Sopa detox: inhame com espinafre

As sopas detox são ricas em vitaminas e minerais, pobres em gordura, sendo uma excelente opção para desintoxicar o organismo, aumentar as defesas naturais e controlar o peso.

Ingredientes

5 inhames médios sem casca
1 colher (café) de gengibre em cubos
1 cebola média picada
2 dentes de alho
1 xícara (chá) de espinafre picado
2 colheres (sopa) de farinha de linhaça dourada
200 ml de água
1 colher (chá) de tomilho e alecrim triturados
Pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Refogue o alho e a cebola em panela antiaderente.
Junte o inhame e a farinha de linhaça.
Tempere com pimenta-do-reino a gosto.
Acrescente a água.
Ao levantar fervura, coloque o gengibre.
Quando o inhame estiver macio, amasse-o com a concha.
Adicione o espinafre e ferva por mais dois minutos, até as folhas amolecerem.
Sirva no prato e acrescente o tomilho e alecrim triturados.

Você pode servir a sua sopa detox com os pães pinheirense – sueco ou de forma. Todos os nossos produtos são integrais, artesanais e isentos de conservantes. 

Caldo de Couve-Flor: alimento anticancerígeno

Em dias frios, alimentos quentes como caldos e sopas são uma ótima pedida. Além de nos aquecerem, apresentam muitos nutrientes, que auxiliam o organismo no combate e prevenção de alergias e doenças respiratórias. O caldo de couve-flor, por exemplo, é fonte de vitamina C, de ácido fólico e de potássio. Trata-se de um alimento anticancerígeno, que possui poucas calorias e alto teor de fibras.

Dica: sirva o caldo com os pães Pinheirense – artesanais, integrais e livres de conservantes e outros produtos químicos. Sua saúde e seu paladar agradecem!

Caldo de Couve-Flor:

Ingredientes: 3 couves, 4 batatas inglesas, 1 molho de cebolinha verde, alho, cebola e sal a gosto, Pão Pinheirense.

Preparo: Cozinhe as batatas e a couve. Bata no liquidificador e reserve. Junte a cebolinha picada. Faça um refogado de alho e cebola e junte ao caldo de couve. Deixe ferver e acrescente, se quiser, um pouco de queijo parmesão e de azeite. Sirva com os Pães Pinheirense.

Borsch: saboroso e nutritivo

Fonte de ácido fólico, fibras e potássio, a beterraba traz vários benefícios à saúde. Suas folhas são fonte de potássio, cálcio, ferro, betacaroteno e vitamina C. Rica em substâncias fitoquímicas, como as antocianinas e as saponinas, que se ligam ao colesterol no trato digestivo, reduzindo o risco de doenças cardíacas, este legume é altamente versátil – pode ser cozida e servida como acompanhamento, em salmoura, como salada ou condimento ou até usada como principal ingrediente do borsch ( sopa de beterraba típica do Leste Europeu).

E o post de hoje mostra justamente como preparar o borsch ucraniano com fava, que além de ser saboroso e nutritivo, cai super bem em dias frios.

Ingredientes: 

  • 100 gramas de carne bovina com gordura e osso
  • 50 gramas de bacon
  • 150 gramas de batata
  • 100 gramas de fava
  • 200 gramas de beterraba
  • 300 gramas de repolho
  • uma cebola grande
  • 50 gramas de cenoura
  • 50 gramas de molho de tomate ou 2 tomates médios
  • 1 ou 2 pimentões, verdura e alho.
Preparo:

Coloque a carne em uma panela, encha com água fria. Leve para ferver, tire a espuma e ferva o caldo em fogo baixo, para que ele fique transparente, até que a carne fique pronta. Após uma hora coloque sal e verifique se a carne está pronta. Para isto, veja se a carne se separou do osso, e se isso acontecer facilmente, então a carne está pronta. Cuidadosamente filtre o caldo e, novamente, deixe-o ferver.

Em uma panela separada cozinhe a fava. Para acelerar a preparação a fava pode permanecer em água fria por um tempo. Coloque a fava em água fria e a deixe cozinhando com a panela tampada, em fogo médio, até ficar macia.

No caldo, coloque a carne cozida picada em pedacinhos e a batata cortada em tiras. Em seguida, corte o bacon em cubos pequenos e frite-os em frigideira sem óleo e fortemente aquecida. Quando o bacon ficar em uma cor marrom clara, coloque na frigideira a cebola bem picada e a refogue em gordura derretida até ficar uma cor dourada. Em seguida, junte a cenoura e refogue tudo junto. Quando a cenoura ficar laranja pálida, junte esses legumes no futuro borsch. No mesmo momento coloque a fava também.

Limpe as beterrabas e rale-as em um ralador grosso (ou corte-as em tiras finas). Coloque na frigideira, adicione uma colher de chá de açúcar e deixe refogar em um pouco de água até ficar bem macio. No final coloque uma colher de chá de vinagre. O ácido vai manter a cor da beterraba, e torná-la mais intensa. Coloque a beterraba refogada em sopa só quando a batata ficar semi-pronta, caso contrário, ela ficará dura.

Depois coloque no borsch o repolho cortado em tiras finas. No mesmo momento junte o pimentão (corte em cubos sem sementes).

Para retirar facilmente a casca dos tomates, você precisa despejar por cima a água fervente e, em seguida, refogá-los. Quando faltar cinco minutos para terminar de cozinhar o borsch, adicione o tomate ou molho de tomate, alho espremido e verdura bem picada.

Se usar repolho novo para fazer o borsch, você deve juntá-lo na panela na mesma hora em que for adicionar o tomate e o alho. As folhas do repolho novo são tão sensíveis, que por 15 minutos na fervura podem perder o seu sabor e textura natural.

Após terminar a preparação do borsch, você precisa deixá-lo reservado. Melhor cozinhar o borsch à noite, para servi-lo no almoço, no dia seguinte, pois isso o deixa ainda mais gostoso!