Confira dicas para baixar o LDL

O LDL colesterol (low density lipoprotein), também chamado de “mau” colesterol, promove o depósito de gordura nas paredes das artérias e corresponde a 75% do total do colesterol em circulação. Quanto maior o LDL-C, maior o risco de problemas.

O LDL elevado aumenta o risco de infarto ou AVC. O nível desejado em uma amostra de sangue colhida em jejum de 12 horas (e antes do café da manhã) é de 3mmol/l ou menos.

Confira algumas maneiras de baixar o LDL:

1 – Corte as gorduras trans:

Coma legumes picados em vez de batata frita, e frutas em vez de biscoitos ou doces. Opte por margarinas cujo rótulo afirme que o produto está livre de gorduras trans. Pesquisas indicam que as gorduras trans são piores para o coração do que as gorduras saturadas, porque impulsionam os níveis do colesterol “ruim” (LDL) e diminuem o colesterol “bom” (HDL);

2 – Prepare o molho da salada:

Aposte no azeite de oliva e vinagre ou suco de limão, temperos e alho. Assim, é possível obter mais gorduras insaturadas que diminuem o colesterol, evitando as gorduras trans e saturadas dos molhos industrializados;

3- Coma mingau de cereais:

Os grãos de aveia são envoltos por betaglucana, fibra solúvel que remove o excesso de colesterol. Ingerir uma tigela (200 g) de mingau de aveia regularmente pode reduzir em 12% a 14% o LDL;

4 – Coma uma pêra todo dia pela manhã:

A pêra é rica em pectina, outra fibra solúvel que ajuda a reduzir o LDL. Outras fontes de pectina são a maçã e as frutas vermelhas;

5 – Pratique dez minutos de exercícios de força por dia:

Mulheres que praticam entre 45 e 50 minutos de exercícios de força e musculação três vezes por semana reduziram em 14% os níveis de LDL;

6 – Adicione meia colher (chá) de canela ao café antes de passá-lo:

Pesquisadores descobriram que tal quantidade (6 g) reduzia em 30% os níveis de LDL em pessoas com diabetes tipo 2;

7 – Livre-se de gorduras saturadas:

O corpo usa gorduras saturadas para produzir LDL. Consumir cheesecakes, cheeseburgers e linguiças em excesso fornece matéria-prima demais para a produção dessas ameaças ao coração.