Jabuticaba: fruta 100% brasileira

Nativa da Mata Atlântica, a jabuticaba apresenta poucas calorias e carboidratos, mas grandes quantidades de vitamina C e E, ácido fólico, Niacina, Tiamina e Riboflavina, além de minerais como potássio, cálcio, magnésio, ferro, fósforo, cobre, manganês e zinco.

Um grande diferencial são as propriedades da sua casca, que é rica em antocianidina, ou vitamina R, mais potente que as vitaminas E e C, possui propriedades antioxidantes e ajuda a combater os radicais livres. Outra substância importante, contida na casca da jabuticaba, é a pectina, que é uma fibra solúvel.

Benefícios da casca da jabuticaba:

Antocianidina: Como ela possui propriedade antioxidante e é capaz de reduzir e combater os radicais livres, que são responsáveis por inflamações, intoxicações e o envelhecimento da nossa pele, as antocianidinas podem trazer vários benefícios:

  • Ajuda na recuperação da elasticidade e firmeza da pele, sendo uma boa combatente de rugas, e até mesmo podem ajudar na queda de cabelo;
  • Auxilia na redução da produção de histamina, desta maneira, ela pode ajudar a aumentar a resistência do corpo, diminuir o colesterol ruim e combater os radicais livres;
  • As jabuticabas também ajudam a fortalecer os vasos sanguíneos, prevenindo doenças relacionadas a eles, como varizes e derrames;
  • Podem auxiliar na melhora da memória, pois protegem células do cérebro, sendo muito recomendadas para pessoas com idade mais avançada;
  • Melhoram a resistência física, incluindo a disposição energética e elasticidade muscular, e até mesmo podendo melhorar a visão;
  • Possuem propriedades anti-cancerígenas;
  • Por ajudar na estabilização da taxa de açúcar no sangue, podem ser muito recomendadas para diabéticos;
  • Sua propriedade anti-inflamatória pode ajudar a aliviar as dores da artrite e outras doenças inflamatórias;

Pectina: Esta fibra solúvel tem a capacidade de reduzir a velocidade de absorção das propriedades dos alimentos conforme estes são ingeridos. Desta maneira, os benefícios da jabuticaba advindos da pectina são:

  1. Além de também ser indicada para pessoas com hipoglicemia ou diabetes, por equilibrar o nível de glicose no sangue, contribui também para a desintoxicação do nosso corpo, pois auxilia na remoção de alguns metais pesados e substâncias tóxicas. Desta forma, melhora a função da vesícula biliar e diminui o risco de cálculos biliares;
  2. A pectina também ajuda no combate de colesterol alto e da obesidade;
  3. A pectina também pode auxiliar no funcionamento saudável do trato digestivo, proporcionando movimentos intestinais mais regulares e prevenindo contra a constipação e diarreia;
  4. Se feito um chá da casca da jabuticaba e acrescentado mel (ou fazer um xarope), os benefícios da jabuticaba estendem para auxiliar pessoas com anemia, estresse, asma, bronquite, amigdalite, gripes e resfriados.

Benefícios da polpa da jabuticaba:

  • O ferro contido na sua polpa pode combater a anemia;
  • O fósforo, juntamente com outros minerais, pode auxiliar no melhor desempenho do metabolismo de energia no nosso corpo; ele também ajuda a combater o estresse e a aumentar a imunidade do organismo;
  • A vitamina C é conhecida como uma aliada do nosso corpo no combate à gripe, também pode ajudar em infecções no geral, e ainda auxiliar em casos de alergia, asma, glaucoma, varizes, hipertensão arterial, anemia, fadiga crônica, etc;
  • A Niacina, ou também chamada de vitamina B3, se não ingerida em quantidade suficiente, pode causar indigestão, erupções na pele e fraqueza muscular;
  • Como a polpa desta fruta possui altos níveis de minerais como o cálcio, potássio e magnésio, os benefícios da jabuticaba podem se estender aos nossos ossos e dentes, pois estes minerais ajudam a fortalecê-los, prevenindo de doenças mais graves, como a osteoporose;
  • Por possuir ácido fólico e ferro, esta fruta também pode ser muito recomendada à mulheres grávidas, pois pode auxiliar no crescimento e desenvolvimento do feto.

Salada de salmão defumado com caqui

O caqui é a fruta da estação e, além de saboroso, traz vários benefícios à saúde: é indicado para o bom funcionamento do intestino, atua como calmante, é essencial para a visão, unhas e cabelos, auxilia o desenvolvimento ósseo, retarda o envelhecimento precoce do organismo. Rico em fibras, vitaminas A e E e em betacaroteno, o caqui é um alimento versátil, usado no preparo de diferentes receitas, inclusive, em sorvetes e na caipirinha!

No post de hoje, mostramos como você pode preparar uma deliciosa salada de salmão defumado com caqui (receita de Luciane Daux):

Ingredientes: 

1 caixa de folhas baby para saladas;
2 endívias;
2 caquis café em fatiaspequenas;
200g de salmão defumado (ou gravlax) em lâminas;
½ abacate em fatias;
½ xícara (chá) de sementes de romã;
microverdes

Preparo: 

1. Misture as folhas baby com as endívias. Por cima, ajeite as finas fatias de caqui e as fatias, um pouco mais grossas, de abacate.
2. Finalize, fazendo flores com o salmão defumado ou gravlax, e decore com as sementes de romã e os microverdes.
3. Sirva com vinagrete feito com 60ml de aceto balsâmico, 150 ml de azeite de oliva, quatro colheres (sopa) de mel, sal e pimenta do reino a gosto.

Sobremesas de caqui: práticas e saborosas

Napoleon de caqui

O caqui é a fruta da estação e, além de saboroso, traz vários benefícios à saúde: é indicado para o bom funcionamento do intestino, por conter fibras; atua como calmante, devido à alta concentração de açúcar e frutose; é essencial para a visão, unhas e cabelos; auxilia o desenvolvimento ósseo; retarda o envelhecimento precoce do organismo.

Confira algumas receitas simples e deliciosas:

Geleia de caqui:

Ingredientes 1 ½ kg de caqui maduro; 1 kg de açúcar; ½ limão; 1 copo de água.

Modo de preparo Retire os cabos dos caquis e lave-os um a um. Descasque-os (basta puxar a casca com os dedos ou com a lâmina de uma faca). Passe por uma peneira e reserve. Leve a água e o açúcar ao fogo brando até dissolvê-lo. Acrescente a casca do limão. Retire a casca do limão e coloque a fruta. Cozinhe em fogo brando e mexa até engrossar. Quando esfriar, guarde em vidros previamente higienizados e secos e feche bem.

Doce de caqui:

Ingredientes: 6 caquis moles maduros sem a casca; 2 colheres (sopa) de conhaque; 1/2 colher (chá) de açúcar de baunilha; 4 bolas de sorvete de creme.

Preparo: Ponha no liquidificador os caquis, o conhaque e o açúcar de baunilha. Bata bem até obter uma mistura homogênea. Transfira para uma tigela e leve à geladeira por duas horas. Sirva gelada com sorvete de creme.

Cheesecake de caqui:

Ingredientes:

Massa

200 g de biscoito maisena moídos .

4 colheres (sopa) de manteiga em temperatura ambiente.

Recheio . 1 caixa de creme de leite .

500 g de ricota fresca picada .

1 lata de leite condensado .

1 envelope de gelatina incolor .

4 colheres (sopa) de água .

8 caquis médios maduros

Preparo:

Massa

Em uma tigela, misture os biscoitos moídos e a manteiga até virar uma farofa úmida. Aperte no fundo de uma forma de fundo falso de 25 cm. Leve ao forno, prea-quecido em temperatura média, por 10 minutos. Deixe esfriar.

Recheio

Bata no liquidificador o creme de leite com a ricota, o leite condensado e a gelatina previamente hidratada com a água e dissolvida em banho-maria. P asse para uma tigela e misture a polpa de seis caquis desfeitas com um garfo. Ponha na forma e leve à geladeira até firmar. Ao servir, desenforme e decore com os dois caquis restantes, fatiados.

Napoleon de caqui:

Ingredientes: 1 pacote de massa folha laminada .

1 Gema para pincelar

Para o creme:

1 embalagem (200 g) de cream cheese .

1 colher (sopa) de açúcar .

Suco e raspas de 1 limão.

Para montar:

3 caquis ramaforte cortado em gomos e depois em fatias finas.

1 colher (sopa) de açúcar de confeiteiro para polvilhar.

Preparo: Corte 12 quadrados (10 x 10 cm) da massa. Fure com um garfo e acomode-os numa forma virada para baixo, umedecida. Pincele com a gema e asse em forno alto até dourar. Numa tigela bata o cream cheese, o açúcar, o suco de limão e suas raspas até obter um creme homogêneo. Ao montar, coloque em cima de quatro quadrados assados de massa uma porção do creme de limão. Depois, acomode fatias de caqui (foto). Repita esta operação até formar um sanduíche de três andares. Polvilhe com o açúcar de confeiteiro e sirva.

Bolo vegano de caqui:

Ingredientes: Polpa de 8 caquis; 1/2 xícara de açúcar ;2 xícaras de farinha de trigo; 1 colher (sopa) de fermento em pó; 1 pitada de sal; 1/2 xícara de óleo de soja; 1 vidro pequeno (200 ml) de leite de coco; 1 colher (sopa) de canela em pó.

Preparo: Preaqueça o forno em temperatura média (180ºC). Bata o caqui com o açúcar no liquidificador e reserve. Peneire a farinha com o fermento e adicione o sal. Adicione o caqui batido aos poucos, alternando com o óleo e o leite de coco. Por último, acrescente a canela e misture. Despeje a massa numa forma, leve ao forno e asse até dourar. Sirva a seguir.