Por que optar pelo chocolate amargo nessa Páscoa

A Páscoa está aí e, para muita gente, o chocolate é o assunto principal. Mas para além da satisfação de se deliciar com o seu chocolate preferido, é bom estar ciente sobre qual tipo é o melhor para a sua saúde.

Mais saudável que os tradicionais, o chocolate amargo possui uma substância (a catequina) que age nas artérias e produz óxido nítrico, um vasodilatador natural, que faz com que a camada interna das artérias fique mais flexível, gerando a queda da pressão. É indicado ingerir de 30 a 40 gramas de chocolate amargo por dia.

Devido a alta concentração de cacau, o chocolate amargo ajuda a saciar a fome, sem alterar o peso, as taxas de açúcar e gordura da circulação, além de agir no humor das pessoas, devido à substâncias como a fenilalanina e tirosina, aminoácidos precursores da noradrenalina e da dopamina, que estão envolvidas no estado de felicidade dos indivíduos

Chocolate amargo: a melhor opção para sua saúde

A Páscoa está aí, e para muita gente o chocolate é o assunto principal. Não que este alimento seja (muito) cobiçado apenas nesta data, claro. Mas para além da satisfação de se deliciar com o seu chocolate preferido, é bom estar ciente sobre qual tipo é o melhor para a sua saúde.

Mais saudável que os tradicionais, o chocolate amargo possui uma substância (a catequina) que age nas artérias e produz óxido nítrico, um vasodilatador natural, que faz com que a camada interna das artérias fique mais flexível, gerando a queda da pressão. É indicado ingerir de 30 a 40 gramas de chocolate amargo por dia.

Por causa da alta concentração de cacau, o chocolate amargo ajuda a saciar a fome, sem alterar o peso, as taxas de açúcar e gordura da circulação, além de agir no humor das pessoas, devido à substâncias como a fenilalanina e tirosina, aminoácidos precursores da noradrenalina e da dopamina, que estão envolvidas no estado de felicidade dos indivíduos.