Azia: controle e prevenção

A maioria das pessoas como rápido demais e, ao fazer isso, absorve muito ar juntamente com o alimento, o que contribui para distender o estômago e gerar arrotos – que também forçam o estômago a jogar o conteúdo para cima.

Experimente comer bem devagar. Você irá ingerir menos calorias, pois o corpo terá mais tempo para se sentir satisfeito, mesmo que tenha ingerido menos comida. Embora o conselho tradicional seja cortar da dieta certos alimentos, como tomate, comidas picantes, frituras e álcool, não é o que costuma acontecer de fato. Sendo assim, aprenda quais alimentos contribuem para a sua azia. Pegue um caderno e, ao longo de uma semana, liste os alimentos consumidos a cada refeição. Depois, anote se houve azia e quanto tempo depois de comer ela começou.

Caminhe em vez de se deitar após as refeições; levante a cabeceira da cama com travesseiros para evitar o refluxo do ácido gástrico, e pense até em comer de pé se isso facilitar.

Quanto mais perto você estiver do peso saudável, menos de azia e DRGE (doença de refluxo gastroesofágico) apresentará. O peso extra aumenta a pressão no abdome. Pessoas acima do peso também são mais propensas a desenvolver hérnia de hiato, que ocorre quando a parte superior do estômago se projeta para cima, atravessando o diafragma e indo para a cavidade torácica, aumentando o refluxo. 

Descobriu-se que as bebidas gaseificadas e os benzodiazepínicos, prescritos para ansiedade e ou insônia, podem causar azia à noite, interrompendo o sono.

Experimente a acupuntura: estímulos leves no punho reduzem o relaxamento na porção inferior do esôfago.

Consulte um especialista do sono: o tratamento se chama pressão positiva contínua nas vias respiratórias. O paciente dorme com uma máscara sobre o nariz, conectada a uma máquina que libera ar pressurizado, para manter as vias respiratórias abertas. Funciona por meio do aumento de pressão na parte de trás da garganta, evitando que o conteúdo do estômago suba em direção ao esôfago. Visto que, em geral, a DRGE e a apneia obstrutiva do sono ocorrem juntas, uma ida a um especialista do sono pode valer a pena.

Alivie efeitos da hérnia de hiato

Em circunstâncias normais, o hiato é uma pequena abertura no músculo do diafragma, lugar em que o esôfago e o estômago se encontram. Uma hérnia de hiato desenvolve-se quando esta abertura aumenta e permite que a parte superior do estômago se projete por esse hiato.

Dicas para aliviar os efeitos da Hérnia de hiato:

-Não se deite após fazer uma refeição. Procure esperar pelo menos duas horas para dormir ( à tarde ou à noite);

-Não pratique exercícios físicos logo depois de comer. Andar não faz mal, mas espere de duas a três horas para praticar exercícios mais intensos;

-Não vista roupas apertadas, pois exercem pressão adicional sobre o estômago;

-Relaxe. O estresse desacelera a digestão, o que piora o refluxo do ácido estomacal. Experimente a técnica de respiração profunda, a ioga ou a meditação para controlar o estresse diário.

-Coma refeições pequenas e frequentes;

-Invista em alimentos ricos em fibras, como cereais e pães integrais, frutas secas, saladas e legumes crus ou levemente cozidos.