Benefícios das ervas aromáticas

Além de incrementarem o prato com aquele aroma especial, as ervas aromáticas conferem ainda mais sabor aos alimentos, além de trazerem diversos benefícios à saúde. Por fornecerem uma ampla variedade de substâncias fitoquímicas ativas, ajudam a proteger o organismo contra doenças crônicas. Confira os benefícios de alguns temperos naturais:

Alecrim: As folhas contêm um óleo usado em analgésicos tópicos para aliviar dores musculares. O chá alivia dores de cabeça.

Cebolinha: Estas pequenas parentes da cebola possuem compostos de enxofre que podem baixar a pressão sanguínea caso ingeridas em grande quantidade.

Coentro: Folhas muito frescas podem ser mastigadas para facilitar a digestão.

Endro: Muito usado em picles, molhos de saladas e pratos de peixe, o endro também é usado para aliviar gases intestinais e o seu chá pode aliviar cólicas em bebês.

Manjericão: Ingrediente básico de muitos pratos, ele também é usado como tônico e contra resfriado.

Menta: Mastigar as folhas pode refrescar o hálito. O chá de menta é um auxiliar digestivo.

Orégano: Cozido como chá, parece ajudar na digestão e aliviar a congestão.

Salsa: Quando consumida em porções de no mínimo 30 g, esta erva contém quantidades úteis de vitamina C (salsa fresca apenas), cálcio, ferro e potássio. Também é rica em bioflavonóides, monoterpenos e outros compostos anticancerígenos.

Sálvia: Seu chá pode ser usado como digestivo, desinfetante oral ou em gargarejos, a fim de aliviar aftas, dores na gengiva ou dores de garganta.

Tomilho: Cozido como chá, pode ser usado para restabelecer o intestino irritável, fazer gargarejos para dores de garganta ou como xarope para tosse ou congestão.

Canjica diet para a Páscoa

Muitas famílias mantêm a tradição de consumir canjica na Sexta-feira Santa. Essa sobremesa típica da culinária brasileira é rica em fibras e minerais, fornecendo muita energia ao organismo. Selecionamos uma deliciosa receita de canjica diet, para que você possa saborear esse doce, sem culpa.

Ingredientes para a canjica: 1 e ½ xícara (chá) de milho para canjica (320 g); 5 cravos-da-índia; 1 pau de canela; canela para polvilhar.

Ingredientes para o leite condensado: 1 xícara (chá) de leite em pó desnatado (116 g); ½ xícara (chá) de adoçante (16 g); 1 colher (chá) de margarina light (10 g).

Como fazer:  

Faça o leite condensado: coloque todos os ingredientes no liquidificador, acrescente ½ xícara (chá) de água fervente e bata por 5 minutos. Passe para uma vasilha com tampa e deixe na  geladeira até o momento de usar.

Prepare a canjica: na véspera, coloque o milho para canjica de molho em uma tigela com água. No dia seguinte, escorra o milho, passe-o para uma panela de pressão, acrescente 6 xícaras (chá) de água (1,2 litros) e cozinhe por 40 minutos. Desligue o fogo, deixe esfriar até poder abrir a panela, e verifique se o milho está macio. Se não estiver, acrescente um pouco mais de água e deixe cozinhar por mais alguns minutos.

Em seguida, acrescente a receita de leite condensado, os cravos, o pau de canela e, se necessário, um pouco mais de adoçante. Mexa e deixe ferver por aproximadamente 5 minutos.

Rendimento: 10 porções.

Tempo de preparo: 30 minutos.

Antepasto de berinjela e Pão Sueco

Selecionamos uma receita de antepasto de berinjela que cai super bem com o pão sueco da Pinheirense. Prática, saudável e saborosa. Experimente!

Anote aí:

Ingredientes: 3 berinjelas grandes cortadas em tirinhas; 1 pimentão verde cortado em tirinhas; 1 pimentão amarelo cortado em tirinhas; 1 pimentão vermelho cortado em tirinhas; 2 cebolas grandes cortada em tirinhas; 250 ml de azeite; 1 xícara de vinagre de vinho tinto; orégano a gosto; 1 vidro pequeno de azeitonas sem caroço; sal a gosto.

Modo de preparo:

- Corte as berinjelas, os pimentões e as cebolas. Arrume em camadas a berinjela, o pimentão e por cima a cebola, em placa de alumínio;

- Coloque por cima o azeite, o vinagre, o sal, o orégano, cubra com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido bem quente (mais ou menos 150º graus) por 15 minuto;

- Tire do forno, acrescente as azeitonas fatiadas, dê uma ligeira misturada e leve novamente ao forno (continua com o papel alumínio) até que a berinjela seque e fique escura (mais ou menos 1 hora e meia);

- Tire do forno, espere esfriar e leve à geladeira;

- Se puder esperar que fique marinando 2 ou 3 dias na geladeira, fica bem mais gostoso;

- Sirva com pão tipo sueco Pinheirense e, se quiser, com carnes.

A “cartilha” do cogumelo

Com pouquíssimas calorias, os cogumelos praticamente não têm gordura e são boas fontes de fibra alimentar. Oferecem quantidades consideráveis de potássio, selênio, riboflavona, tiamina, ácido fólico, B6 e zinco. Os cogumelos também são uma das melhores fontes vegetais de niacina. Confira dicas importantes de conservação e preparo desse alimento:

-Ao comprar cogumelos, procure os mais durinhos sem nenhum amassado. Todos os cogumelos são colhidos naturalmente, mas amassam com facilidade. Manuseie-os com cuidado;

-O sabor se desenvolve com o crescimento. Logo, os cogumelos maiores são os mais saborosos;

-Não guarde os cogumelos embrulhados em papel filme ou em plásticos. Guarde-os em bolsas de papel, na gaveta de legumes da geladeira;

-Cinco dias é o tempo máximo de conservação dos cogumelos na geladeira;

-Lave os cogumelos pouco antes de usá-los, mas não descasque ou remova os talos. A parte nutritiva do cogumelo está bem abaixo da pele e será perdida se forem descascados. Apenas pique ou corte sem mexer na casca;

-Cozinhe os cogumelos rapidamente. Se for usá-los em um prato de preparo lento, como em um ensopado, acrescente-os apenas nos últimos vinte minutos.

Os cogumelos crescem como mágica!

Se não forem colhidos, os cogumelos-paris dobram de tamanho a cada 24 horas. Primeiro, é um cogumelo com a calota fechada. Depois a calota se abre, revelando suas lamelas marrons. Quando não é colhido, cresce e se transforma em um cogumelo grande e chato com lamelas abertas. Quanto maior o cogumelo, melhor o seu sabor.

Ideal para festas: salada asiática de vitela com creme picante

Cada porção fornece: 270 kcal, 24 g de proteínas, 17 g de gordura, 5 g de carboidratos.

Tempo de preparo: 30 minutos

Sirva com Pão tipo Sueco da Pinheirense.

Ingredientes ( para 4 porções):

400 g de vitela cozida

200 g de couve-chinesa

200 g de broto de bambu ou de feijão ( em conserva)

100 g de vagem-macarrão

2 colheres (sopa) de óleo de girassol

1/2 colher (chá) de óleo de gergelim

2-3 colheres (chá) de vinagre de arroz

2 colheres (sopa) de molho de soja (shoyu)

1-2 pitadas de açúcar mascavo

1 raiz de gengibre freco (3 cm)

1 molho de capim-limão

sal

2 colheres (sopa) de sementes de gergelim

1/2 molho de cebolinha

2 colheres (sopa) de creme de leite

1 colher (chá) de molho sambal ( ou outro molho de pimenta).

Modo de preparo:

- Corte a vitela cozida em tiras finas e coloque-as numa tigela. Lave a couve-chinesa e agite as folhas para que sequem. Em seguida, corte-as em tiras finas.

- Escorra os brotos de bambu e corte-os em tiras finas. Lave as vagens, retire os fiapos e corte-as diagonalmente em tiras. Misture as verduras com a carne.

- Coloque numa tigela os óleos de girassol e de gergelim, 2 colheres (sopa) do vinagre, o molho de soja e o açúcar. Descasque o pedaço de gengibre e pique-o bem. Descarte as partes duras do capim-limão e pique as partes macias.

- Junte o gengibre e o capim-limão à tigela. Misture tudo e, se preciso, tempere o vinagrete com um pouco de sal. Derrame sobre os ingredientes da salada e misture com cuidado.

- Torre levemente as sementes de gergelim em uma frigideira sem óleo. Coloque num prato e deixe esfriar. Lave e seque a cebolinha e corte-a em pequenos anéis. Para fazer o creme, misture o creme de leite com o sambal ou molho de pimenta e tempere com sal.

- Se quiser, tempere a salada com mais sal, açúcar e vinagre. Distribua em pequenas tigelas. No meio de cada porção, sirva um pouco de creme e polvilhe com as sementes de gergelim e a cebolinha.

Como preparar o capim-limão

- Descarte a raiz e as camadas externas, fibrosas, do talo de capim-limão.

- Corte também as pontas fibrosas dos talos, pois não são comestíveis. Lave o talo de capim-limão e seque com papel-toalha.

- Pique ou corte as partes internas macias e suculentas em pequenos pedaços. Quem preferir, pode triturá-las num pilão até formar uma pasta.

Caviar de berinjela servido com Pão Sueco

Foto: Alessandra Pimentel

Rende 20 porções

Ingredientes:

2 berinjelas;

1 dente de alho picadinho;

limão siciliano (somente o suco);

2 colheres de azeite;

1 colher de sopa de iogurte Grego;

Sal e pimenta cayenne;

20 folhas de menta;

1 colher de chá de páprica;

Pão Sueco Pinheirense

Preparo: Com um garfo, fure várias vezes as berinjelas e coloque-as no forno, até que seu interior fique macio. Espere esfriar e, em seguida, retire sua polpa. Tente tirar o máximo de líquido, espremendo com as mãos; coloque a berinjela, o alho, limão, azeite e o iogurte no processador, até que se obtenha um patê. Adicione sal e pimenta a gosto. Decore com a menta e a páprica e sirva com o Pão tipo Sueco Pinheirense.

Faça você mesmo: vinagres de framboesa, de ervas e de flor de sabugueiro

Desde os primórdios da civilização, o vinagre já era usado como conservante e tempero de alimentos e, ainda, como remédio para diversos males. Em sua produção, líquidos fermentados e açucarados, como o vinho ou a sidra, “estragam” ( bactérias presentes nesses líquidos transformam o álcool em ácido acético).

Para a produção de vinagres de qualidade, são indispensáveis excelentes ingredientes e um longo tempo de maturação. O vinagre confere à salada, em combinação com o óleo certo, um sabor especial.

Faça você mesmo alguns tipos especiais de vinagres:

Vinagre de framboesa: 250 g mais um punhado de framboesas frescas; 1 litro de vinagre de champanhe ou de vinho branco com teor de acidez de 7%; 1 colher (sopa) de mel.

Lave e seque os 250 g de framboesas; coloque-as em uma panela e amasse-as levemente. Adicione o vinagre e o mel e aqueça a 40°C. Ponha a mistura em um copo ou garrafa grande de vidro e vede com um tampão feito de gaze. Reserve por 14 dias em local escuro e não muito frio, agitando de vez em quando. Passe a mistura primeiramente por uma peneira bem fina e, em seguida, filtre em uma toalha de musselina. Coloque em um frasco e, antes de fechá-lo, adicione o punhado de framboesas frescas bem lavadas. Guarde em local fresco e escuro.

Vinagre de ervas: 3 ramos de manjericão; 2 ramos de tomilho; 3 ramos de manjerona; 1 ramo pequeno de alecrim; 3 ramos de salsa; 1 ramo de tomilho-limão; 1 colher (sopa) de grãos de mostarda; 6 grãos de pimenta-do-reino; 1 litro de vinagre de vinho tinto ou branco ( 7% de acidez).

Lave as ervas e seque cuidadosamente com papel-toalha. Coloque-as com os grãos de mostarda e pimenta-do-reino em um ou mais frascos bem lavados. Cubra com o vinagre e feche bem o frasco. Guarde em local escuro e não muito frio por 3 a 4 semanas.

Vinagre de flor de sabugueiro: 8 flores de sabugueiro; sal; 1 litro de vinagre de vinho branco; 250 ml de vinho branco; 100 g de açúcar.

Mergulhe as flores de sabugueiro em água com bastante sal por 3 a 4 minutos. Retire-as, lave-as e deixe secar sobre papel-toalha. Aqueça o vinagre, o vinho branco e o açúcar em uma panela grande. Coloque as flores de sabugueiro em um frasco e cubra-as com a mistura do vinagre. Feche bem o frasco e reserve por, no mínimo, 2 semanas.

Receita: bife grelhado com salsa verde

Foto: Alessandra Pimentel

Ingredientes: Pão tipo Sueco Pinheirense; 15 g de salsa; 10 folhas de manjericão; 10 folhas de menta; 1 dente de alho picado; 1 colher de chá de mostarda Dijon; 1 colher de sopa de alcaparras; 2 filés de anchovas ( sem óleo); 2 colheres de azeite; sal e pimenta-do-reino a gosto; 350 g de filet mignon, com 1,5 cm de grossura; usar simples cortadores de pastelaria.

Preparo: 

Salsa verde: colocar todos os ingredientes em um processador e pulsar até obter uma consistência de purê.

Cortar o bife na espessura de 1,5 cm, adicionar sal e pimenta a gosto; grelhar cada lado da carne durante 3 minutos.

Coloque o bife no topo do pão tipo Sueco da Pinheirense, adicione a salsa e sirva imediatamente.

Sugestão de salada para as crianças

Todos sabem como costuma ser difícil convencer uma criança a adicionar a salada à dieta diária. Por isso, selecionamos a salada de alface com champignons e filé de frango, que é uma ótima pedida e costuma agradar também as crianças, além de ser fácil de fazer e muito saudável.

Para 4 porções:

400g de filé de peito de frango;1 dente de alho; 1/2 pé de alface roxa; 1/2 alface crespa pequena; 1 radicchio pequeno; 2 cebolas pequenas; 250g de champignons pequenos; 1 limão; 30g de manteiga; sal e pimenta do reino moída na hora.

Molho:1 colher (chá) de mostarda Dijon; 1 colher ( sopa) de vinagre de vinho branco; 1 colher (sopa) de óleo de canola; 100g de creme de leite com 1 colher (sopa) de suco de limão; 100g de iogurte; sal, pimenta do reino moída na hora.

Cada porção fornece 250 kcal, 28 g de proteínas, 12 g de gordura, 5 g de carboidratos.

Tempo de preparo: 25 minutos

1- Lave os filés de peito de frango, seque-os levemente com papel toalha e corte-os em tiras. Descasque e fatie o dente de alho. Misture-o aos filés e reserve na geladeira;

2- Lave as folhas das verduras e agite-as para que sequem ( ou use uma centrífuga de salada). Corte-as em pedaços grandes e arrume-as em quatro pratos;

3- Descasque as cebolas e pique-as em cubinhos. Limpe bem os champignons com papel-toalha; remova os caules e corte-os em fatias finas;

4- Lave o limão em água quente e seque-o com um pano. Raspe tiras bem finas da casca de uma das metades e aproveite o limão restante para extrair 1 colher (sopa) de suco para o molho;

5- Para preparar o molho, bata com um batedor de ovos a mostarda, o vinagre, o óleo, o creme de leite, o suco de limão e o iogurte em uma tigela pequena;

6- Tempere o molho com sal e pimenta e regue as porções da salada. Arrume as raspas de casca de limão, a cebola picadinha e as fatias de champignons por cima de tudo;

7- Aqueça bem a manteiga em uma frigideira. Coloque a mistura de filé de peito de frango com o alho e doure os dois lados. Remova o alho da frigideira antes que escureça. Arrume as tiras do frango e o alho sobre a salada, como preferir;

8- Tempere as tiras de frango frito com sal e pimenta. Regue as porções de salada com a manteiga restante e sirva em seguida. Acompanhe com o pão de forma Pinheirense.

Peixes com finesse

Mantenha distante o cheiro de peixe: Antes de preparar peixe fresco, corte um limão-siciliano ao meio e esfregue as metades cortadas nas mãos para evitar que absorvam o cheiro de peixe. Se a fritura for seu método culinário favorito, lave a frigideira que usou na hora de fritar o peixe e despeje 1 cm de vinagre branco dentro dela; o ácido acético deverá eliminar qualquer cheiro que tiver permanecido na panela.

Tire as escamas com a ajuda do vinagre: Quando for retirar as escamas de um peixe, esfregue vinagre branco nelas e espere 10 minutos. As escamas se soltarão com tanta facilidade que é possível que venham a fazer mais sujeira do que o normal; portanto, antes, coloque o peixe em um saco plástico.

Mantenha o peixe poché firme: Ao preparar um peixe poché, adicione suco de limão-siciliano ao líquido usado no cozimento para ajudá-lo a cozinhar de maneira uniforme. Para cada 500 g de peixe, use o suco de meio limão-siciliano.

Preserve a umidade enquanto assa: Peixes com baixo teor de gordura- como badejo, linguado e vermelho – podem secar muito rapidamente enquanto estão sendo assados. Pra preservar a umidade, embrulhe cada um dos filés em papel alumínio antes de colocá-los no forno.