Pão Sueco com Gergelim: integral e sem conservantes

Assim como os demais produtos da Pinheirense, o Pão tipo Sueco com Gergelim é integral, artesanal e isento de conservantes.

Os muitos benefícios da semente de gergelim para a saúde derivam de seu teor nutricional, incluindo vitaminas, minerais, óleos naturais, e compostos orgânicos que consistem em cálcio, ferro, magnésio, fósforo, manganês, cobre, zinco, fibra, tiamina, vitamina B6, folato, proteína e triptofano.

O gergelim também auxilia no tratamento da hemorroida, do diabetes, na perda de peso, na prevenção do envelhecimento precoce, na manutenção de ossos saudáveis, além de melhorar a respiração, evitar a asma e ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares.

Pão com sementes: integral e sem conservantes

O tempo passou, mas a Pinheirense se mantém fiel às suas raízes e, sobretudo, à qualidade. E a clientela, também! Ao longo de seus 80 anos, a Pinheirense se tornou um desses raros exemplos em que a tradição do antigo se renova no frescor de cada fornada.

Aliados à produção artesanal, estão os grãos rigorosamente selecionados e ingredientes ricos em fibras e efeitos medicinais, como quinoa, semente de abóbora, semente de girassol, linhaça, castanha do Pará, castanha de caju, kümmel, gergelim, aveia, etc. 

Entre os nossos produtos está o Pão de forma integral com sementes – saboroso e muito saudável! Todos os nossos pães são isentos de conservantes.

Sanduíche natural: alternativa saudável ao fast-food

Feitos com pães integrais, carnes magras e vegetais frescos, os sanduíches naturais são uma opção saborosa para saciar a fome sem cair nas armadilhas dos fast-foods.  Um sanduíche feito com a carne branca de frango, por exemplo, pode oferecer inúmeros benefícios à saúde de seu corpo.

O frango não só é fonte de proteína magra, mas contém diversas vitaminas. Confira uma receita de sanduíche natural de frango com mistura verde, que, além de saborosa e nutritiva, é super fácil de fazer:

Ingredientes:

500 gramas de peito de frango cozido e desfiado;

1 pacote de pão de forma integral Pinheirense;

1 xícara de salsinha picada;

1 xícara de salsão picado;

1 xícara de aipo cortado;

2 xícaras de casca de melancia;

1 limão para temperar;

1 xícara de maionese light;

Modo de Preparo: Cozinhe o peito de frango, desfie e armazene em um refratário; lave a melancia, descasque-a e rale a casca com o auxilio de um ralador; leve as cascas ao fogo até a fervura e verifique se possuem maciez, nesse caso, retire do fogo; pique e corte todos os ingredientes e misture-os; acrescente a maionese e tempero com sal e limão a gosto; disponha o recheio sobre uma fatia do pão de forma integral Pinheirense e ponha a segunda fatia sobre o recheio; sirva o sanduíche em seguida.

Saúde da mulher: nutrientes essenciais

A menopausa é definida como o fim do ciclo menstrual mensal da mulher e costuma ser associada a sintomas como: oscilações dos níveis de estrogênio, que podem causar ondas de calor, sudorese noturna, insônia, secura vaginal, dificuldades de concentração, aumento de peso, dentre outros.

Confira os nutrientes que são essenciais nesse período da vida da mulher:

Vitamina E: Considerada útil para o alívio de ondas de calor, oferece alguma proteção cardíaca. Ingeridas duas vezes por dia teria uma eficácia levemente superior na redução das ondas de calor do que o placebo. Apesar de alguns alimentos, como nozes, amêndoas e sementes, gema de ovo e germe de trigo conterem vitamina E, seria necessária a ingestão de suplementos para alcançar doses terapêuticas.

Cálcio: Ajuda a prevenir o desenvolvimento da osteoporose. Boas fontes são leite e seus derivados, sardinha, amêndoa, brócolis e espinafre. Para absorver cálcio, o corpo necessita de vitamina D, que pode ser produzida pela pele através da exposição ao sol; fontes alimentares dessa vitamina são leite fortificado e margarina, ovos e óleos de peixe.

Magnésio: Combinado com cálcio, ajuda a manter a densidade óssea. Encontrado em grãos integrais, leite e derivados, tofu, nozes, sementes e legumes.

Fitoestrogênio: Ajuda a aliviar ondas de calor. Também previne doenças cardíacas e osteoporose. Alimentos ricos em fitoestrogênio são aqueles à base de soja, a linhaça, o grão-de-bico e vários legumes.

Pão tipo Sueco Light

Nutritivo e versátil, o Pão tipo Sueco cai bem em diferentes ocasiões e no preparo de diversos pratos- de canapés a sanduíches, tortas, torradas e outros pratos que a imaginação permitir.

A Pinheirense também fabrica, artesanalmente, o Pão tipo Sueco light, que assim como os demais pães, é isento de conservantes. Experimente!

Pão Sueco com queijo cotage

Pão Sueco e pasta de grão de bico

Receitas práticas e saborosas sempre são uma ótima pedida em diferentes ocasiões. Assim como os produtos da Pinheirense, a pasta de grão de bico é saudável e saborosa.

Ingredientes

Pão Sueco Pinheirense; 2 xícaras (chá) de grão-de-bico; 1/2 xícara (chá) de tahine (pasta de gergelim); 1/2 xícara (chá) de água gelada; suco de 1 limão; 2 dentes de alho amassados; sal, páprica doce e azeite a gosto.

Preparo

Na véspera, deixe o grão-de-bico de molho em água fria. No dia seguinte, coloque o grão de-bico em uma panela com a mesma água e deixe cozinhar até que fique bem macio. Escorra e reserve a água do cozimento.

Bata o grão-de-bico no liquidificador e vá adicionando a água do cozimento até formar uma pasta não muito grossa. Deixe esfriar completamente e reserve. Em uma tigela, misture o tahine, a água gelada, o suco de limão, o alho e o sal. Junte o grão-de-bico batido e polvilhe a páprica.

Regue com o azeite e sirva com o Pão Sueco Pinheirense.

Pinheirense: linha de pães suecos

Desde 1937, a Pinheirense produz, artesanalmente, pães integrais e isentos de conservantes, feitos com grãos rigorosamente selecionados e ingredientes ricos em fibras e efeitos medicinais.

O tempo passou, mas a marca permanece fiel às suas raízes e, sobretudo, à qualidade. E a clientela, também! Ao longo de seus 81 anos, a Pinheirense se tornou um desses raros exemplos em que a tradição do antigo se renova no frescor de cada fornada.

Além dos pães integrais de forma, temos a linha de pães tipo Sueco:

Pão Sueco tradicional

Pão Sueco com gergelim

Pão Sueco com linhaça

Pão Sueco com kummel

Pão Sueco light tradicional

Pão Sueco light de aveia

Saúde: benefícios do cogumelo shitake

O cogumelo shitake apresenta inúmeros benefícios à saúde. Por possuir grande quantidade de proteínas, substitui a carne vermelha, sendo um grande aliado do sistema imunológico, ajudando a prevenir doenças e infecções, além de auxiliar no fortalecimento dos ossos e dos músculos. Conheça os demais benefícios desse cogumelo:

- Rico em fibras que colaboram para a redução do açúcar do sangue, é um alimento bastante indicado para diabéticos;

- A sua abundância em ácido fólico e vitamina B9 é bastante notável. Uma porção do alimento ao dia supre a necessidade diária dessa vitamina tão importante para o bom funcionamento do sistema nervoso;

- A presença de uma substância chamada lentinana auxilia na manutenção do sistema imunológico do corpo, prevenindo e combatendo doenças e infecções;

- A lentinana também foi apontada como uma substância capaz de reduzir as chances de desenvolver câncer e, inclusive, combater células já cancerosas;

- A mesma substância, lentinana, é capaz de prevenir a trombose, pois impede a formação de coágulos que bloqueiam a circulação;

-Além de suas propriedades antitumorais e antiviral, o shiitake também estimula os glóbulos brancos e anticorpos do corpo;

- É comprovadamente um alimento que reduz o colesterol ruim do sangue;

- Possui grande quantidade de selênio, um mineral importantíssimo para a saúde dos vasos sanguíneos e da tireoide;

- Auxilia no controle da pressão arterial (para hipertensos) e reduz riscos de um acidente vascular cerebral (AVC);

- Uma porção do alimento fornece 70% das necessidades de cobre e 50% da ingestão diária de vitamina B5.

O ideal é ingerir, por dia, aproximadamente, de 75 a 100 g do alimento. 

Enxaqueca: os alimentos que desencadeiam e os que previnem a dor

Muitos alimentos, aditivos e outros componentes alimentares podem causar enxaquecas, mas os fatores desencadeantes variam muito de uma pessoa para outra. Confira as causas mais comuns:

- Queijos envelhecidos, creme de leite e alguns derivados do leite.

- Alimentos fermentados, como picles, molho e pastas.

- Chocolate.

- Miúdos e carnes salgadas, secas, curadas, defumadas ou que contenham nitritos.

- Sardinha, anchova e arenque em conserva.

- Álcool, especialmente vinho tinto;

- Temperos e aromatizantes, principalmente adoçantes artificiais.

- Sulfitos usados como conservantes de vinhos e frutas secas.

- Glutamato Monossódico (GMS).

O que comer:

-Cenoura, gengibre, maçã e kiwi: alimentos antioxidantes que ajudam no bloqueio da síntese de prostaglandinas (substâncias responsáveis pelos processos inflamatórios).

-Arroz, frutas, nozes, queijo branco, iogurte, verduras, pães integrais, grãos e cereais, leite desnatado e carnes e peixes magros: proporcionam bem-estar, porque são fontes de carboidratos e triptofano, que estimulam a liberação de serotonina.

-Peixes de água fria, como salmão e sardinha: são ricos em ômega-3, substância que ajuda a evitar inflamações que provocam dores.

-Castanha-do-pará e amêndoa: ricas em selênio, atuam no sistema nervoso central e ajudam a diminuir a intensidade das crises.

-Ovo, espinafre, escarola, agrião, couve: alimentos ricos em vitaminas do complexo B, que são antioxidantes e favorecem as funções cerebrais.

-Aveia, feijão, batata, ervilha, sementes e tomate: possuem magnésio, substância que costuma faltar no organismo de quem tem enxaqueca.

Ervas para alívio da enxaqueca:

Tome uma ou duas cápsulas de camomila (matricária) para reduzir episódios de dores de cabeça. Doses regulares de camomila reduzem a frequência e a intensidade de enxaquecas e da náusea que a acompanha. Comece devagar, porque a camomila pode provocar reações alérgicas. Se você não tiver efeitos colaterais, pode seguir a ingestão indefinidamente.

Motivos para consumir manteiga ghee

A preocupação cada vez maior com a saúde e com a procedência dos alimentos tem levado muitas pessoas a selecionar melhor tanto os produtos que consomem quanto a maneira como eles são preparados.

Tradicionalmente indiana, a manteiga ghee é produzida a partir do leite de vaca ou de búfala. Trata-se de uma manteiga pura, pois toda a água e os elementos sólidos e toxinas da gordura do leite e lactose são completamente removidos. Ghee é manteiga clarificada, o que significa que foi cozida para separar os sólidos de leite e a gordura do leite. A espuma no topo – que contém os alérgenos – é retirada.

O resultado é um óleo dourado, brilhante e transparente, que não fica rançoso. Esse é o ouro líquido que aparece nas antigas escrituras indianas, e que você poderá usar no preparo de todos os alimentos. Por não estragar facilmente, não precisa de refrigeração.

Motivos para consumir a manteiga ghee:

-  a ghee tem todo o sabor da manteiga, sem os alérgenos: ghee é feita de manteiga, mas os sólidos de leite e impurezas foram removidas.

- não contém lactose, sendo de fácil digestão, podendo ser consumida por intolerantes à lactose;

- não precisa ser armazenada na geladeira, pois tem uma grande durabilidade, embora fique líquida como óleo;

- é rica em vitaminas lipossolúveis: A, E, K e D;

- é uma gordura mais pura e ajuda a reduzir o colesterol e os triglicerídios;

- pode ser utilizada na preparação de refeições porque é estável em temperaturas elevadas;

- melhora o aparelho digestivo e estimula o sistema imunitário: rica em ácido butírico, um ácido gordo de cadeia curta. As bactérias intestinais benéficas convertem as fibras em ácido butírico e, em seguida, usam isso para dar energia e suporte à parede intestinal.

É importante lembrar que esses benefícios são obtidos a partir do consumo de pequenas quantidades de manteira ghee na dieta, que deve ser incluída em uma alimentação balanceada.

Como fazer a manteiga ghee em casa:

- Colocar a manteiga em uma panela, de preferência de vidro ou inox, e levar para o fogo médio até derreter e começar a ferver. Também pode-se usar o banho-maria;

- Com o auxílio de uma escumadeira ou colher, retire a espuma que irá se formar na superfície da manteiga, tentando não mexer na parte líquida. Todo o processo dura cerca de 30 a 40 minutos;

- Espere a manteiga esfriar um pouco e coe o líquido com uma peneira para retirar os sólidos que se formam no fundo da panela, pois eles são formados pela lactose.

- Coloque a manteiga em um frasco de vidro esterilizado e armazenar na geladeira no primeiro dia, para que ela fique com consistência dura. Em seguida, a manteiga pode ser armazenada em temperatura ambiente.

Para que a manteiga dure mais tempo, é importante armazená-la em um frasco de vidro que pode ser esterilizado colocando-o em água fervente por cerca de 10 minutos. Em seguida, deve-se deixa o frasco secar naturalmente sobre um pano limpo, com a boca virada para baixo para que não entre impurezas do ar no frasco. Após a secagem, deve-se tampar bem o frasco e utilizá-lo quando precisar.