Pós dia do lixo: alimentos anti-inflamatórios

Resultado de imagem para dia do lixo

Seguir uma dieta à risca não é nada fácil, até mesmo porque, diferentemente de atletas de alta performance e de algumas pessoas SUPER disciplinadas, temos vida social, participamos de confraternizações diversas, onde, muitas vezes, respeitar o regime alimentar é improvável.

O famoso “dia do lixo” é aquele momento em que muitos aproveitam para extravasar e comer de tudo. Há até quem defenda esse “ritual”, alegando que é benéfico para a dieta e para a saúde. Especulações à parte, vale a pena consumir certos alimentos para aliviar a inflamação e desintoxicar o organismo, no dia seguinte à “farra alimentar”. É o que explicam Rachita Reddy, MD, e Violet Santana, nutricionista e autora do Operation Cleanse.

Quinoa: “Os grãos integrais reduzem a gordura e diminuem centímetros da sua cintura porque são absorvidos na corrente sanguínea a um ritmo lento”, explica Reddy. Ela recomenda a ingestão de quinoa e outros grãos integrais como cevada, arroz integral, triguilho e aveia após uma refeição lixo, uma vez que todos eles têm fibra, o que evita a inflamação e um pico de açúcar. “Evitar picos de açúcar significa que o açúcar em seu corpo não será armazenado como gordura”.

Salmão: está no topo de qualquer lista de alimentos anti-inflamatórios. Os ácidos graxos ômega 3 neste peixe são aquilo que você pode chamar de “gorduras saudáveis” que contribuem para a função cerebral saudável e um menor risco de câncer e doenças crônicas, como a doença de Alzheimer, degeneração macular, esclerose múltipla e artrite reumatoide. Um estudo de 2013 no jornal Immunity descobriu que os ácidos graxos ômega-3 ajudam a bloquear a resposta inflamatória do corpo. Além disso, esse peixe rico em proteínas é rico em vitaminas e minerais como o potássio, o selênio e a vitamina B12.

Abacate: 

“Apesar de o abacate ser rico em gorduras saudáveis, ele não é tão rico em calorias como as pessoas pensam”, diz Santana. Ela recomenda comer esta fruta após refeições lixo, pois ela é naturalmente rica em gorduras insaturadas saudáveis para o coração, fibras, vitaminas A, C, E, K e B, potássio e antioxidantes. Os benefícios anti-inflamatórios dos abacates são tão fortes que podem até compensar as escolhas alimentares pouco saudáveis. Um estudo de 2013 descobriu que simplesmente adicionar um abacate a um hambúrguer poderia limitar a resposta inflamatória no corpo.