-200 grama(s) de lombo condimentado fatiado

-8 folha(s) de alface-romana picadas

-1 beterraba média ralada

Preparo: Dissolva o café na água e misture o cream cheese. Espalhe a mistura de cream cheese e café em metade das fatias de pão. Depois, distribua o queijo, o lombo, a alface e a beterraba nas fatias. Feche os sanduíches com as outras quatro fatias e sirva a seguir.

Motivos para consumir chia

Muitas pessoas ainda não conhecem os diversos benefícios das sementes de chia, que ajudam a combater a diabetes, melhoram a digestão, diminuem o nível de colesterol LDL, contêm propriedades anti-inflamatórias, etc.

Muitos imaginam que se trata de um alimento nada agradável ao paladar, contudo, o sabor neutro dessa semente não altera o gosto dos outros alimentos. Além disso, são várias as opções de consumo da chia: com o seu iogurte predileto, ao leite, no mingau de aveia, na salada, em pudins, geleias, em pães, omeletes, gelatinas, na vitamina, nas sopas e caldos, na lasanha e no arroz de forno, nas almôndegas, e por aí vai.

Conheça os principais componentes da semente de Chia:

-Ômega 3: A semente da chia é uma das mais ricas fontes conhecidas, tanto animal quanto vegetal. Possui teor muito maior do que o encontrado na linhaça e no salmão!

-Cálcio: apresenta cinco vezes a concentração do mineral encontrada no leite de vaca. Foi recentemente descoberto, que ele também ajuda a queimar gordura no organismo.

-Magnésio: possui duas vezes mais do que em castanhas e nozes .

-Manganês e fósforo: três vezes mais do que no espinafre.

-Proteínas:  É uma fonte de proteína completa, que fornece todos os aminoácidos essenciais que o homem precisa.

-Fibras: a alta concentração de fibras alimentares faz da chia um aliado do emagrecimento e da boa digestão. São também extremamente ricas em vitaminas e minerais, sendo uma das fontes vegetais mais ricas que se tem conhecimento até hoje.

-Antioxidantes: a presença do flavonoide kaempferol e, em menor quantidade, os ácidos cafeico e clorogênico presentes, conferem à chia três vezes mais antioxidantes que as famosas uvas-do-monte.

Contra-indicação: Qualquer pessoa pode ingerir a semente. Porém, devido ao alto teor calórico, o excesso pode levar ao ganho de peso. Cada colher de sopa cheia possui aproximadamente 75 calorias. Há também pessoas com a chamada “síndrome do intestino irritável”, devendo ficar atentas com o consumo de sementes em geral.

Dica de consumo:

Misture as sementes de chia nos pães de forma Pinheirense, que além de integrais, são feitos artesanalmente e não apresentam conservantes em sua composição. 

Benefícios da manteiga Ghee

A preocupação cada vez maior com a saúde e com a procedência dos alimentos tem levado muitas pessoas a selecionar melhor tanto os produtos que consomem quanto a maneira como eles são preparados.

Tradicionalmente indiana, a manteiga ghee é produzida a partir do leite de vaca ou de búfala. Trata-se de uma manteiga pura, pois toda a água e os elementos sólidos e toxinas da gordura do leite e lactose são completamente removidos. Ghee é manteiga clarificada, o que significa que foi cozida para separar os sólidos de leite e a gordura do leite. A espuma no topo – que contém os alérgenos – é retirada.

O resultado é um óleo dourado, brilhante e transparente, que não fica rançoso. Esse é o ouro líquido que aparece nas antigas escrituras indianas, e que você poderá usar no preparo de todos os alimentos. Por não estragar facilmente, não precisa de refrigeração.

Motivos para consumir a manteiga ghee:

-  a ghee tem todo o sabor da manteiga, sem os alérgenos: ghee é feita de manteiga, mas os sólidos de leite e impurezas foram removidas.

- não contém lactose, sendo de fácil digestão, podendo ser consumida por intolerantes à lactose;

- não precisa ser armazenada na geladeira, pois tem uma grande durabilidade, embora fique líquida como óleo;

- é rica em vitaminas lipossolúveis: A, E, K e D;

- é uma gordura mais pura e ajuda a reduzir o colesterol e os triglicerídios;

- pode ser utilizada na preparação de refeições porque é estável em temperaturas elevadas;

- melhora o aparelho digestivo e estimula o sistema imunitário: rica em ácido butírico, um ácido gordo de cadeia curta. As bactérias intestinais benéficas convertem as fibras em ácido butírico e, em seguida, usam isso para dar energia e suporte à parede intestinal.

É importante lembrar que esses benefícios são obtidos a partir do consumo de pequenas quantidades de manteira ghee na dieta, que deve ser incluída em uma alimentação balanceada. 

Como fazer a manteiga ghee em casa:

- Colocar a manteiga em uma panela, de preferência de vidro ou inox, e levar para o fogo médio até derreter e começar a ferver. Também pode-se usar o banho-maria;

- Com o auxílio de uma escumadeira ou colher, retire a espuma que irá se formar na superfície da manteiga, tentando não mexer na parte líquida. Todo o processo dura cerca de 30 a 40 minutos;

- Espere a manteiga esfriar um pouco e coe o líquido com uma peneira para retirar os sólidos que se formam no fundo da panela, pois eles são formados pela lactose.

- Coloque a manteiga em um frasco de vidro esterilizado e armazenar na geladeira no primeiro dia, para que ela fique com consistência dura. Em seguida, a manteiga pode ser armazenada em temperatura ambiente.

Para que a manteiga dure mais tempo, é importante armazená-la em um frasco de vidro que pode ser esterilizado colocando-o em água fervente por cerca de 10 minutos. Em seguida, deve-se deixa o frasco secar naturalmente sobre um pano limpo, com a boca virada para baixo para que não entre impurezas do ar no frasco. Após a secagem, deve-se tampar bem o frasco e utilizá-lo quando precisar.

Mais saúde: pães com linhaça

Além de não utilizar conservantes e produtos químicos em seus produtos, a Pinheirense faz uso de combinações variadas de sementes, aumentando o poder nutritivo dos pães e seus benefícios à saúde. O pão de forma integral com linhaça e o pão tipo sueco com linhaça fazem parte da nossa linha de produtos integrais, artesanais e sem conservantes.

Por ser uma rica fonte de fibras solúveis, a linhaça auxilia na redução dos níveis de colesterol, combatendo doenças cardíacas. Também é comprovado que as fibras insolúveis dessa semente contribuem para evitar a prisão de ventre.

Fonte de ácido alfa-linoléico (ALA) – um ácido graxo essencial considerado como uma gordura “boa para o coração”-, ajuda a afinar o sangue. Os ácidos graxos ômega-3 não são produzidos pelo organismo, precisam ser adquiridos por meio de alimentos, como a linhaça.  Eles reduzem a tendência das plaquetas de se agruparem, formando coágulos.

As lignanas, que compõem a semente de linhaça, convertem-se em compostos similares ao estrogênio do próprio organismo, mas com menor atividade. Possuem a capacidade de ocupar os receptores de estrogênio nas células e bloquear os efeitos de estrógenos mais fortes. Devido a esse fator, diversas pesquisas estudam o papel da linhaça na prevenção de alguns tipos de câncer vinculados a hormônios, como o câncer de mama e de cólon.