Canjica diet para a Páscoa

Muitas famílias mantêm a tradição de consumir canjica na Sexta-feira Santa. Essa sobremesa típica da culinária brasileira é rica em fibras e minerais, fornecendo muita energia ao organismo. Selecionamos uma deliciosa receita de canjica diet, para que você possa saborear esse doce, sem culpa.

Ingredientes para a canjica: 1 e ½ xícara (chá) de milho para canjica (320 g); 5 cravos-da-índia; 1 pau de canela; canela para polvilhar.

Ingredientes para o leite condensado: 1 xícara (chá) de leite em pó desnatado (116 g); ½ xícara (chá) de adoçante (16 g); 1 colher (chá) de margarina light (10 g).

Como fazer:  

Faça o leite condensado: coloque todos os ingredientes no liquidificador, acrescente ½ xícara (chá) de água fervente e bata por 5 minutos. Passe para uma vasilha com tampa e deixe na  geladeira até o momento de usar.

Prepare a canjica: na véspera, coloque o milho para canjica de molho em uma tigela com água. No dia seguinte, escorra o milho, passe-o para uma panela de pressão, acrescente 6 xícaras (chá) de água (1,2 litros) e cozinhe por 40 minutos. Desligue o fogo, deixe esfriar até poder abrir a panela, e verifique se o milho está macio. Se não estiver, acrescente um pouco mais de água e deixe cozinhar por mais alguns minutos.

Em seguida, acrescente a receita de leite condensado, os cravos, o pau de canela e, se necessário, um pouco mais de adoçante. Mexa e deixe ferver por aproximadamente 5 minutos.

Rendimento: 10 porções.

Tempo de preparo: 30 minutos.

Caviar de berinjela e Pão Sueco

Ingredientes: 2 berinjelas; 1 dente de alho picadinho; limão siciliano (somente o suco); 2 colheres de azeite; 1 colher de sopa de iogurte Grego; sal e pimenta a gosto; 20 folhas de menta; 1 colher de chá de páprica; pão sueco Pinheirense.

Preparo: Com um garfo, fure várias vezes as berinjelas e coloque-as no forno, até que seu interior fique macio. Espere esfriar e, em seguida, retire sua polpa. Tente tirar o máximo de líquido, espremendo com as mãos; coloque a berinjela, o alho, limão, azeite e o iogurte no processador, até que se obtenha um patê. Adicione sal e pimenta a gosto. Decore com a menta e a páprica e sirva com o Pão tipo Sueco Pinheirense.

A berinjela é um alimento de baixo teor calórico – 30 calorias para cada 100 gramas. Além disso, é rica em fibras, minerais, vitaminas e carboidratos. Esse alimento ainda apresenta vitaminas do Complexo B, vitamina K, vitamina C, potássio, ferro, zinco, cálcio e magnésio.

Carnaval 2017: como fazer uma máscara de renda

O Carnaval chegou e, para entrar ainda mais no clima de festa, muitos foliões vão à procura de uma fantasia. Se você prefere trajes mais discretos e elegantes, a máscara de renda é uma ótima opção! Ela confere um ar de mistério e sensualidade, mas sem cair no brega. Veja como fazer a sua:

Materiais: 

- Molde da máscara: clique para salvar e imprimir (http://ww12.sprinklesinsprings.com/)

- Papel Filme; fita adesiva; tule; tinta tridimensional ( cor que preferir); tesoura; fitas ou cola para cílios transparente.

Como fazer a sua máscara:

1- Primeiramente, você precisa imprimir o molde da máscara: http://ww12.sprinklesinsprings.com/. Se preferir, pode usar qualquer outro molde ou criar o seu.
2- Coloque o molde sobre a superfície de trabalho e cubra-o com papel filme e cole-o com fita adesiva para evitar que saia do lugar.
3- Coloque o tule por cima do papel filme e do molde e fixe-o com a fita adesiva. O tule é que irá segurar a sua máscara, mas o papel filme irá evitar que a tinta fique colada no papel.
4- A tinta tridimensional pode ser da cor que você preferir, mas, neste caso, é na cor preta. O bom da tinta tridimensional é que ela já possui um aplicador em forma de bico e faz com que o trabalho fique mais caprichado.
5- Use o aplicador para ir desenhando a renda, com muito cuidado. Nesta parte do trabalho, você precisa ter em mente que é muito importante que todas as líneas estejam em contato, para que a máscara tenha mais “corpo” e fique bem firme na hora de usar. Quando tiver completado a máscara, espere até que a tinta seque.
6- Quando a tinta estiver seca, corte a máscara pelo seu contorno e corte também o tule que está na abertura dos olhos, do contrário, ele irá te incomodar na hora de usá-la.
7- Para finalizar a sua máscara, é preciso colocar duas fitas para amarrá-la, uma a cada lado da máscara. A fita pode ser da cor que desejar e o comprimento pode variar de pessoa para pessoa, mas o recomendado é que tenha entre 1 a 2 centímetros de largura. Na hora de colar a fita, você poderá colá-la com um pouco de tinta tridimensional ou com cola quente.

Dicas para rejuvenescer

Muitas vezes nos perguntamos sobre os motivos que levam algumas pessoas a estarem sempre com a aparência mais jovem, conservada, enquanto outras envelhecem rapidamente. E que fique claro: não estamos falando daquelas que recorreram à cirurgias plásticas e que têm recursos financeiros para se cuidar com frequência em clínicas de estética.

É claro que a questão genética deve ser levada em conta. Mas vários especialistas dão dicas simples e acessíveis para aqueles que procuram sempre cuidar da saúde e da aparência. Confira alguns sábios conselhos:

“Você é o que você come”

1. Equilíbrio alimentar: não é apenas um alimento ou alguns nutrientes que irão deixar o corpo mais bonito, mas, sim, a combinação entre os elementos dos diferentes grupos alimentares (proteínas, carboidratos, frutas e vegetais) que vai fornecer uma alimentação adequada e boa para a saúde;

2. Dê preferência por alimentos ricos em água e com baixa quantidade calórica. São as frutas, legumes e verduras. Eles fornecem vitaminas e minerais importantes para a beleza do corpo;

3. Opte por alimentos na versão integral. Aveia, arroz e massas integrais são fontes de fibras e auxiliam o bom funcionamento do intestino. Dessa forma, o organismo consegue eliminar as toxinas; 

4. Consuma a quantidade calórica adequada, evitando o excesso de peso. O corpo fica mais saudável, bonito e mais disposto para realizar as tarefas do dia a dia sem sobrecarregar o organismo;

5. Proteínas estão envolvidas em diversas funções do organismo. Uma delas é a reparação dos tecidos. Os alimentos fonte desses nutrientes são as carnes (opte sempre pelas mais magras); leguminosas (feijão, soja, ervilha, grão de bico); leite e derivados.

Hábitos saudáveis

6. Pratique exercícios físicos sem exageros, pois eles vão te dar mais ânimo e te deixar com corpinho e pique de jovem;

7. Procure alguma atividade mais tranquila, como yoga, ou alguma terapia alternativa que proporcione equilíbrio emocional, pois, elas te deixam com uma fisionomia mais leve;

8. Durma bem. Uma boa noite de sono é fundamental, pois, é enquanto dormimos que as toxinas são drenadas. Se acumuladas, elas causam olheiras e bolsas ao redor dos olhos, deixando o rosto bem mais envelhecido e cansado. Além disso, uma boa noite de sono é sinônimo de mais disposição e bom humor.

Cuidados com a pele

9. Use óculos escuros ao se expor ao sol para evitar as rugas de expressão em torno dos olhos. Na praia ou piscina, use chapéu ou boné, pois eles ajudam a proteger o rosto.

10. Em hipótese alguma dispense o filtro solar na face, pescoço e mãos. Os com fator 30 (ou mais) são os ideais, e lembre-se de repassar a cada quatro horas, no mínimo.

11. Limpe sempre a pele antes de dormir para eliminar impurezas, a oleosidade e evitar a acne. Se estiver com maquiagem, jamais durma com ela. O hábito acelerará o envelhecimento da pele porque obstrui os poros e dificulta a oxigenação do tecido.

12. Aposte em um hidratante específico para sua pele. Se for oleosa, opte pela versão em gel.

13. Cuidado com o uso de produtos caseiros. Alguns alimentos, como o figo e o limão, têm ácidos que, se forem expostos à luz, causam marcas na pele. O melhor remédio caseiro é a água gelada. Compressas de água gelada na face e olhos reavivam qualquer visual.

Antepasto de berinjela e Pão Sueco

Selecionamos uma receita de antepasto de berinjela que cai super bem com o pão sueco da Pinheirense. Prática, saudável e saborosa. Experimente!

Anote aí:

Ingredientes: 3 berinjelas grandes cortadas em tirinhas; 1 pimentão verde cortado em tirinhas; 1 pimentão amarelo cortado em tirinhas; 1 pimentão vermelho cortado em tirinhas; 2 cebolas grandes cortada em tirinhas; 250 ml de azeite; 1 xícara de vinagre de vinho tinto; orégano a gosto; 1 vidro pequeno de azeitonas sem caroço; sal a gosto.

Modo de preparo:

- Corte as berinjelas, os pimentões e as cebolas. Arrume em camadas a berinjela, o pimentão e por cima a cebola, em placa de alumínio;

- Coloque por cima o azeite, o vinagre, o sal, o orégano, cubra com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido bem quente (mais ou menos 150º graus) por 15 minuto;

- Tire do forno, acrescente as azeitonas fatiadas, dê uma ligeira misturada e leve novamente ao forno (continua com o papel alumínio) até que a berinjela seque e fique escura (mais ou menos 1 hora e meia);

- Tire do forno, espere esfriar e leve à geladeira;

- Se puder esperar que fique marinando 2 ou 3 dias na geladeira, fica bem mais gostoso;

- Sirva com pão tipo sueco Pinheirense e, se quiser, com carnes.

Deixe peças de couro sem mofo

Basta esfriar um pouco, para que lembremos daquelas peças de couro até então esquecidas no armário. Além de nos proteger do frio, o couro nunca sai de moda e confere um look tanto elegante quanto despojado, dependendo do modelo.

Mas todo ano é a mesma coisa: nos deparamos com jaquetas, sobretudos e demais peças de couro mofados, com aquele aspecto e cheiro nada agradáveis que, ainda por cima, fazem mal à saúde, atacando, principalmente, pessoas alérgicas.

O mofo/bolor é provocado por fungos que se proliferam em locais úmidos e escuros. Em períodos do ano mais frios, principalmente no inverno, é ainda maior a proliferação do fungo causador do mofo.

O que fazer?

- Nunca guarde roupas de tecido ou couro em sacos ou capas plásticas, use as de algodão ou TNT. O plástico não deixa a peça respirar, ou seja: quando a temperatura sobe/esquenta o plástico sua – fica úmido. Depois, quando a temperatura cai/esfria, as gotículas caem nas roupas deixando-as úmidas. Com o tempo o mofo aparece – pela umidade e falta de luz.

- Outro erro comum é não arejar e limpar a roupa com freqüência. A cada 3 meses é aconselhável colocar os artigos de couro para arejar em local ventilado e iluminado.Mas atenção: não exponha ao sol.

- Outra dica é não guardar papeis e sacolas plásticas dentro dos armários, tão pouco encher as gavetas e prateleiras com caixas de papel. Isso evita a circulação de ar e ajuda na proliferação do mofo, traças e baratas.

- a cada 3 meses limpe as peças de couro com pano úmido bem torcido quase seco, coloque-as para arejar e evite os sacos plásticos.

- Umedeça um pano limpo e seco em vinagre de álcool puro.

- Passe no artigo/peça de couro que está com mofo ou com cheiro forte de guardado até limpá-la.

- Seque com pano seco e limpo

- Deixe arejar por duas horas em local ventilado e iluminado. Não exponha ao sol!

- Hidrate: Umedeça um pano limpo e seco em óleo de amêndoa.

- Passe no artigo/peça de couro.

- Deixe agir por 15 minutos

- Em seguida, passe um pano limpo e seco para retirar o excesso do óleo.

Peças danificadas devem ser tratadas por lavanderias especializadas. Muitas vezes elas precisam passar por um tratamento mais intenso, inclusive, a raspagem.

Conheça a arte do bonsai

Há séculos, os japoneses levaram à perfeição a arte do bonsai. A ideia dos bonsai lhes foi inspirada pelas árvores expostas ao vento e subalimentadas, que sobreviviam, talvez um século, nas falésias e montanhas da China e do Japão.

A finalidade dos japoneses sempre foi obter árvores miniaturizadas que reproduzissem perfeitamente as árvores majestosas de seu meio ambiente. Por incrível que pareça, com frequência eram bem sucedidos podando a árvore e suas raízes à medida que cresciam.

Os verdadeiros bonsai utilizam árvores que devem viver ao ar livre durante a maior parte do ano e que só toleram curtas permanências em apartamento. No Ocidente, há uma tendência a estender a arte do bonsai a plantas tropicais suscetíveis de serem cultivadas dentro de casa.

Existem diferentes métodos de cultivo dos bonsai. Com sorte, você poderá descobrir uma verdadeira árvore em miniatura no alto de uma montanha – aliás os japoneses consideram os espécimes anões naturais os mais belos. Mas também é possível plantar uma estaca de uma árvore adulta de tamanho normal ou comprar uma arvorezinha numa floricultura.

Em ambos os casos, você só irá fazer a tutoragem bonsai quando a árvore tiver desenvolvido um caule forte. O meio mais seguro- e mais custoso- é comprar uma árvore já formada e podada. Se a cultivar a partir de sementes, ficará a seu cargo “moldá-la”. A tutoragem fundamental ocorre nos quatro primeiros anos.

Os estilos clássicos de bonsai são os seguintes:

Chokan: Estilo ereto formal. Árvore com tronco reto, que vai diminuindo de espessura gradualmente, da base ao ápice. Os ramos devem ser simétricos e bem balanceados.

Moyogi: Estilo ereto informal. Tronco sinuoso, inclinando-se em mais de uma direção à medida que progride para o ápice, embora mantendo uma posição geral mais ou menos ereta. A árvore deve dar a impressão de um movimento gracioso.

Shakan: Estilo inclinado. Tronco reto ou ligeiramente sinuoso, inclinando-se predominantemente em uma direção.

Kengai: Estilo cascata. A árvore se dirige para fora da lateral do vaso e então se movimenta para baixo, na direção da base do vaso, ultrapassando a borda do mesmo. Os vasos nesse estilo são estreitos e profundos.

Han-kengai: Estilo semi-cascata. Semelhante ao anterior, com a árvore caindo a um nível abaixo da borda do vaso, mas não chega a altura da base do vaso.Fukinagashi: Varrido pelo vento. Árvore com ramo e tronco inclinados como que moldados pela força do vento.

Decoração: como envelhecer os móveis

Para quem curte o ar “desgastado chique” nos móveis e não quer gastar muito dinheiro com isso, a opção é usar uma vela para reproduzir tal aparência em qualquer móvel de madeira, novo ou velho, que você queira pintar. Veja como:

Em primeiro lugar, prepare a peça pintando-a com uma cor de fundo ( como se ela já tivesse sido pintada com essa cor antes), e deixe a demão secar completamente.

Esfregue uma vela branca nas bordas e nos cantos, em volta de maçanetas e puxadores, e sobre os braços das cadeiras – onde quer que o acabamento do móvel possa ter se desgastado. Utilize a cera da vela generosamente, mas remova qualquer aspereza.

Pinte a peça com uma camada da cor principal, que não vai grudar na cera. Se precisar de uma nova camada da cor principal – o que pode acontecer se estiver pintando uma cor clara sobre uma cor escura -, esfregue um pouco mais da vela nas partes expostas.

Quando a peça estiver completamente seca, basta retirar a cera com um pano macio embebido em água quente.

Páscoa 2016: como fazer ovos decorados

Durante a Páscoa, cristãos do mundo inteiro festejam a Ressurreição de Jesus. Em 2016, o domingo de Páscoa cai no dia 27 de Março. Em festas e celebrações religiosas, como o Ano Novo e a Páscoa, utiliza-se o ovo como símbolo de criação ou renascimento. No México, por exemplo, o primeiro dia do ano é comemorado com ovos pintados, recheados de confetes.

Os ovos, no entanto, não são populares apenas pelo que representam. Decorá-los é um passatempo muito divertido. Ovos coloridos servem como enfeites de mesas ou transformam-se em “gotas” originais se usados num móbile. Quando recheados com gesso em pó, formam pesa-papéis.

Ovos decorados são também uma excelente forma de manter viva a lembrança de uma ocasião especial, ou, então, de divertir as crianças, pintando os ovos com motivos engraçados ou o rosto de seu personagem favorito.

Preparação do ovo

Em geral, os ovos brancos têm superfície mais adequada, pois resultarão cores mais puras. Mas, para efeitos especiais e na pintura de rostos, os ovos caipiras proporcionam resultados mais satisfatórios. Os ovos escuros imitam bem o tom da pele.

Você pode decorá-los cozidos ou vazios. Os cozidos, mais fáceis de trabalhar, são os indicados para as crianças. O ovo cozido terá maior durabilidade se você o ferver em fogo brando por meia hora.

Como esvaziar o ovo

Coloque o ovo cru num cálice especial, com o lado menor para baixo. Pegue uma agulha de costura comprida e faça um furo no alto. Vire-o ao contrário e repita a operação, fazendo desta vez o furo ligeiramente maior. Mantenha o ovo sobre uma tigela e, usando um canudinho ou colocando a boca sobre o furo menor, sopre o conteúdo para dentro da tigela.

Caso não saia com facilidade, sacuda o ovo ou pegue uma agulha comprida e fure a gema. Quando tiver esvaziado, encha o ovo de água, sacudindo levemente para limpá-lo. Tampe os furos com vela derretida e lave-o bem por fora, antes de começar a decorá-lo.

Técnicas de decoração

Tingimento

Utilize corantes vegetais de alimentos ou corantes de tecidos. Os últimos têm a vantagem de apresentar uma grande variedade de cores. Use o corante de acordo com as instruções da embalagem, mergulhando e rolando o ovo na tintura com uma colher. Assim, você obterá um tingimento uniforme.

Há uma grande variedade de técnicas de tingimento que proporcionam efeitos diferentes na superfície do ovo. Você conseguirá efeitos surpreendentes também com pingos de tinta a óleo numa vasilha com água: encha de água 3/4 de uma tigela e dissolva nela 10 g de gelatina sem sabor; pingue na água um ou mais tons de tinta a óleo. Mexa para misturar um pouco as cores. Passe pelos furos do ovo um arame fino de florista; com a ajuda do arame, role o ovo lentamente na superfície de água de modo que recolha a tinta. Banhe cada ovo apenas uma vez, e cada um deles ganhará um colorido diferente.

Pintura

É sempre útil, na pintura com pincel, colocar o ovo no cálice próprio, pintando primeiro uma das extremidades, depois a outra. Use tinta de escrever, guache, caneta hidrográfica, ou qualquer tinta de artesanato. Você conseguirá o efeito de pérola pintando o ovo com várias camadas de esmalte de unha, cintilante. Deixe secar a primeira camada, antes de passar a seguinte.

Prancha de secar

Há muitas maneiras de secar um ovo pintado, como por exemplo, um cálice especial, ou uma prateleira. Mas o melhor método é colocar o ovo suspenso num prego batido numa prancha.

Receita para ceia de fim de ano

Apesar de saudável e muito saborosa, a carne de porco ainda é evitada por muita gente, devido aos mitos que permeiam esse alimento. Contudo, trata-se de uma carne rica em proteínas e vitaminas, principalmente a do Complexo B, selênio (antioxidante), zinco (defesa do organismo), além de minerais, como ferro, cálcio e potássio.

O segredo, segundo nutricionistas, está no preparo e na forma final de como ela será consumida: cozida e devidamente assada. É recomendado optar por cortes mais magros – a paleta, o lombo e o pernil. Vale lembrar, que ao retirar a gordura externa, a quantidade de calorias cai consideravelmente.

Portanto, que tal preparar para a ceia de fim de ano um delicioso lombo de porco recheado com abacaxi? Segue a receita:

Rendimento: 4 porções de 115 g; tempo de preparo: 25 minutos (mais 1 hora para tomar gosto, mais 1 hora e 25 minutos no forno).

Ingredientes

- 1 lombo suíno pequeno – 400 g

- 2 colheres (sopa) de suco de limão

- Sal e pimenta-do-reino a gosto

Recheio:

- 2 xícaras (chá) de abacaxi picado

- 2 tomates maduros, mas firmes

- 8 folhas de sálvia

- 1 colher (sopa) de azeite de oliva espanhol

Modo de Fazer

Abra o lombo como se fosse um bife. Lave-o e seque com toalha de papel. Tempere com o suco de limão, sal e pimenta-do-reino. Coloque-o em uma tigela, que deve ser coberta com filme plástico. Deixe tomar gosto dentro da geladeira por 1 hora.

Enquanto isso, prepare o recheio: em uma panela, coloque o abacaxi e 4 xícaras (chá) de água (960 ml). Leve ao fogo por 7 minutos ou até o abacaxi ficar levemente macio. Retire do fogo. Escorra a água e deixe esfriar.

Lave, corte os tomates em rodelas e elimine as sementes.

Distribua sobre o lombo a sálvia, as fatias de tomate e o abacaxi. Enrole o lombo como um rocambole e feche-o com o auxílio de um barbante.

Unte uma assadeira (25 cm x 19 cm) com o azeite de oliva e coloque o lombo. Cubra-o com papel-alumínio e leve ao forno em temperatura média (180ºC) por 1h10 minutos. Retire do forno. Elimine o papel-alumínio e deixe assar por mais 15 minutos ou até dourar. Retire do forno. Fatie e sirva. Bon appétit!!!