Benefícios do óleo de peixe

Cápsulas de óleo de peixe são um dos melhores modos de obter os benefícios dos ácidos graxos ômega-3, que podem diminuir em 73% o risco de infarto do miocárdio quando consumidos diariamente como parte de uma alimentação saudável.

Os ômega-3 ainda podem reduzir em até 40% os triglicerídeos, e também há evidências de que reduzem a rigidez e a dor articulares causadas pela artrite reumatoide e o risco de AVC.

Outros benefícios: menor risco de asma, depressão, degeneração macular (doença que pode causar cegueira) e problemas de memória. Além disso, o ômega-3 pode ter feito protetor contra o câncer de mama, cólon e próstata.

Escolha o suplemento que forneça pelo menos 1 g dos dois ômega-3 mais poderosos: ácido eicosapentaenoico (EPA) e ácido docosa-hexaenoico (DHA). Níveis mais altos causam maior redução de triglicerídeos e o alívio de sintomas da artrite reumatoide, mas mantenha o consumo abaixo dos 3 g por dia, a não ser que tenha conversado com o seu médico, visto que uma dose maior pode causar sangramentos.

Saiba como prevenir a DPOC

A doença pulmonar obstrutiva crônica, além de ser uma das principais causas de mortes em todo o mundo, é muito pouco conhecida.

A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é uma das principais causas de morte no mundo inteiro. Trata-se de uma coleção de doenças pulmonares crônicas, como enfisema e bronquite crônica, que bloqueiam as vias respiratórias e restringem o fluxo de oxigênio no corpo.

Prevenção

Pare de fumar: os cigarros são, sem dúvida, a principal causa da DPOC. Há tantos argumentos para parar de fumar, e esse é mais um de peso.

Siga a dieta mediterrânea: essa abordagem alimentar, com ênfase em frutas, hortaliças, óleos saudáveis, peixes e grãos integrais, pode reduzir em 25% as chances de você ter DPOC.

Mexa-se: a atividade física, em especial exercícios aeróbicos, como caminhar, pedalar e nadar, contribui para que os pulmões se tornem mais eficientes ao fornecer ao corpo o oxigênio necessário. Se você perde o fôlego com facilidade, está na hora de exercitar-se.

Respire de modo saudável: aprenda a respirar de forma mais profunda e menos frequente, usando principalmente o diafragma. Inspire pelo nariz, lenta e completamente. Grande parte do movimento deve vir do abdome; se apenas o tórax se mexer, a respiração está superficial demais. A expiração deve demorar o dobro do tempo da inspiração, e quanto mais você esvaziar os pulmões com expirações fortes, mais saudáveis e completas serão suas inspirações. A respiração profunda não só melhora o funcionamento do pulmão como também pode baixar a pressão arterial e promover o relaxamento, mesmo em tempos de estresse.

A maioria de nós não respira de forma saudável. Inspire longa e profundamente e expire devagar.

Quando esquerda é direita

Que tal tornar-se canhoto por um dia? – ou, se já o for, escreva e coma com a mão direita. Estudiosos afirmam que trocar as mãos ativa uma grande rede de conexões de células cerebrais, circuitos e regiões que, em geral, não são usadas.

Existem outras maneiras benéficas e instantâneas de estimular mais conexões cerebrais. Confira:

-Tente dizer o nome de todos da sua família de trás para a frente;

-Da mesma forma, leia uma frase inteira de um jornal ou livro de trás para a frente;

-Multiplique números de cabeça. Comece com números de dois dígitos multiplicados por números de um dígito (por exemplo, 82 x 7) e depois passe para dois dígitos;

-Tente contar de forma desafiadora. Por exemplo: conte até 390 de 13 em 13.

Para alguns, pode parecer bobo, mas não é! Desafios e mudanças nos padrões de pensamento ajudam a reforçar as ligações cerebrais e construir novas redes.

Mais saúde: maximize a regeneração

Existem quatro estratégias para nutrir o sistema de reparo do corpo, ou seja, para rejuvenescê-lo e protegê-lo contra doenças. A saúde está em primeiro lugar, e quanto mais cedo nos conscientizamos e tomamos as medidas necessárias para preservá-la, melhor.

1ª estratégia – Mexa-se: Uma caminhada diária mais três sessões de treinamentos de força toda semana: a nova fonte da juventude. A atividade física liga o interruptor da juventude, sinalizando para o seu corpo ficar mais jovem enquanto repara, mantém e regenera. Os principais sistemas corporais beneficiados são: músculos, cérebro, coração, ossos.

2ª estratégia – livre-se do estresse: o cérebro das pessoas está programado para viver em grupo. Então, quando estamos isolados, nossos níveis de estresse aumentam. Para o nosso subconsciente, longos períodos de isolamento não são seguros nem naturais. Por isso, livre-se do estresse, conecte-se.

3ª estratégia – “Você é o que você come”: O seu corpo não conseguirá se regenerar com os alimentos errados. Toda vez que você come fast-food, açúcares, grãos refinados (pão branco, gordura trans e alimentos processados), está fazendo muito mal ao seu organismo, acelerando o envelhecimento do corpo e ficando mais vulnerável a diversas doenças. Dê preferência às proteínas magras, nozes, peixes e, em especial, às frutas e hortaliças ricas em antioxidantes.

4ª estratégia – livre-se do que te atrapalha: fumo, fumo passivo e excesso de bebida frustram a regeneração do corpo. Mas estudos provam que o sistema de reparação volta a funcionar na hora em que se cortam esses hábitos. Em minutos após parar de fumar, os pulmões e o sistema cardiovascular começam a reparar-se. A pressão arterial fica mais próxima do saudável em 8 horas. Em 24 horas, o risco de infarto começa a diminuir. Em um mês, os pulmões funcionam melhor. Mude seus hábitos. Respeite a sua saúde! É o bem mais valioso que possui.

Veja como minimizar as dores da artrite

A artrite compreende mais de 100 distúrbios caracterizados por inflamação articular, falta de flexibilidade, inchaço e dor. Os tipos mais comuns são a osteoartrite, uma doença dolorida em que as cartilagens das articulações gradualmente se quebram, e a artrite reumatoide, uma doença sistêmica que pode causar dores agudas e paralisantes. 

Veja como minimizar as dores da artrite, melhorando, assim, a qualidade de vida:

Use a piscina: a natação é recomendada como um bom exercício para quem sofre de artrite. A água reduz o impacto nas articulações. Os exercícios físicos feitos na água melhoram a flexibilidade dos joelhos e do quadril, a força e o condicionamento aeróbico, além de ajudarem a amenizar a dor.

Ande descalço: andar ao natural reduz a carga das articulações dos joelhos, minimizando em 12% a dor e as limitações provocadas pela osteoartrite. Se andar descalço não for uma opção, procure sapatos que imitem o arqueamento natural dos pés e o contorno dos calcanhares, mas não use salto alto, que aumenta a pressão nas articulações. Palmilhas ortóticas também podem ajudar.

Esfregue ibuprofeno: ataque a dor na fonte com ibuprofeno em creme. Eles são tão efetivos quanto os comprimidos – e, como apenas cerca de 5% do medicamento é absorvido pela corrente sanguínea, o mais provável é que ele cause menos efeitos colaterais.

Exercícios de flexibilidade: faça alongamento antes de se deitar, quando a dor e a inflexibilidade devem ser menos intensas;

Dica: Tome um banho morno ou aplique uma compressa quente na articulação dolorida antes de começar os exercícios de alongamento;

Relaxe para dormir bem

A insônia transformou-se em um dos grandes males do mundo contemporâneo. Para muitos, as tensões e pressões que caracterizam o dia não terminam quando o sol se põe, dando origem a um clima de desassossego durante a noite.

Nem um corpo tenso, e tampouco uma mente conturbada, hão de se render à autossugestão, ou mesmo a uma ordem de dormir, simplesmente porque chegou a hora de fazê-lo, pois as angústias e sofrimentos físicos desconhecem relógios ou horários.

Exercício de relaxamento total

Deite-se de costas no chão com os braços comodamente estendidos junto ao corpo. Afaste, um pouquinho, um pé do outro e relaxe-os. Em seguida, inspire e expire fundo diversas vezes, bem devagar. À medida que cada parte do corpo for mencionada, deixe-a descontrair-se. Não se precipite em momento algum. Concentre-se nas palavras conforme forem sendo ditas em voz alta, e obedeça-as.

Feche os olhos e relaxe o corpo, a partir dos dedos dos pés. Tente relaxar todo o rosto. Espere que os dedos dos pés se descontraiam. Permita que os pés se separem e encontrem uma posição confortável. Relaxe os tornozelos. Relaxe a barriga das pernas. Relaxe os joelhos. Relaxe as coxas. Relaxe os quadris. Relaxe a cintura. Relaxe o tórax.

Relaxe os ombros. Permita que os braços se descontraiam. Relaxe os cotovelos. Relaxe os pulsos. Deixe as mãos se relaxarem. Separe os dedos e relaxe-os. Relaxe as costas. Relaxe o pescoço. Relaxe a cabeça. Liberte o couro cabeludo e deixe-o relaxar. Relaxe a testa. Relaxe os olhos. Relaxe o nariz. Relaxe as bochechas.

Descerre ligeiramente os lábios e relaxe-os. Deixe o queixo relaxado. Deixe o corpo inteiro afundar-se no chão.

Deixe de lado todas as suas preocupações. Esqueça-se daquilo que você precisa fazer e daquilo que deseja fazer. Esses planos não fazem parte de você neste momento. Você está livre de todas as inquietações e ansiedades. Pense apenas na profunda paz e no relaxamento que está sentindo agora.

Devaneie desse modo durante alguns minutos. Então, espreguice o corpo inteiro, bem devagar. Depois, ainda sem se apressar, sente-se.

Esse exercício de relaxamento total prepara tanto o corpo quanto a mente para o sono.

Evite alimentos com conservantes

Desde a antiguidade há processos para a conservação de alimentos que se revelaram prejudiciais à saúde. Antes do uso de freezers e refrigeradores, por exemplo, a prática de armazenar carne mergulhada em gordura de porco era muito comum, o que levava seus consumidores a ingerirem quantidades enormes de gordura.

Atualmente, os perigos são outros. O uso de corantes, aromatizantes, conservantes, antioxidantes, estabilizantes e acidulantes são comprovadamente prejudiciais à saúde. Além dos casos óbvios de alergia e intolerância alimentar, outras doenças mais graves podem ser causadas pelo efeito cumulativo dos conservantes no corpo humano.

Alguns deles se ligam ao DNA, provocam mutações e geram alterações celulares, que levam ao desencadeamento do câncer, principalmente no fígado, rins, intestino e estômago. Outros estudos mostram que o sistema nervoso central também é afetado pelo uso contínuo de aditivos alimentares.

 

Muitos alimentos, que parecem inofensivos, podem causar sérios problemas à saúde, também por conterem conservantes.

Atualmente, não resta qualquer dúvida de que, quando preparados e armazenados com total controle higiênico, os alimentos mais seguros são aqueles produzidos sem uso de conservantes e aditivos químicos. Consumir alimentos frescos, sem a necessidade de conservantes industriais, continua sendo a forma mais saudável de se alimentar.

Todos os produtos da Pinheirense não contêm conservantes. Além disso, são integrais, artesanais e muito saborosos.

Portanto, mesmo com a correria diária e falta de tempo, procure dar mais atenção à alimentação, optando por alimentos mais saudáveis e por aqueles livres de conservantes e outros produtos químicos. Ainda são poucos os alimentos isentos de substâncias prejudiciais à saúde, contudo, vale a pena se informar e investir no seu bem mais precioso. Afinal, “você é o que você come”.

Todos os produtos Pinheirense são livres de conservantes e outros produtos químicos. A produção é artesanal, e os pães possuem combinações variadas de sementes.

Patê de ervas e Pão Pinheirense: delícia de combinação

Receitas práticas e saborosas sempre são uma ótima pedida em diferentes ocasiões. Assim como os produtos da Pinheirense, o patê de ervas é saudável e saboroso.

Ingredientes:

1 colher (chá) de manjericão fresco picado; 1 colher (chá) de orégano fresco picado; 1 colher (chá) de segurelha fresca picada; 3 folhas de louro picadas; 2 grãos de pimenta-do-reino amassados; 1 xícara (chá) de creme de leite light; 1 xícara (chá) de ricota; sal a gosto.

Preparo:

Bata as ervas no liquidificador juntamente com a pimenta e o creme de leite. Misture delicadamente com a ricota e tempere com o sal. Sirva com o pão tipo sueco e, ou com o Pão Integral Pinheirense.