Por que consumir água de coco

Você já deve saber que a água de coco traz inúmeros benefícios à saúde, mas, talvez, não conheça, de fato, o quão poderosa ela seja, já que apresenta propriedades antivirais, antibacterianas, anti-inflamatórias e antioxidantes, ajudando a prevenir e a combater diferentes tipos de doenças.

Beneficia o funcionamento cerebral e do sistema nervoso

Além de ser uma importante fonte de magnésio, a água de coco também tem uma quantidade relevante de potássio, que é uma das mais importantes substâncias para o sistema nervoso, assim como o cérebro, funcionarem bem. Consumindo água de coco com regularidade, é possível suprir mais de 13% da necessidade diária, com apenas um copo.

Diminui o cansaço e o estresse

Quando estamos com sede é sinal de que já estamos desidratados. Esse estado provoca uma lentidão nas funções do organismo, nas atividades cerebrais, levando ao cansaço mental e na diminuição das funções musculares, promovendo a fadiga. Os minerais presentes na água de coco (magnésio e potássio) auxiliam na redução do cansaço e do estresse. Por reidratar o corpo, a bebida também diminui a fadiga e o mal-estar.

Rejuvenesce e previne contra o câncer

A água de coco contém citocininas, que protegem as células do envelhecimento e previnem contra o câncer. As citocininas são hormônios vegetais responsáveis pela divisão celular, por isso atuam na renovação das células, garantindo uma pele jovem e saudável. Além disso, diminui a possibilidade de surgirem células cancerígenas, devido à rápida divisão celular (quando a célula se divide e dá origem a duas células idênticas, conhecido, também, como mitose). A divisão celular é o processo responsável pela reposição de células mortas, regeneração dos tecidos saudáveis do corpo e pelo crescimento do indivíduo.

Melhora a digestão

A água de coco atua como um tônico digestivo que se usa para tratar doenças tropicais, incluindo a gripe estomacal, disenteria, prisão de ventre e parasitas. O consumo ajuda a melhorar a digestão graças às suas enzimas bioativas.

Controle do colesterol

A água de coco auxilia no controle do colesterol alto. O seu consumo regular contribui para a diminuição das placas de ateroma nas artérias, baixando o colesterol e melhorando o funcionamento do coração.

Combate a ressaca

Ao ingerir bebida alcoólica, estimulamos a eliminação de água através da urina. Os efeitos dessa desidratação causam os famosos sintomas da ressaca: dor de cabeça, fadiga, mal-estar, sede, tontura e náuseas. Beber água de coco (cerca de 500 ml a 1000 ml) horas depois ou no dia seguinte a bebedeira promoverá a reposição dos líquidos e eletrólitos perdidos, amenizando os desconfortos. A quantidade exata dependerá de cada organismo e do tanto de álcool consumido.

Fortalece o sistema imunológico

A água de coco é rica em vitamina C, que aumenta a produção de glóbulos brancos, células que fazem parte do sistema imunológico e que têm a função de combater microorganismo e estruturas estranhas ao corpo. O nutriente aumenta os níveis de anticorpos no organismo.

Coração e rins saudáveis

O potássio encontrado na água de coco é um nutriente extremamente importante para manter em equilíbrio a quantidade de sal e água que os rins excretam. Sem o potássio, os rins não conseguem eliminar sódio com eficiência. E o excesso de sódio no organismo, por sua vez, retém água e aumenta a pressão arterial, também conhecido como hipertensão.

Perda de peso

A água de coco auxilia na perda de peso por possuir baixa densidade calórica e fornecer vitaminas e minerais importantes para os processos metabólicos de geração de energia. Por se tratar de uma bebida natural – não contém corantes nem conservantes- e ser fonte de nutrientes, ela pode ser inserida em dietas que objetivam perda ou manutenção de peso e reeducação alimentar. Deve-se ressaltar, no entanto, que ingeri-la isoladamente não é suficiente para emagrecer, é necessário adotar hábitos de vida saudáveis, reduzir o consumo de alimentos industrializados altamente calóricos e fazer atividades físicas.

Ajuda a combater a candidíase

Como o coco tem função fungicida, a ingestão da água de coco ajuda no tratamento para equilibrar a flora vaginal e controlar a candidíase. O óleo de coco aplicado topicamente também pode ajudar no tratamento.

Por que optar pelo chocolate amargo nessa Páscoa

A Páscoa está aí e, para muita gente, o chocolate é o assunto principal. Mas para além da satisfação de se deliciar com o seu chocolate preferido, é bom estar ciente sobre qual tipo é o melhor para a sua saúde.

Mais saudável que os tradicionais, o chocolate amargo possui uma substância (a catequina) que age nas artérias e produz óxido nítrico, um vasodilatador natural, que faz com que a camada interna das artérias fique mais flexível, gerando a queda da pressão. É indicado ingerir de 30 a 40 gramas de chocolate amargo por dia.

Devido a alta concentração de cacau, o chocolate amargo ajuda a saciar a fome, sem alterar o peso, as taxas de açúcar e gordura da circulação, além de agir no humor das pessoas, devido à substâncias como a fenilalanina e tirosina, aminoácidos precursores da noradrenalina e da dopamina, que estão envolvidas no estado de felicidade dos indivíduos

Experimente o pão integral de nozes e passas

O Pão Integral de nozes e passas da Pinheirense é uma opção saudável e saborosa! Artesanais e isentos de conservantes, nossos produtos conferem ainda mais sabor e saúde a sua mesa.

Além de deliciosas, as nozes possuem propriedades que ajudam no fortalecimento da defesa do corpo, formação de glóbulos vermelhos, cicatrização, fortalecimento dos ossos e dos dentes, combate ao envelhecimento precoce das células, além de evitar – quando consumidas diariamente em pequenas doses – até 65% do risco de doenças do coração.

A uva passa ajuda a prevenir câncer, Alzheimer, Parkinson e demência, além de conter fitoquímicos que diminuem os riscos de doenças do coração, câncer e derrames.

Propriedades medicinais da cúrcuma

A cúrcuma, também conhecida como açafrão-da-Índia, açafroa, cúrcuma longa, gengibre amarelo, raiz de sol e turmerico, é uma planta herbácea da família do gengibre, originária da Ásia. Por possuir compostos com propriedades medicinais, oferece diversos benefícios à saúde. A curcumina é o ingrediente ativo principal da cúrcuma, e tem efeitos anti-inflamatórios, além de ser um antioxidante muito forte. 

Por ser um poderoso anti-inflamatório, é muito efetiva para o tratamento de doenças inflamatórias como artrites, tendinites e machucados em geral. A planta também é um excelente purificador do sangue, ajudando a controlar o colesterol. Os chineses a usam nos seus tratamentos medicinais há mais de quatro mil anos e seu consumo é bastante seguro.

A maioria dos estudos sobre o açafrão mostra que seus benefícios à saúde ocorrem quando se consome uma dosagem superior a um grama por dia intercalado com as refeições. No entanto, é muito difícil chegar a este nível de consumo usando-o apenas como tempero dos alimentos.

Para obter seus efeitos completos, é preciso tomar um extrato que contenha quantidades significativas de curcumina. Já a absorção da mesma nos intestinos é potencializada ao ser consumida com pimenta do reino, gengibre ou azeite.

Pesquisas mostraram que o consumo diário de duas a três gramas de cúrcuma por um período de dois meses curou úlceras estomacais em até 75 por cento dos pacientes tratados.

Entre os principais benefícios da cúrcuma à saúde destacam-se:

- É um composto anti-inflamatório natural;

- aumenta drasticamente a capacidade antioxidante do organismo;

- reduz o risco de doença cardíaca;

- diminui os níveis de colesterol no organismo;

- melhora a função cerebral e diminui o risco de mal de Alzheimer;

- ajuda a prevenir e até mesmo a tratar alguns tipos de câncer;

- pacientes com artrite respondem muito bem à suplementação com curcumina;

- age na prevenção ao diabetes.

Sugestões de consumo: 

– Adicione cúrcuma ao ovo cozido da salada para dar-lhe uma cor amarela mais apetitosa;

– Misture o arroz integral com passas e castanha de caju e tempere com açafrão, cominho e coentro;

– Adicione a especiaria diretamente à couve-flor cozida no vapor, ou ainda faça um molho cremoso para acompanha-la adicionando açafrão e cebola seca a um pouco maionese, sal e pimenta.

– Cúrcuma é um ótimo tempero para incrementar as receitas que levam lentilhas.

– Dê aos molhos para salada um tom amarelo-alaranjado, adicionando um pouco de pó de açafrão a eles.

Abacate combate a insônia

Uma das melhores maneiras de combater a insônia é através de uma alimentação saudável, visto que alguns alimentos apresentam os nutrientes necessários para a redução dos níveis dos hormônios ligados ao estresse, como o cortisol.

O magnésio, por exemplo, atua como relaxante muscular, assim como a vitamina B3, uma das responsáveis pela produção de melatonina e serotonina. O triptofano ajuda na diminuição do cortisol e aumento da serotonina, combatendo a ansiedade e a compulsão alimentar. O potássio também é um nutriente ideal para impulsionar o sono.

Entre os alimentos que ajudam a regular o sono, o abacate é um dos destaques, pois é rico em Beta sitosterol, importante modulador do hormônio do estresse (cortisol), responsável pela insônia. Essa fruta também é fonte de folato, vitamina A e potássio. Possui, ainda, quantidades úteis de ferro, magnésio e vitaminas C, E e B6.

Você pode consumir duas colheres (chá) da fruta pura (sem açúcar ou adoçante) todos os dias antes de se deitar. Se quiser, também pode experimentar a receita de creme de abacate com cacau, que, além de saborosa, é leve e ajuda a relaxar:

Ingredientes: 3 colheres (sopa) de abacate bem maduro; 1 colher (sopa) de cacau em pó sem açúcar; 1 colher (café) de mel. Acrescente castanhas. Fica uma delícia!

Preparo: bata todos os ingredientes no liquidificador até virar um creme.

Receita para um dia chuvoso

Em dias chuvosos, a vontade é de ficar embaixo do edredom, curtindo um bom filme e comendo guloseimas. Mas é possível substituir a pizza, o salgado gorduroso e doces cheios de calorias por alimentos saudáveis e também saborosos. Experimente o pão de queijo com mussarela de búfala, tapioca e linhaça:

Ingredientes:

  • 1 e ½ xícara de tapioca granulada
  • 3 xícaras de leite de inhame ou outro leite vegetal (coco, amêndoas, etc).
  • ¼ de xícara de óleo de coco, girassol ou azeite de oliva extra virgem
  • 1 ovo caipira
  • 1 xícara de mussarela de búfala, ou queijo sem lactose ou tofu (se optar por tofu, tempere com azeite, sal e orégano)
  • ¼ colher de sopa de sal marinho moído
  • 4 xícaras de polvilho doce
  • 2 colheres de sopa de linhaça
Preparo:
Aqueça o leite com o óleo de coco e despeje em uma tigela onde já esta a tapioca granulada. Reserve até esfriar. Quando a tapioca estiver fria, acrescente a mussarela de búfala, o ovo, e o polvilho aos poucos, até que fique em ponto de pão de queijo, desgrudando das mãos, mas não totalmente. Fica ainda mole. Passe água nas mãos para não grudar e faça bolinhas.

Asse em forno preaquecido a 180°, por 25 a 30 minutos.

Jabuticaba: fruta 100% brasileira

Nativa da Mata Atlântica, a jabuticaba apresenta poucas calorias e carboidratos, mas grandes quantidades de vitamina C e E, ácido fólico, Niacina, Tiamina e Riboflavina, além de minerais como potássio, cálcio, magnésio, ferro, fósforo, cobre, manganês e zinco.

Um grande diferencial são as propriedades da sua casca, que é rica em antocianidina, ou vitamina R, mais potente que as vitaminas E e C, possui propriedades antioxidantes e ajuda a combater os radicais livres. Outra substância importante, contida na casca da jabuticaba, é a pectina, que é uma fibra solúvel.

Benefícios da casca da jabuticaba:

Antocianidina: Como ela possui propriedade antioxidante e é capaz de reduzir e combater os radicais livres, que são responsáveis por inflamações, intoxicações e o envelhecimento da nossa pele, as antocianidinas podem trazer vários benefícios:

  • Ajuda na recuperação da elasticidade e firmeza da pele, sendo uma boa combatente de rugas, e até mesmo podem ajudar na queda de cabelo;
  • Auxilia na redução da produção de histamina, desta maneira, ela pode ajudar a aumentar a resistência do corpo, diminuir o colesterol ruim e combater os radicais livres;
  • As jabuticabas também ajudam a fortalecer os vasos sanguíneos, prevenindo doenças relacionadas a eles, como varizes e derrames;
  • Podem auxiliar na melhora da memória, pois protegem células do cérebro, sendo muito recomendadas para pessoas com idade mais avançada;
  • Melhoram a resistência física, incluindo a disposição energética e elasticidade muscular, e até mesmo podendo melhorar a visão;
  • Possuem propriedades anti-cancerígenas;
  • Por ajudar na estabilização da taxa de açúcar no sangue, podem ser muito recomendadas para diabéticos;
  • Sua propriedade anti-inflamatória pode ajudar a aliviar as dores da artrite e outras doenças inflamatórias;

Pectina: Esta fibra solúvel tem a capacidade de reduzir a velocidade de absorção das propriedades dos alimentos conforme estes são ingeridos. Desta maneira, os benefícios da jabuticaba advindos da pectina são:

  1. Além de também ser indicada para pessoas com hipoglicemia ou diabetes, por equilibrar o nível de glicose no sangue, contribui também para a desintoxicação do nosso corpo, pois auxilia na remoção de alguns metais pesados e substâncias tóxicas. Desta forma, melhora a função da vesícula biliar e diminui o risco de cálculos biliares;
  2. A pectina também ajuda no combate de colesterol alto e da obesidade;
  3. A pectina também pode auxiliar no funcionamento saudável do trato digestivo, proporcionando movimentos intestinais mais regulares e prevenindo contra a constipação e diarreia;
  4. Se feito um chá da casca da jabuticaba e acrescentado mel (ou fazer um xarope), os benefícios da jabuticaba estendem para auxiliar pessoas com anemia, estresse, asma, bronquite, amigdalite, gripes e resfriados.

Benefícios da polpa da jabuticaba:

  • O ferro contido na sua polpa pode combater a anemia;
  • O fósforo, juntamente com outros minerais, pode auxiliar no melhor desempenho do metabolismo de energia no nosso corpo; ele também ajuda a combater o estresse e a aumentar a imunidade do organismo;
  • A vitamina C é conhecida como uma aliada do nosso corpo no combate à gripe, também pode ajudar em infecções no geral, e ainda auxiliar em casos de alergia, asma, glaucoma, varizes, hipertensão arterial, anemia, fadiga crônica, etc;
  • A Niacina, ou também chamada de vitamina B3, se não ingerida em quantidade suficiente, pode causar indigestão, erupções na pele e fraqueza muscular;
  • Como a polpa desta fruta possui altos níveis de minerais como o cálcio, potássio e magnésio, os benefícios da jabuticaba podem se estender aos nossos ossos e dentes, pois estes minerais ajudam a fortalecê-los, prevenindo de doenças mais graves, como a osteoporose;
  • Por possuir ácido fólico e ferro, esta fruta também pode ser muito recomendada à mulheres grávidas, pois pode auxiliar no crescimento e desenvolvimento do feto.

Mais saúde: pães com linhaça

Além de não utilizar conservantes e produtos químicos em seus produtos, a Pinheirense faz uso de combinações variadas de sementes, aumentando o poder nutritivo dos pães e seus benefícios à saúde. O pão de forma integral com linhaça e o pão tipo sueco com linhaça fazem parte da nossa linha de produtos integrais, artesanais e sem conservantes.

Por ser uma rica fonte de fibras solúveis, a linhaça auxilia na redução dos níveis de colesterol, combatendo doenças cardíacas. Também é comprovado que as fibras insolúveis dessa semente contribuem para evitar a prisão de ventre.

Fonte de ácido alfa-linoléico (ALA) – um ácido graxo essencial considerado como uma gordura “boa para o coração”-, ajuda a afinar o sangue. Os ácidos graxos ômega-3 não são produzidos pelo organismo, precisam ser adquiridos por meio de alimentos, como a linhaça.  Eles reduzem a tendência das plaquetas de se agruparem, formando coágulos.

As lignanas, que compõem a semente de linhaça, convertem-se em compostos similares ao estrogênio do próprio organismo, mas com menor atividade. Possuem a capacidade de ocupar os receptores de estrogênio nas células e bloquear os efeitos de estrógenos mais fortes. Devido a esse fator, diversas pesquisas estudam o papel da linhaça na prevenção de alguns tipos de câncer vinculados a hormônios, como o câncer de mama e de cólon.

Bolo tipo alemão Pinheirense

O Bolo tipo Alemão Kuchen da Pinheirense é uma alternativa saudável para aqueles que não querem abrir mão de receitas doces saborosas durante as festividades de fim de ano. Feito artesanalmente, o bolo tipo Alemão Pinheirense não possui conservantes e leva frutas secas e castanha do pará em sua receita. Seu paladar e sua saúde agradecem!

Facetas da soja

Durante muito tempo, alimentos à base de soja eram consumidos somente por vegetarianos como alternativa para produtos à base de carne. Contudo, nos últimos anos, conforme mais pessoas passaram a se preocupar com um estilo de vida mais saudável, o consumo de soja aumentou consideravelmente, favorecido pelos crescentes indícios dos seus benefícios à saúde.

O grão de soja é um dos vegetais mais nutritivos e versáteis. Se comparados por volume, a soja contém mais proteína e ferro do que um bife, mais cálcio do que o leite e mais lecitina do que os ovos.

As diversas facetas da soja:

Tofu: vem nas texturas firme, sólida e aveludada. É feito um purê de soja e, posteriormente, processado em um “bolo”. Este alimento versátil pode ser refogado, grelhado, adicionado a sopas, lasanhas, cheesecakes ou misturado em molhos e vitaminas.

Bebidas à base de soja: são compradas em pó ou em embalagens longa-vida. Podem substituir outras bebidas ou o leite nas receitas. Alguns produtos são fortificados com cálcio e vitamina D e vêm em diferentes sabores, como chocolate e frutas.

Feijão-soja: prático de usar, o feijão-soja enlatado precisa apenas ser lavado antes de ser usado em caçarolas, sopas ou chili, ou ser amassado e adicionado às receitas.

Farinha de soja: adiciona proteína às receitas quando substitui outras farinhas. Também pode ser encontrada em cereais, massas de panqueca, sobremesas congeladas e outros alimentos.

Proteína com textura vegetal: é feita de farinha de soja desidratada e sem gordura. Quando reidratada, pode ser usada como substituta de carne em diversos pratos, como chili, almôndega, molho de massas ou lasanha.

Tempeh: feito de feijão-soja fermentado e transformado em uma massa grossa, este substituto de carne pode ser usado em diversos pratos.

Misô: é uma saborosa pasta de feijão-soja fermentado. Pode ser usada como base para sopas ou como tempero.

Noz de soja: estas saborosas nozes contêm mais fibras e menos gordura do que os outros tipos de nozes. Podem ser consumidas como petisco, salpicadas sobre saladas ou até refogadas.

Proteína de soja em pó: feito de proteína de soja isolada, este pó pode ser adicionado a vitaminas e sucos para enriquecer um café da manhã com proteínas.