Atum ou sardinha?

Atum ou sardinha, qual a opção mais saudável? Tanto na forma in-natura, quanto em conserva, ambos são opções deliciosas de peixe para quem gosta de se alimentar bem e com praticidade. Mas qual é a melhor opção?

No que concerne aos produtos em conserva, vale ressaltar que, além do peixe, água, óleo de soja e sal também estão contidos no produto. No caso do atum, algumas marcas apresentam ainda extrato vegetal em pó de soja, cenoura e batata, e, por isso, podem conter alguns gramas de carboidratos.

1. Cuidado com o Coração:
O excesso de colesterol deixa os vasos sanguíneos congestionados. Para afastar este risco a melhor opção é o atum
Atum………………………16 mg de colesterol
Sardinha………………….31 mg de colesterol

2. Sem Pressão:
Um dos responsáveis pela hipertensão é o sódio que está muito mais presente na sardinha. Fique com o atum.
Atum…………………….. 130 mg de sódio
Sardinha………………….274 mg de sódio

3. Vida longa aos Ossos:
Diferentemente do concorrente, a sardinha fornece doses extras de cálcio. Esse mineral protege da osteoporose.
Sardinha…………………..330 mg de cálcio
Atum……………………….4,2 mg de cálcio

4. Proteção-cabeça:
O Ômega 3 é um nutriente importante para o cérebro. Neste item, é a sardinha que vence a disputa apertada.
Sardinha………………….1g de Ômega 3
Atum……………………… 0,6g de Ômega 3

5. Energia a Mais:
No quesito disposição, quem sai na frente é a sardinha. Ela tem uma pitada de carboidrato.
Sardinha…………………1g de carboidrato
Atum…………………….. 0g de carboidrato

6. Sangue Bom:
Há uma boa diferença na dose de ferro nos dois alimentos. Se a impressão é barrar a anemia, prefira a sardinha.
Sardinha…………………..2,1 mg de ferro
Atum………………………. 0,7 mg de ferro

7. Controle a Balança:
Não quer ver o ponteiro subir? Então opte pelo atum. Ele é ligeiramente menos calórica.
Sardinha………….. ……..2,1 mg de ferro
Atum………………………. 0,7 mg de ferro

As quantidades aqui comparadas correspondem a 60 gramas de atum e de sardinha em conversa em óleo (3 colheres de sopa de cada um).

Sinais e sintomas de deficiência de Vitamina D

Aproximadamente 80% das pessoas que vivem em um ambiente urbano são carentes em vitamina D. Além de fundamental para a saúde dos ossos, essa substância também age no coração, cérebro e no mecanismo de proliferação e inibição das células. É eficaz no fortalecimento do sistema de defesa do organismo, auxiliando no combate de doenças, como diabetes, hipertensão, esclerose múltipla e doença de Crohn, pois tem o poder de modular o sistema imunológico.

Fatores de risco comuns para a deficiência de vitamina D:

  • Ter a pele escura e não passar um tempo bom sob o sol.
  • Estar acima do peso ou obeso.
  • Viver longe do equador, onde há pouco sol durante o ano.
  • Sempre usar protetor solar quando sair (sim, protetor solar interfere na síntese de Vitamina D).
  • Passar a maior parte do tempo dentro de ambientes fechados.

Sinais e sintomas de deficiência de Vitamina D

-ficar doente ou contrair infecções com frequência;

- fadiga e cansaço;

- dor nos ossos e nas costas;

- depressão;

- dificuldades de cicatrização;

- perda óssea;

- perda de cabelo;

- dor muscular.

Como obter a Vitamina D

Para evitar a carência da substância é importante tomar de 15 a 20 minutos de sol ao dia. Braços e pernas devem estar expostos, pois a quantidade de vitamina D que será absorvida é proporcional à quantidade de pele exposta.

Todos os alimentos fontes de vitamina D são de origem animal porque as fontes vegetais não conseguem sintetizar a vitamina da maneira como os alimentos provenientes de animais. Até mesmo o salmão, alimento com as maiores quantidades da substância, apresenta somente 6,85% das necessidades diária de vitamina D em uma porção de 100 gramas. Sendo assim, tomar sol é fundamental para evitar a carência do nutriente.

Os suplementos de vitamina D podem ser utilizados em casos de constatação de carência da substância ou no tratamento de algumas doenças. A falta do nutriente é constatada após exame de sangue.

 

Propriedades medicinais da cúrcuma

A cúrcuma, também conhecida como açafrão-da-Índia, açafroa, cúrcuma longa, gengibre amarelo, raiz de sol e turmerico, é uma planta herbácea da família do gengibre, originária da Ásia. Por possuir compostos com propriedades medicinais, oferece diversos benefícios à saúde. A curcumina é o ingrediente ativo principal da cúrcuma, e tem efeitos anti-inflamatórios, além de ser um antioxidante muito forte. 

Por ser um poderoso anti-inflamatório, é muito efetiva para o tratamento de doenças inflamatórias como artrites, tendinites e machucados em geral. A planta também é um excelente purificador do sangue, ajudando a controlar o colesterol. Os chineses a usam nos seus tratamentos medicinais há mais de quatro mil anos e seu consumo é bastante seguro.

A maioria dos estudos sobre o açafrão mostra que seus benefícios à saúde ocorrem quando se consome uma dosagem superior a um grama por dia intercalado com as refeições. No entanto, é muito difícil chegar a este nível de consumo usando-o apenas como tempero dos alimentos.

Para obter seus efeitos completos, é preciso tomar um extrato que contenha quantidades significativas de curcumina. Já a absorção da mesma nos intestinos é potencializada ao ser consumida com pimenta do reino, gengibre ou azeite.

Pesquisas mostraram que o consumo diário de duas a três gramas de cúrcuma por um período de dois meses curou úlceras estomacais em até 75 por cento dos pacientes tratados.

Entre os principais benefícios da cúrcuma à saúde destacam-se:

- É um composto anti-inflamatório natural;

- aumenta drasticamente a capacidade antioxidante do organismo;

- reduz o risco de doença cardíaca;

- diminui os níveis de colesterol no organismo;

- melhora a função cerebral e diminui o risco de mal de Alzheimer;

- ajuda a prevenir e até mesmo a tratar alguns tipos de câncer;

- pacientes com artrite respondem muito bem à suplementação com curcumina;

- age na prevenção ao diabetes.

Sugestões de consumo: 

– Adicione cúrcuma ao ovo cozido da salada para dar-lhe uma cor amarela mais apetitosa;

– Misture o arroz integral com passas e castanha de caju e tempere com açafrão, cominho e coentro;

– Adicione a especiaria diretamente à couve-flor cozida no vapor, ou ainda faça um molho cremoso para acompanha-la adicionando açafrão e cebola seca a um pouco maionese, sal e pimenta.

– Cúrcuma é um ótimo tempero para incrementar as receitas que levam lentilhas.

– Dê aos molhos para salada um tom amarelo-alaranjado, adicionando um pouco de pó de açafrão a eles.

Pinheirense: Pão Sueco com gergelim

Assim como os demais produtos da Pinheirense,  o Pão tipo Sueco com Gergelim é integral, artesanal e isento de conservantes. Os muitos benefícios da semente de gergelim para a saúde derivam de seu teor nutricional, incluindo vitaminas, minerais, óleos naturais, e compostos orgânicos que consistem em cálcio, ferro, magnésio, fósforo, manganês, cobre, zinco, fibra, tiamina, vitamina B6, folato, proteína e triptofano.

O gergelim também auxilia no tratamento da hemorroida, do diabetes, na perda de peso, na prevenção do envelhecimento precoce, na manutenção de ossos saudáveis, além de melhorar a respiração, evitar a asma e ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares.

Dieta: erros comuns ao tentar cortar carboidratos

Uma dieta pobre em carboidratos densos – arroz, massas, farinha, biscoito, bolo, pães, etc- pode ser uma maneira eficaz de se perder peso e beneficiar a saúde. Contudo, muitas pessoas naufragam em uma dieta assim e não conseguem atingir seu objetivo: Por quê?

Cortar completamente as fontes desse nutriente: Ao cortar completamente as fontes de carboidrato, a pessoa se sente cansada, lenta e irritada. Além disso, uma dieta muito radical aumenta a vontade de atacar a primeira guloseima que aparece. 

Não ingerir os carboidratos certos: Nem todos os carboidratos são iguais: existem os simples e os complexos. Os primeiros são absorvidos rapidamente pelo organismo e estão presentes, por exemplo, no pão branco, em biscoitos e em bebidas açucaradas. Já os complexos – mais indicados para quem deseja emagrecer – estão nos alimentos integrais, como nos pães Pinheirense, e em vegetais como a batata-doce e a mandioca, e são digeridos mais devagar por conterem fibras. O resultado disso é mais saciedade.

Não controlar as porções: Nem sempre um alimento com baixa quantidade de carboidratos possui poucas calorias. Estar maneirando no arroz, no macarrão, no pão e na batata, por exemplo, não significa que você pode exagerar no consumo de outros alimentos. Por exemplo: carnes magras, frutas e legumes também podem prejudicar a sua dieta se forem ingeridos em excesso. Observar o tamanho da porção é muito importante quando se trata da perda de peso.

 

Benefícios da clara de ovo

A clara de ovo é composta por 90% de água e 10% de proteínas. Cerca de 55% das proteínas da clara de ovo são formados pela albumina, que é considerada uma proteína de alto valor biológico (ou seja, é muito bem aproveitada pelo organismo), e que tem papel fundamental na reconstrução das fibras musculares. Confira os demais nutrientes:

-Selênio: uma única clara contém 9% das necessidades diárias;

-Potássio (2%);

-Magnésio (1%);

-Riboflavina (vitamina B2): 9% das necessidades diárias;

-Ácido pantotênico (B5): 1%;

-Colina;

-Betaína;

-Folato.

A clara de ovo é uma fonte de proteína barata, com teor quase zero de gordura e atua na reparação, manutenção e desenvolvimento da massa muscular. Além disso, por impulsionar a produção de colágeno no organismo, ela minimiza a flacidez da pele. O alto teor de proteínas da clara aumenta a saciedade e permite um consumo menor de calorias durante a refeição e ao longo do dia.

As claras também são uma alternativa saudável para quem adora ovo, mas está preocupado com os níveis de gordura da dieta.

Pão Sueco com patê de atum

O Pão Sueco Pinheirense é artesanal, integral e isento de conservantes e outros produtos químicos. Além de saboroso, é versátil, acompanhando diferentes pratos e receitas, em ocasiões diversas.

Experimente combinar o pão sueco Pinheirense com patê de atum – fonte de proteínas, ômega 3 e selênio. Confira a receita:

Patê de atum: 

Ingredientes: 1 lata de atum sólido em água; 2 colheres de sopa de maionese light; 1/2 cebola pequena; 5 azeitonas verdes; 1 colher de sopa de cebolinha picada; 1 colher de sopa de cheiro verde picado; 1 fio de azeite.

Preparo: 

Pique a cebola em pedaços bem pequenos. Fatie as azeitonas. Em uma tigela, misture todos os ingredientes, tomando cuidado pra deixar o atum com pedacinhos. Guarde na geladeira por no máximo 3 dias.

Estratégias para consumir mais frutas

Saborosas, fáceis de digerir, fontes de energia e ricas em vitaminas e minerais, as frutas são essenciais para todas a pessoas que buscam qualidade de vida. As cítricas, que apresentam altas quantidades de vitamina C e conseguem neutralizar os radicais livres, auxiliam, ainda, na produção de colágeno, mantendo a pele firme. As frutas vermelhas também ajudam a retardar o envelhecimento da pele, pois contêm antocianina e ácido elágico, substâncias que evitam a formação de rugas.

Apesar de todos os benefícios que as frutas proporcionam, muita pessoas ainda têm dificuldades de incluir esses alimentos em sua dieta diária. Confira dez estratégias para consumir mais frutas:

1- No café da manhã, coma seu cereal com banana, kiwi e frutas silvestres fatiadas ou frutas secas como passas ou damascos, e beba um pequeno copo de suco.

2- Recheie um melão cantaloupe com queijo cottage desnatado.

3- Leve para o trabalho, como lanche, porções individuais de frutas sem açúcar.

4- Coloque na pasta, bolsa, mochila ou porta-luvas frutas fáceis de carregar, como maçãs, peras, bananas, tangerinas ou frutas secas.

5- Faça uma vitamina com iogurte, leite ou bebida à base de soja misturada com uma variedade de frutas silvestres frescas ou congeladas.

6- Misture um prato de iogurte desnatado com frutas.

7- Adicione uma xícara (250 ml) de frutas silvestres frescas ou congeladas à massa de panqueca. Recheie as panquecas com maçã cozida ou compota de ruibarbo.

8- Nos restaurantes, peça frutas como entrada ou sobremesa.

9- Não jogue fora bananas maduras demais. Descasque e congele e use para fazer pão de bana ou muffins.

10- Adicione fatias de frutas como maçãs, peras e tangerinas a saladas verdes.

Outono 2018: frutas da estação

O outono, conhecido como a estação das frutas, começa no dia 20 de março, às 13h15, pelo horário de Brasília, e se estende até o dia 21 de junho. Saber escolher os alimentos da época é a melhor opção para a saúde e o bolso. Confira algumas frutas típicas dessa estação do ano e seus respectivos benefícios para a saúde:

Abacate:

Rico em óleo monoinsaturado, a mesma gordura “amiga” do coração encontrada no azeite de oliva, possui mais fibras solúveis do que qualquer outra fruta;

- O abacate é repleto de um fitosterol chamado betasitosterol, que previne a absorção do colesterol pelo intestino;

- Essa fruta tem mais proteínas do que qualquer outra – aproximadamente 2 g em uma porção de 115 g;

- A metade de um abacate médio, cerca de 115 g, fornece 500 mg de potássio e mais de 26% da Ingestão Diária Recomendada (IDR) de ácido fólico. Também apresenta quase 6% da IDR de ferro, vitaminas C, E e B6.

Banana:

- Uma banana média contém aproximadamente 500 mg de potássio, mineral que auxilia na diminuição da pressão arterial;

- A banana contém o aminoácido triptofano, que estimula a produção de serotonina, um neurotransmissor que produz um efeito calmante no corpo;

- É uma fonte rica de vitamina B6. Uma banana média supre 45% da Ingestão Diária Recomendada (IDR). Apresenta 2 g de fibras, algumas das quais são solúveis, ajudando na redução dos níveis de colesterol no sangue;

- Rica em ácido fólico e fibras.

Coco:

- boa fonte de ferro e de fibras;

- Rico em ácidos graxos fáceis de digerir;

- O coco está presente em diversos produtos alimentícios e não-alimentícios. O óleo é usado na gordura vegetal, em cremes que não são à base de leite, em algumas margarinas e em diversos produtos industrializados. É também matéria-prima presente na fabricação de xampus, hidratantes, sabonetes e diversos outros cosméticos;

- A água de coco é rica em vitaminas, minerais, aminoácidos, carboidratos, antioxidantes, enzimas e outros fitonutrientes que ajudam o corpo a funcionar com mais eficiência. Seu conteúdo eletrolítico (mineral iônico) é um excelente reidratante oral.

Pera:

- Boa fonte de fibras;

- Contém vitamina C e ácido fólico;

- Uma pera média possui cerca de 100 calorias e fornece 5 g de fibras. Tais fibras são a pectina, fibra solúvel que ajuda no controle dos níveis de colesterol do sangue, e a celulose, fibra insolúvel que promove o bom funcionamento do intestino;

- Essa fruta ainda apresenta quantidades úteis de vitamina C, ácido fólico e potássio;

- A pera pode ser um lanche ou uma sobremesa ideal, e ainda é usada como acompanhamento doce ou picante de um prato. É saborosa tanto fresca quanto cozida, escaldada ou sautée.

Abacate combate a insônia

Uma das melhores maneiras de combater a insônia é através de uma alimentação saudável, visto que alguns alimentos apresentam os nutrientes necessários para a redução dos níveis dos hormônios ligados ao estresse, como o cortisol.

O magnésio, por exemplo, atua como relaxante muscular, assim como a vitamina B3, uma das responsáveis pela produção de melatonina e serotonina. O triptofano ajuda na diminuição do cortisol e aumento da serotonina, combatendo a ansiedade e a compulsão alimentar. O potássio também é um nutriente ideal para impulsionar o sono.

Entre os alimentos que ajudam a regular o sono, o abacate é um dos destaques, pois é rico em Beta sitosterol, importante modulador do hormônio do estresse (cortisol), responsável pela insônia. Essa fruta também é fonte de folato, vitamina A e potássio. Possui, ainda, quantidades úteis de ferro, magnésio e vitaminas C, E e B6.

Você pode consumir duas colheres (chá) da fruta pura (sem açúcar ou adoçante) todos os dias antes de se deitar. Se quiser, também pode experimentar a receita de creme de abacate com cacau, que, além de saborosa, é leve e ajuda a relaxar:

Ingredientes: 3 colheres (sopa) de abacate bem maduro; 1 colher (sopa) de cacau em pó sem açúcar; 1 colher (café) de mel. Acrescente castanhas. Fica uma delícia!

Preparo: bata todos os ingredientes no liquidificador até virar um creme.