Caviar de berinjela e Pão Sueco

Precisando de inspiração para o menu do final de semana? O caviar de berinjela servido com o Pão Sueco Pinheirense é uma ótima opção – saudável, saborosa e fácil de fazer! A berinjela previne o câncer, faz bem para o coração, para o cérebro, para a pele; rica em fibra alimentar é sempre benéfica para a digestão, ajudando a aliviar a prisão de ventre, além de limpar o trato intestinal.

Rende 20 porções

Ingredientes:

2 berinjelas;

1 dente de alho picadinho;

limão siciliano (somente o suco);

2 colheres de azeite;

1 colher de sopa de iogurte Grego;

Sal e pimenta cayenne;

20 folhas de menta;

1 colher de chá de páprica;

Pão Sueco Pinheirense.

Preparo: Com um garfo, fure várias vezes as berinjelas e coloque-as no forno, até que seu interior fique macio. Espere esfriar e, em seguida, retire sua polpa. Tente tirar o máximo de líquido, espremendo com as mãos; coloque a berinjela, o alho, limão, azeite e o iogurte no processador, até que se obtenha um patê. Adicione sal e pimenta a gosto. Decore com a menta e a páprica e sirva com o Pão tipo Sueco Pinheirense.

Como limpar pisos de madeira

Limpar o piso de madeira com chá de ervas? Sim, desde que este seja combinado com mais alguns ingredientes. Os ácidos de tanino presentes em algumas ervas – nesse caso, a hortelã – acabam com a sujeira sem danificar o acabamento do piso. Torça o esfregão várias vezes ao limpar, pois se o piso ficar muito molhado, a tábua do assoalho pode deformar.

Para fazer um chá de hortelã forte e concentrado, use 6 saquinhos de chá para 1 litro de água e deixe em infusão por 2 a 3 horas, pelo menos.

- 1 litro de água

- 6 saquinhos de chá de hortelã

- 1 litro de vinagre branco

- 2 colheres de sopa de óleo mineral para bebês

- 1 colher de chá de detergente

- Em uma panela grande, ferva 1 litro de água, tire a panela do fogo e adicione 6 saquinhos de chá de hortelã. Deixe em infusão durante 2 horas.

- Despeje o chá em um balde e adicione o vinagre, o óleo mineral e o detergente. Misture com uma colher grande

- Mergulhe um esfregão limpo na solução, esprema ou torça-o e comece a esfregar.

Receitas para celebrar início da Primavera

Muitas flores de jardim, além de comestíveis, são uma contribuição atraente e colorida para saladas, diferentes pratos e pudins. Colha-as frescas para uso imediato. Um alerta: nunca use flores que tenham sido borrifadas com qualquer espécie de pesticida. Evite plantas tóxicas como azaleias, narcisos, crisântemos, hortênsias, lírios-do-vale, oleandros, rododendros e ervilhas-de-cheiro. Selecionamos duas receitas que são a “cara” da Primavera.

Receita de folhas com flores comestíveis ao molho de mel.

Ingredientes: 1 unidade de endivia; 1 unidade de radicchio; 1 unidade de alface americana; 1 unidade de broto de alfafa; 1 unidade caixa de amor perfeito orgânico

Para o Molho:

1/2 xícara de vinagre branco; 3 colheres de sopa de mel; sal; semente de papoula para salpicar sobre a salada.

Modo de preparo ( molho): bater bem os ingredientes. Salpicar as sementes de papoula sobre a salada.

Dica: Sirva com o Pão tipo Sueco Pinheirense

Sanduíche Romano:

Ingredientes:

-1/2 colher(es) de sopa de café solúvel

-1 colher(es) de sopa de água

-4 colher(es) de sopa de cream cheese

-8 fatia(s) de pão integral Pinheirense ou Pão tipo Sueco

-200 grama(s) de queijo prato fatiado

-200 grama(s) de lombo condimentado fatiado

-8 folha(s) de alface-romana picadas

-1 beterraba média ralada

Preparo: Dissolva o café na água e misture o cream cheese. Espalhe a mistura de cream cheese e café em metade das fatias de pão. Depois, distribua o queijo, o lombo, a alface e a beterraba nas fatias. Feche os sanduíches com as outras quatro fatias e sirva a seguir.

Primavera 2017: o poder das flores

Durante milhões de anos, as plantas reagiram e se adaptaram a incontáveis habitats, resultando na impressionante diversidade atual de espécies. As plantas exibem uma variedade surpreendente de poderes, da capacidade de absorver energia da luz solar a uma aptidão para explorar outras formas de vida.

As flores têm um objetivo: a reprodução. Elas são os órgãos sexuais das plantas, produzindo pólen (que contém células sexuais masculinas) e óvulos (células sexuais femininas). As sementes são a “prole”.

Embora a reprodução vegetativa seja bem-sucedida para muitas plantas, ela tem uma grande desvantagem: todas as plantas têm a mesma constituição genética. A reprodução sexuada permite que uma planta troque genes com outra da mesma espécie, levando à variação genética.

Por estarem enraizadas no solo, juntar as células sexuais femininas e masculinas é um problema, e AS FLORES SÃO A SOLUÇÃO. Durante milhões de anos, uma enorme diversidade de formas e cores de flores se desenvolveu com o objetivo de se aproveitarem de polinizadores específicos, como vento, insetos, pássaros, pequenos mamíferos ou lagartos.

Patê de frango e Pão Pinheirense

A combinação patê de frango com cenoura e milho verde e pão pinheirense resulta em um sanduíche natural nutritivo e muito saboroso. Afinal, nossos produtos são integrais, artesanais e isentos de conservantes e outros produtos químicos, além de apresentarem combinações variadas de sementes. Saiba como preparar o seu:

Ingredientes:

Pão Pinheirense de forma Integral;

1 xícara (chá) de peito de frango cozido e desfiado; 

1 cenoura média ralada; 

1 xícara (chá) de maionese light; 

1/2 xícara (chá) de milho verde em conserva;

sal a gosto;

salsinha picadinha.

Preparo: Numa travessa, basta misturar tudo e, em seguida, deixar na geladeira por uma hora.

Óleo de rícino para a pele e os cabelos

O óleo de rícino é extraído das sementes de mamona, planta muito comum e abundante no Brasil, e é utilizado para fins industriais, medicinais e até mesmo para fins estéticos – no tratamento da pele e dos cabelos.

Além de tratar a acne e a oleosidade, o óleo de rícino é um hidratante natural, que também combate o envelhecimento precoce da pele.  O produto é interessante para a pele oleosa por ser pouco comedogênico, ou seja, não causa acnes ou lesões na pele. Ele também tem um efeito adstringente, reduzindo a proliferação bacteriana, uma das causas da acne. Ele faz tudo isso promovendo a hidratação necessária para que esta pele fique saudável.

O óleo de rícino também tem uma ação cicatrizante potente, devido principalmente à presença da vitamina E. Por isso, ele pode ser um aliado de pessoas com estrias recentes (aquelas com aspecto avermelhado).

Sua capacidade de cicatrização aliada à hidratação natural o tornam um bom cosmético pós-sol, principalmente após queimaduras solares, mas sempre misturado a algum creme e nunca diretamente na pele. Uma dica interessante para hidratar a pele: use uma colher de sopa de óleo de rícino com uma colher de óleo de coco. Misture todos os ingrediente e aplique pelo corpo. Deixe agir por meia hora antes de enxaguar.

Benefícios do óleo de rícino para os cabelos:

Massagear o óleo no couro cabeludo pode resultar em crescimento extra do cabelo. Este óleo quente apresenta a capacidade de melhorar a circulação. Ele deve ser aplicado da mesma forma que é aplicado na pele para infecções fúngicas, massageando o couro cabeludo. Confira os demais benefícios:

  • Fortalece os fios
  • Combate a queda dos cabelos
  • Combate a quebra do fios
  • Contém vitamina E, minerais e vitaminas que auxiliam no crescimento
  • Ativa a circulação no couro cabeludo
  • Contém propriedades anti-bacterianas e anti-fúngicas
  • Trata pele seca e coceira no couro cabeludo
  • Ajuda no tratamento de calvície e alopécia
  • Diminui caspas (usando na raiz)
  • Hidrata e recupera os fios profundamente
  • Encorpa os fios
  • Sela as cutículas da fibra capilar dando brilho
  • Ajuda manter a hidratação dentro dos fios (sela)

Benefícios da argila para a pele

Em meio a tantos tratamentos estéticos custosos, existem produtos naturais incríveis, de baixo custo, que proporcionam benefícios não somente ao corpo e a estética, mas para a saúde como um todo. É o caso da argila, que vem da degradação de rochas em minerais muito pequenos, podendo variar em composição com índices diferentes de titânio, magnésio, cobre, zinco, alumínio, cálcio, potássio, níquel, manganês, lítio, sódio e ferro.

Os diferentes tipos de argila são capazes de rejuvenescer a pele, além de fornecer nutrientes importantes para o rosto e o corpo através de seus sais minerais. Multifuncionais, elas também estimulam a renovação celular e podem, ainda, clarear algumas manchinhas da pele. Cada tipo de argila varia em coloração e composição mineral, sendo especificamente indicadas para diferentes tipos de pele, organismo e problema a ser tratado. 

Argila verde - é indicada para peles oleosas e com acne. Tem ação adstringente, tonificante, estimulante, secativa, bactericida, analgésica e cicatrizante se aplicada como máscara facial no tratamento de beleza.
Argila branca - é recomendada para peles sensíveis e desidratadas. Contém o maior percentual em alumínio e seu pH é muito próximo ao da pele. Seus benefícios são: clarear, absorver a oleosidade da pele sem desidratar, ação suavizante e cicatrizante.
Argila vermelha - é indicada para peles mais sensíveis e rosadas. Tem grande capacidade de absorver oleosidade e renovar a estrutura das células, deixando o rosto, corpo e até os cabelos mais bonitos e saudáveis.
Argila rosa - é a mistura da argila branca com a vermelha. Por ser mais suave, a argila rosa é indicada para as peles sensíveis e delicadas. Ela possui ação desinfetante, cicatrizante e suavizante.
Argila cinza - é usada em peles oleosas e com manchas. Devido ao titânio presente em sua composição, combate espinhas, cravos e é um excelente esfoliante. A argila cinza é antioxidante natural, retardando o envelhecimento da pele.
Argila preta  - é a mais nobre de todas, pode ser encontrada também como lama vulcânica. Tem ação anti-inflamatória, antiartrítica, absorvente e antiestresse. É um excelente agente rejuvenescedor.
Argila dourada ou amarela - é rica em silício; tem ação tonificante é indicada para peles maduras e cansadas.
Argila marrom- é uma argila rara devido a sua pureza. Eficaz contra acne, tem efeito rejuvenescedor do tecido.

Creme de framboesa e Pão Sueco

Além de saborosa, a framboesa é uma excelente fonte de vitamina C, rica em fibras e com poucas calorias. Contém boas quantidades de ácido fólico, ferro e potássio, além de fornecer bioflavonoides- antioxidantes capazes de reagir com muitos radicais livres, formando compostos estáveis e retardando o envelhecimento das células. Pode-se mencionar também as ações anti-inflamatória, vasodilatadora, analgésica e anticancerígena. 

E que tal preparar um creme de framboesa delicioso e fácil de fazer? Cai super bem com o pão tipo sueco da Pinheirense – artesanal, integral e isento de conservantes.

Ingredientes:

125 ml de geleia de framboesa orgânica;

125 ml de creme de leite light;

20 framboesas;

pão Sueco Pinheirense.

Bata o creme de leite até que se obtenha consistência firme. Adicione uma colher de chá do creme e outra de geleia ao pão sueco Pinheirense. Você pode decorar com uma framboesa no topo.

 

Pinheirense comemora 80 anos!

Em 1937, surgia a Pinheirense, empresa paulistana fundada por talentosos imigrantes europeus que encontraram no Brasil a oportunidade de lançar a seleta receita preservada até os dias de hoje. Há 80 anos é mantida viva a tradição artesanal que garante a qualidade e sabor inconfundíveis de seus produtos.

O sucesso e longevidade comprovam o diferencial dessa empresa familiar, preocupada em conceber produtos saborosos e saudáveis, livres de conservantes e produtos químicos.

Aliados à produção artesanal, estão os grãos rigorosamente selecionados e ingredientes ricos em fibras e efeitos medicinais, como linhaça, castanha do Pará, kümmel, gergelim, dentre outros.

O tempo passou, mas a marca permanece fiel às suas raízes e, sobretudo, à qualidade. Ao longo de seus 80 anos, a Pinheirense se tornou um desses raros exemplos em que a tradição do antigo se renova no frescor de cada fornada.

Hambúrguer de cogumelos com cevada

Inspirada na sopa de cogumelos e cevada, esta receita é simples e repleta de sabor. São usados portobello e shitake, mas você pode usar apenas um deles. A combinação de cogumelos e cevada rende um hambúrguer com ótima consistência e saborosíssimo. Caso queira deixar seu hambúrguer ainda mais saudável, opte pelo pão de forma integral Pinheirense – artesanal, isento de conservantes e igualmente saboroso!

Rende: 4 hambúrgueres médios
Tempo de preparo: 30 minutos

Ingredientes:

1 batata pequena sem casca cortada em pedaços de 1 cm
6 cogumelos portobello médios
12 champignons graúdos
10 cogumelos shitake médios
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
½ colher (chá) de tomilho seco
2 colheres (sopa) de vinagre balsâmico
1 xícara de cevada cozida
½ colher (chá) de sal
¼ de colher (chá) de pimenta-do-reino moída na hora

Preparo:

1. Cozinhe a batata até ficar macia e amasse-a em seguida.
2. Corte os talos dos portobello, limpe os chapéus com uma escova macia ou papel-toalha e corte em lâminas de 1 cm. Corte os champignons e os shitake em lâminas finas.
3. Pré-aqueça o forno a 190 °C.
4. Em uma frigideira com fundo grosso, aqueça 1 colher (sopa) de azeite em fogo médio. Refogue o portobello e o tomilho por 6-8 minutos ou até soltar líquido. Junte os outros cogumelos e cozinhe por 10 minutos ou até que o líquido tenha secado. Acrescente o vinagre balsâmico e raspe o fundo da frigideira com uma colher de pau.
5. Transfira para o processador e pulse até obter uma massa granulada. Se preferir, pique muito bem à mão. Junte a batata, a cevada, o sal e a pimenta-do-reino, pulse, somente para homogeneizar a massa, e modele os hambúrgueres.
6. Em uma frigideira grande que possa ir ao forno, aqueça o restante do azeite em fogo médio-alto. Frite os hambúrgueres por 6-10 minutos ao todo ou até tostar dos dois lados. Leve a frigideira ao forno e asse por 12-15 minutos ou até o ponto desejado.