Pasta de abacate com atum

Que tal incluir o abacate na sua dieta diária? As gorduras presentes nesse alimento, apesar de calóricas, são de origem monoinsaturadas, ou seja,  não apresentam riscos à saúde. O ácido oleico, responsável por grande parte dos benefícios dessa fruta, aumenta a sensação de saciedade, além de diminuir a carga glicêmica da refeição e reduzir a inflamação nas células, resultando em menos gordura no corpo.

Como se não bastasse, ainda auxilia na hidratação da pele e dos cabelos, melhora a circulação sanguínea, ajuda a controlar o colesterol, melhora o rendimento do treino, e previne doenças cardíacas e o câncer. Ufa! O ideal é consumir, por dia, 100 g de abacate.

Selecionamos uma receita simples, saborosa e que, de quebra, ainda cai super bem com os Pães Pinheirense, tanto os de forma integrais quanto os tipo Sueco ( pra quem não sabe, nossos pães são integrais, artesanais e isentos de conservantes. Feitos com muito amor! :) ).

Receita de pasta de abacate com atum:

Ingredientes: 

1/2 abacate
1/2 lata de atum
1/2 cebola picadinha
1/2 tomate picadinho
1 colher de chá de suco de limão
Salsa picadinha
Azeite, sal e pimenta para temperar

Como fazer: Amasse o abacate com um garfo e misture todos os demais ingredientes. Sirva com folhas verdes e com os Pães Pinheirense.

Proteja seu fígado

Mesmo se apenas um quarto do fígado estiver saudável o suficiente para desempenhar seu papel, nosso corpo pode funcionar normalmente. Diferentemente de outros órgãos, mesmo depois de lesões graves, o fígado é capaz de se regenerar. Contudo, se ficar seriamente comprometido ou for submetido a excessos, o resultado pode ser fatal.

Doenças do fígado são comuns, mas os especialistas acreditam que podem ser prevenidas, quando é dada a devida atenção à alimentação e à higiene. As doenças mais comuns são a hepatite, a cirrose e o câncer. O risco de câncer de fígado é maior para as pessoas com cirrose ou com determinados tipos de hepatite virótica.

Todavia, o mais comum é o fígado ser afetado por tipos de câncer secundários (metastáticos) espalhados por outros órgãos. Muitas vezes, os sintomas não se manifestam até a doença estar em estágio avançado. O sintoma mais facilmente identificável é a icterícia, o amarelamento da pele e dos olhos causado pelo acúmulo de pigmentos da bile ( bilirrubina) na pele.

Proteja o seu fígado:

Faça refeições pequenas e frequentes: A alimentação de uma pessoa que está se recuperando de uma doença do fígado não deve sobrecarregar o órgão. Comidas gordurosas e de difícil digestão não são uma boa opção. Em geral, pessoas que sofrem do fígado não têm muito apetite e preferem fazer lanches pequenos e nutritivos no lugar de uma refeição principal completa.

A Pinheirense produz os pães de forma integral e tipo sueco com linhaça. Esta semente é um dos alimentos que ajuda a proteger o fígado, além de trazer outros inúmeros benefícios à saúde.

Os ácidos graxos ômega-3 parecem facilitar o processamento de gorduras no fígado. Uma alimentação rica nesses nutrientes reduz a taxa de triglicerídeos que o fígado produz, beneficiando pessoas com problemas circulatórios ou de coração. Os ácidos graxos são encontrados no salmão e em outros peixes gordurosos, nas nozes, nos grãos de soja e integrais, na semente de linhaça e no óleo de canola.

Alimentos que regeneram o fígado: O enxofre, presente principalmente em vegetais mais escuros, como a couve, o brócolis e o agrião. Um sumo de agrião e couve pode ser tomado duas vezes ao dia e tem efeitos surpreendentes. Aminoácidos como a leucina, encontrado em carnes magras, por exemplo, ou a cisteína da lentilha, do feijão branco e do grão-de-bico, também fortalecem as enzimas que limpam o organismo e ajudam a regenerar o fígado.

A fruta também tem um potencial anti-inflamatório, e alimentos de coloração arroxeada, como couve roxa ou beterraba, contribuem igualmente para que o fígado fique mais limpo. Alimentos como a rúcula, almeirão, mostarda e agrião são desintoxicantes. A substância também está presente nos seguintes chás: chapéu de couro, carqueja e boldo. A canela tem a capacidade de acelerar o metabolismo e reduzir o açúcar no sangue.

Descongestionantes naturais

Este é um descongestionante caseiro que vai ajudar a expelir os alérgenos de suas vias nasais. A solução isosmótica equipara-se à concentração de sal encontrada no corpo humano, tornando-a suave, mas eficaz.

Água salgada para parar de fungar: este remédio funciona melhor à temperatura ambiente. Jogue fora a solução restante depois de dois dias.

- 1 litro de água; 1 colher (sopa) de chá de camomila; 2 colheres (chá) de sal.

Encha uma panela média com água, acrescente o chá e o sal e ferva tudo em fogo baixo;

Mexa até dissolver o sal e deixe esfriar à temperatura ambiente;

Coloque a solução em um recipiente vazio para borrifar as narinas. Faça isso duas vezes no interior de uma narina, sempre que necessário, enquanto mantém a outra fechada.

Chá antialérgico: Esmague 2 a 3 colheres de chá de flores de camomila alemã, despeje 240 ml de água fervente, deixe descansar por 10 minutos, coe e beba de três a quatro vezes ao dia. Cuidado: embora a camomila seja uma erva tradicional no combate à febre, ela pode agravar os sintomas de qualquer pessoa alérgica à tasna, também conhecida como erva-de-santiago, uma prima da camomila. Para as demais pessoas, o azuleno contido na camomila contém propriedades anti-inflamatórias, o que tem levado os médicos de todo o mundo a prescrever preparados à base dessa planta para as infecções do trato respiratório e alergias.

Urtiga e rinite: se você conseguir urtiga fresca ( é uma erva daninha comum em jardins), use luvas quando a colher e ao lavar as folhas. Adicione 120 g da folha a 6 xícaras de água fervente, reduza o fogo e cozinhe até a água ficar verde. Coe o líquido em peneira fina para um bule de chá grande. Em épocas de rinite alérgica, beba uma xícara do chá de urtiga pela manhã e outra à tarde. Adoce com mel, se desejar.

Bruxismo: causas e sintomas

Geralmente, o bruxismo está relacionado a fatores psicológicos, como o alto nível de tensão emocional, que acaba gerando ou intensificando o ranger e o apertar dos dentes. Tal comportamento pode causar desgastes dentários exagerados, mobilidade dental e perda de estrutura óssea alveolar, responsável por manter os dentes em posição normal dentro do arco dentários. Em casos extremos, o bruxismo pode provocar perda prematura dos dentes.

Na maioria dos casos, a perda do controle de tais hábitos parafuncionais é notada por pessoas próximas, que ouvem o ruído à noite ou observam alguma anormalidade na fala do indivíduo. Nesse caso, é bom procurar um dentista, que irá produzir uma peça muito simples para uso interno, removível, conhecida como placa de mordida.

A peça é adaptada ao maxilar superior, sendo inserida na boca pelo próprio paciente apenas na hora de dormir, não representando qualquer incômodo. Quando a causa do bruxismo ocorre devido a questões emocionais sérias, o indicado é também um tratamento psicológico.

A princípio, o bruxismo pode se desenvolver em qualquer pessoa. Sua incidência é bem comum, atingindo cerca de 60% da população. Apesar de serem mais frequentes em jovens, os idosos também podem sofrer deste mal.

Pão Pinheirense: versátil e nutritivo

 

Há 80 anos é mantida viva a tradição artesanal que garante a qualidade e sabor inconfundíveis dos pães Pinheirense. Livres de conservantes, são ideais para aqueles que se preocupam com a saúde e a qualidade de vida, sem abrir mão de alimentos saborosos.

Além de todas essas qualidades, os Pães Pinheirense, enriquecidos com grãos e fibras, são um alimento versátil e nutritivo, possibilitando o preparo de diferentes receitas. Confira:

Sanduíche de frango com mistura verde 

Ingredientes: 500 gramas de peito de frango cozido e desfiado; 1 pacote de pão de forma integral Pinheirense; 1 xícara de salsinha picada; 1 xícara de salsão picado; 1 xícara de aipo cortado; 2 xícaras de casca de melancia;1 limão para temperar; 1 xícara de maionese light;

Modo de Preparo: Cozinhe o peito de frango, desfie e armazene em um refratário; Lave a melancia, descasque-a e rale a casca com o auxilio de um ralador; Leve as cascas ao fogo até a fervura e verifique se possuem maciez, nesse caso, retire do fogo; Pique e corte todos os ingredientes e misture-os; Acrescente a maionese e tempero com sal e limão a gosto; Disponha o recheio sobre uma fatia do pão de forma integral Pinheirense e ponha a segunda fatia sobre o recheio; Sirva o sanduíche em seguida.

Sanduíche de atum: 

Ingredientes: Pão Integral Pinheirense; 1/2 lata de atum light; 1 colher de sobremesa de azeite de oliva extravirgem; 1/2 cebola pequena cortada em cubos; Folhas de rúcula à vontade; 5 tomates cereja cortados ao meio; 3 unidades pequenas de mussarela de búfala cortada em rodelas.

Como fazer: Tempere o atum com o azeite, a cebola e o sal a gosto; Coloque a pasta de atum sobre uma fatia de Pão Integral Pinheirense, disponha as folhas de rúcula, a mussarela de búfala e, por último, os tomates cereja; Junte a outra fatia de Pão Integral Pinheirense.

Pão Sueco e pasta de grão de bico:

Ingredientes: Pão Sueco Pinheirense; 2 xícaras (chá) de grão-de-bico; 1/2 xícara (chá) de tahine (pasta de gergelim); 1/2 xícara (chá) de água gelada; suco de 1 limão; 2 dentes de alho amassados; sal, páprica doce e azeite a gosto.

Preparo: Na véspera, deixe o grão-de-bico de molho em água fria. No dia seguinte, coloque o grão de-bico em uma panela com a mesma água e deixe cozinhar até que fique bem macio. Escorra e reserve a água do cozimento. Bata o grão-de-bico no liquidificador e vá adicionando a água do cozimento até formar uma pasta não muito grossa. Deixe esfriar completamente e reserve. Em uma tigela, misture o tahine, a água gelada, o suco de limão, o alho e o sal. Junte o grão-de-bico batido e polvilhe a páprica.

Regue com o azeite e sirva com o Pão Sueco Pinheirense, que, assim como todos os nossos produtos, é isento de conservantes!

 

Alivie efeitos da hérnia de hiato

Em circunstâncias normais, o hiato é uma pequena abertura no músculo do diafragma, lugar em que o esôfago e o estômago se encontram. Uma hérnia de hiato desenvolve-se quando esta abertura aumenta e permite que a parte superior do estômago se projete por esse hiato.

Dicas para aliviar os efeitos da Hérnia de hiato:

-Não se deite após fazer uma refeição. Procure esperar pelo menos duas horas para dormir ( à tarde ou à noite);

-Não pratique exercícios físicos logo depois de comer. Andar não faz mal, mas espere de duas a três horas para praticar exercícios mais intensos;

-Não vista roupas apertadas, pois exercem pressão adicional sobre o estômago;

-Relaxe. O estresse desacelera a digestão, o que piora o refluxo do ácido estomacal. Experimente a técnica de respiração profunda, a ioga ou a meditação para controlar o estresse diário.

-Coma refeições pequenas e frequentes;

-Invista em alimentos ricos em fibras, como cereais e pães integrais, frutas secas, saladas e legumes crus ou levemente cozidos.

Canjica diet para a Páscoa

Muitas famílias mantêm a tradição de consumir canjica na Sexta-feira Santa. Essa sobremesa típica da culinária brasileira é rica em fibras e minerais, fornecendo muita energia ao organismo. Selecionamos uma deliciosa receita de canjica diet, para que você possa saborear esse doce, sem culpa.

Ingredientes para a canjica: 1 e ½ xícara (chá) de milho para canjica (320 g); 5 cravos-da-índia; 1 pau de canela; canela para polvilhar.

Ingredientes para o leite condensado: 1 xícara (chá) de leite em pó desnatado (116 g); ½ xícara (chá) de adoçante (16 g); 1 colher (chá) de margarina light (10 g).

Como fazer:  

Faça o leite condensado: coloque todos os ingredientes no liquidificador, acrescente ½ xícara (chá) de água fervente e bata por 5 minutos. Passe para uma vasilha com tampa e deixe na  geladeira até o momento de usar.

Prepare a canjica: na véspera, coloque o milho para canjica de molho em uma tigela com água. No dia seguinte, escorra o milho, passe-o para uma panela de pressão, acrescente 6 xícaras (chá) de água (1,2 litros) e cozinhe por 40 minutos. Desligue o fogo, deixe esfriar até poder abrir a panela, e verifique se o milho está macio. Se não estiver, acrescente um pouco mais de água e deixe cozinhar por mais alguns minutos.

Em seguida, acrescente a receita de leite condensado, os cravos, o pau de canela e, se necessário, um pouco mais de adoçante. Mexa e deixe ferver por aproximadamente 5 minutos.

Rendimento: 10 porções.

Tempo de preparo: 30 minutos.

Páscoa 2017: aposte no chocolate amargo!

 

A Páscoa está aí e, para muita gente, o chocolate é o assunto principal. Não que esse alimento seja (muito) cobiçado apenas nessa época do ano, claro. Mas para além da satisfação de se deliciar com o seu chocolate preferido, é bom estar ciente sobre qual tipo é o melhor para a sua saúde.

Mais saudável que os tradicionais, o chocolate amargo possui uma substância (a catequina) que age nas artérias e produz óxido nítrico, um vasodilatador natural, que faz com que a camada interna das artérias fique mais flexível, gerando a queda da pressão. É indicado ingerir de 30 a 40 gramas de chocolate amargo por dia.

Além disso, é uma ótima fonte de magnésio, cobre, ferro e manganês. Potássio, zinco e selênio também estão presentes, mas em menores quantidades. E um dos principais benefícios desse alimento é o aumento do metabolismo. O consumo de chocolate amargo pode aumentar a quantidade de calorias que o organismo utiliza para realizar suas atividades diárias.

Como se não bastasse, ainda ajuda a controlar o apetite, aumenta a sensação de bem estar, estabiliza os níveis de glicose, controla a pressão, melhora os níveis de colesterol, protege o coração e é rico em antioxidantes. Ufa!!! 

 

Alimentos que combatem a depressão e melhoram o humor

Um dos sinais indicativos de depressão é a mudança drástica dos hábitos alimentares. Enquanto algumas pessoas perdem totalmente o apetite, outras passam a comer em excesso. Alimentos nutritivos são necessários para que o corpo combata doenças, e alguns deles ajudam a amenizar os sintomas da depressão. Ingerir alimentos adequados pode ajudar a estabilizar o humor e a manter a energia necessária para dar a volta por cima. Confira:

Carboidratos: Alimentos como massas, pães, grãos, cereais, frutas e sucos permitem que o aminoácido triptofano penetre no cérebro, onde participa da produção de serotonina.

Todos os pães da Pinheirense são integrais, artesanais e isentos de conservantes.

Obtenha mais vitamina B: As vitaminas B6 e B12 e o ácido fólico podem ajudar a tratar certas formas de depressão. Já está provado que a vitamina B6 proporciona algum alívio às mulheres que sofrem da depressão relacionada à tensão pré-menstrual (TPM). Em parte, isso se deve ao papel da vitamina B6 em auxiliar na conversão do triptofano em serotonina no cérebro. Fontes de vitamina B6 são carne, peixes, aves, grãos integrais, banana e batata.

Algumas pesquisas revelaram que muitos depressivos apresentam deficiência de ácido fólico e de vitamina B12. O ácido fólico é encontrado em verduras, laranja, sucos, lentilha, milho, aspargo, ervilha, nozes e sementes. A vitamina B12 está presente em alimentos de origem animal e bebidas derivadas da soja e do arroz.

Triptofano: Este aminoácido é necessário para a produção de serotonina, o neurotransmissor relacionado ao humor. Pesquisas indicam que o triptofano ajuda na indução do sono e no tratamento de certos tipos de depressão. Além do peru e de produtos de origem animal, boas quantidades de triptofano são encontradas em amêndoas, sementes de abóbora e agrião.

Alergias, gripes e resfriados

Mudanças bruscas de temperatura costumam comprometer a saúde de muita gente. Existem formas simples e econômicas de prevenir e combater os sintomas das alergias, gripes e resfriados. No post de hoje, selecionamos alguns deles.

Alimento saboroso e saudável

A sopa de galinha funciona não apenas porque seu vapor ajuda a aliviar a congestão nasal, mas, também, porque os ingredientes anti-inflamatórios presentes no caldo reduzem o movimento dos neutrófilos – as células brancas do sangue que estimulam a formação do muco nos pulmões e no nariz.

Para aumentar ainda mais o poder da canja no combate ao resfriado, acrescente dois dentes de alho descascados e triturados quando a água estiver quase fervendo. O alho contém componentes sulfurosos antivirais, e é sabido que estimula o sistema imunológico.

Combata a tosse:

O tomilho é um expectorante natural. Por isso, prepare uma panela de chá de tomilho para combater a tosse persistente. Faça uma infusão com 2 colheres de sopa de folhas secas de tomilho em 6 xícaras de água quente durante 10 minutos. Coe o líquido em 1 xícara de chá, adoce com mel, se desejar, e beba 1 xícara cheia duas a três vezes por dia.

Combata a febre: Nos primeiros estágios da gripe é possível ajudar o corpo a combater a febre, recorrendo a um banho de esponja a cada uma hora. Mergulhe uma esponja em água morna, esprema-a para retirar o excesso do líquido e banhe o rosto, ombros, peito e extremidades. Se a febre persistir, beba 1 a 2 xícaras de chá de gengibre em intervalos curtos e regulares. A erva vai provocar o suor – forma pela qual o corpo vai reagir para diminuir a temperatura.

Existem infinitos remédios caseiros para a dor de garganta, e muitos realmente aliviam os sintomas. O mais popular e renomado é o gargarejo com água morna e sal. Você pode também fazer um gargarejo com meio copo de água e adicionar duas colheres de chá de vinagre de maçã.

Inale os vapores do eucalipto: Ferva folhas secas de Eucalyptus globulus amassadas; deixe descansar de 4 a 5 horas e coe os pedacinhos de folhas antes de aquecer o líquido para ser inalado. Você também pode adicionar de 5 a 10 gotas de óleo de eucalipto à água fumegante.

Coloque o recipiente na ponta de uma mesa, sente-se, incline a cabeça sobre ele e cubra-a com uma toalha para formar uma “tenda”. Respire a fumaça por cerca de 10 minutos, tomando cuidado para não ficar perto demais do vapor. Seus pulmões ficarão limpos e você ainda ganha um tratamento facial de bônus.

Contra a bronquite: O aroma penetrante da raiz-forte ralada, acompanhado do cheiro ácido do limão, ajuda a dissolver o muco nos canais dos seios da face e dos brônquios. Para fazer um xarope para tosse, rale um pedaço de raiz-forte sem casca em um recipiente ( ou use-a já preparada).

Em seguida, transfira 50 g da raiz-forte ralada para um recipiente menor. Junte 80 ml de suco de limão e misture bem. Beba 1/2 colher de chá da mistura de duas a três vezes ao dia. A ação expectorante deve provocar a tosse depois de cada dose, ajudando seus pulmões a se livrarem do muco.

Chá antialérgico: Para um chá antialérgico, esmague 2 a 3 colheres de chá de flores de camomila alemã, despeje 240 ml de água fervente, deixe descansar por 10 minutos, coe e beba de três a quatro vezes ao dia.

Cuidado: embora a camomila seja uma erva tradicional no combate à febre, ela pode agravar os sintomas de qualquer pessoa alérgica à tasna, também conhecida como erva-de-santiago, uma prima da camomila. Para as demais pessoas, o azuleno contido na camomila contém propriedades anti-inflamatórias, indicadas no tratamento de infecções do trato respiratório e alergias.

Rinite: Caso consiga urtiga fresca ( uma erva daninha comum em jardins), use luvas quando a colher e ao lavar as folhas. Adicione 120 g da folha a 6 xícaras de água fervente, reduza o fogo e cozinhe até a água ficar verde. Coe o líquido em peneira fina para um bule de chá grande.

Em épocas de rinite alérgica, beba uma xícara do chá de urtiga pela manhã e outra à tarde. Pode adoçar com mel.