Menos gordura abdominal

O exercício é essencial para reduzir o tamanho das células de gordura em torno do abdome, a gordura visceral. Essa é a gordura que dá aos homens a barriga de cerveja e às mulheres, a forma de maçã. Ela se acumula nos órgãos abdominais e no fígado, contribuindo para a inflamação, a resistência à insulina e o diabetes.

Atualmente, já se sabe que o tamanho dessas células de gordura, assim como a quantidade delas, está associado ao risco de diabetes. Apenas cortar calorias pode não diminuir as células de gordura da barriga, a não ser que a pessoa se exercite.

Por isso, não adie mais os planos de começar a se exercitar!

Durante o inverno, os benefícios da atividade física não mudam. Contudo, como a ingestão calórica aumenta consideravelmente nesta época do ano, as pessoas tendem a engordar.

Para muitos indivíduos, é no inverno que aumenta a disposição para as práticas cotidianas; há uma clara sensação de bem-estar, devido ao aumento de endorfina, e a melhora das capacidades cardiorrespiratórias do praticante, além da manutenção da força muscular.

Cuidados que se deve ter para a prática de atividades físicas no inverno:

- o período de aquecimento deve ser de vinte minutos, em média, além do alongamento, para prevenir contrações musculares, mais comuns nessa época do ano; – o uso de roupas leves, mas que aquecem o praticante, também merece atenção;    -não se esquecer da hidratação do corpo, fundamental em qualquer época do ano, mas ainda mais importante no inverno, em que o tempo é bastante seco.

Evite os alérgenos escondidos

Uma vez que os alérgenos tenham sido identificados, cortá-los da alimentação deve resolver o problema. Porém, talvez isso seja mais complicado do que parece. Alguns dos alérgenos mais comuns são ingredientes ocultos em muitos alimentos processados.

Além disso, muitos alimentos são quimicamente relacionados. Uma pessoa alérgica a limão, por exemplo, também pode ser alérgica a laranja e outras frutas cítricas. Em alguns casos, o real culpado pode ser um contaminador ou um aditivo indireto no alimento.

Indivíduos alérgicos a alimentos podem ter reações alérgicas a pratos considerados “inofensivos”, devido aos seguintes fatores:

- Contaminação do alimento pelo manuseio impróprio;

- Rótulos enganadores, por exemplo, quando ovos são listados como emulsificantes;

- Troca de ingredientes, por exemplo, quando a falta de um óleo vegetal resulta na substituição por um óleo tropical como o óleo de coco.

O que fazer? 

- Ler os rótulos com frequência;

- Ser absolutamente cauteloso quando comer em restaurantes ou quando for convidado para comer na casa de alguém. Não tenha vergonha de perguntar sobre todos os ingredientes da receita;

- Evitar alimentos processados;

- Levar com você uma injeção de epinefrina para o caso de exposição acidental.

Pão Sueco Pinheirense com creme de ricota

Ingredientes
- 1 caixinha de creme de leite – 200g
- 1 xícara (chá) de ervilha fresca congelada – 130g
- 100 g de ricota
- 1 colher (chá) de sementes de erva-doce – 1,5g
- 20 fatias de pão tipo sueco Pinheirense
- Sal a gosto

Modo de Fazer
1. Coloque a ervilha em uma panela com 1 xícara (chá) de água fervente e 1 colher (chá) de sal. Deixe no fogo por 5 minutos ou até a ervilha ficar macia. Retire do fogo e escorra a água.
2. Disponha em um prato fundo a ricota, o creme de leite, o sal e as sementes de erva-doce. Amasse com um garfo até ficar homogêneo. Sirva com o pão tipo sueco Pinheirense e, por cima, arrume a ervilha. Decore com tomate cortado em cubos pequenos.

Como prevenir enjoos matinais

Os enjoos matinais, apesar do nome, podem ocorrer a qualquer hora do dia e, em geral, desaparecem depois dos três primeiros meses de gravidez. Para melhorar a sensação de náusea e diminuir os vômitos, experimente as seguintes estratégias:

- Coma cereais, biscoitos ou torradas secas antes de sair da cama;

- Evite alimentos gordurosos, fritos ou muito condimentados;

- Em vez de fazer três grandes refeições, faça diversas refeições ao longo do dia;

- Para aliviar a náusea, chupe ou mastigue gengibre cristalizado;

- Tente usar pulseiras de acupuntura que evitam o enjoo durante viagens;

- Peça para alguém preparar as refeições, caso o cheiro da comida provocar náusea.

Desejos: de picles a sorvetes, existem inúmeras histórias sobre os desejos das grávidas. Sem dúvida alguma, são reais, mas raramente refletem um verdadeiro problema nutricional. A única exceção é o desejo por gelo, que pode ser um sinal de uma anemia por deficiência de ferro.

Dicas de viagem

Se viajar é um dos grandes prazeres da vida, torne sua viagem tranquila e agradável, cuidando passo a passo de cada detalhe. Confira dicas importantes:

Antes de definir seu destino, investigue tudo a respeito dos lugares a que pretende viajar;

Viajar na baixa estação sai bem mais barato: hotel, atrações, passagens;

Organize uma lista com itens que não podem faltar na sua bagagem;

Deixe pronto tudo o que for possível em casa e no trabalho antes de partir;

Providencie alguém para cuidar do recebimento de contas, correspondências e assinaturas durante sua ausência;

Antes de partir, durma um pouco mais, coma alimentos leves e beba bastante água.

Equilíbrio entre conforto e elegância

Procure viajar com tecidos que não amassem muito, como malhas e microfibras;

Sapatos se salto médio são confortáveis e ideais para enfrentar as diferenças climáticas;

Não exagere na bagagem. Escolha peças com cores neutras para facilitar as combinações. Tons escuros para calças, saias, blazers, sapatos e bolsas. Deixe as cores claras e tons vivos para as blusas e camisetas;

No nécessaire procure colocar cosméticos pequenos, descartáveis, analgésicos, antiácidos e medicamentos de primeiros-socorros contra enjoo;

Leve sacos plásticos para armazenar roupas sujas ou molhadas.

Sinais de bom relacionamento

Sempre que se hospedar na casa de alguém leve uma pequena lembrança para os anfitriões ou para as crianças;

Em viagens coletivas, evite fumar, passear pelos corredores e ouvir aparelhos sonoros em alto volume. Falar baixo é imprescindível;

Em outros países, quando entrar em locais públicos, cumprimente e agradeça na língua local;

As gorjetas variam conforme a cultura de cada região. Informe-se sobre os hábitos culturais de seu local de destino;

Mantenha o bom humor.

Facetas da soja

Durante muito tempo, alimentos à base de soja eram consumidos somente por vegetarianos como alternativa para produtos à base de carne. Contudo, nos últimos anos, conforme mais pessoas passaram a se preocupar com um estilo de vida mais saudável, o consumo de soja aumentou consideravelmente, favorecido pelos crescentes indícios dos seus benefícios à saúde.

O grão de soja é um dos vegetais mais nutritivos e versáteis. Se comparados por volume, a soja contém mais proteína e ferro do que um bife, mais cálcio do que o leite e mais lecitina do que os ovos.

As diversas facetas da soja:

Tofu: vem nas texturas firme, sólida e aveludada. É feito um purê de soja e, posteriormente, processado em um “bolo”. Este alimento versátil pode ser refogado, grelhado, adicionado a sopas, lasanhas, cheesecakes ou misturado em molhos e vitaminas.

Bebidas à base de soja: são compradas em pó ou em embalagens longa-vida. Podem substituir outras bebidas ou o leite nas receitas. Alguns produtos são fortificados com cálcio e vitamina D e vêm em diferentes sabores, como chocolate e frutas.

Feijão-soja: prático de usar, o feijão-soja enlatado precisa apenas ser lavado antes de ser usado em caçarolas, sopas ou chili, ou ser amassado e adicionado às receitas.

Farinha de soja: adiciona proteína às receitas quando substitui outras farinhas. Também pode ser encontrada em cereais, massas de panqueca, sobremesas congeladas e outros alimentos.

Proteína com textura vegetal: é feita de farinha de soja desidratada e sem gordura. Quando reidratada, pode ser usada como substituta de carne em diversos pratos, como chili, almôndega, molho de massas ou lasanha.

Tempeh: feito de feijão-soja fermentado e transformado em uma massa grossa, este substituto de carne pode ser usado em diversos pratos.

Misô: é uma saborosa pasta de feijão-soja fermentado. Pode ser usada como base para sopas ou como tempero.

Noz de soja: estas saborosas nozes contêm mais fibras e menos gordura do que os outros tipos de nozes. Podem ser consumidas como petisco, salpicadas sobre saladas ou até refogadas.

Proteína de soja em pó: feito de proteína de soja isolada, este pó pode ser adicionado a vitaminas e sucos para enriquecer um café da manhã com proteínas.

Conserve seus livros

 

Algumas pessoas possuem sua própria biblioteca, que não precisa ter paredes de madeira e prateleiras de carvalho; uma biblioteca é simplesmente uma coleção de livros. E estejam estes guardados nas estantes de um quarto especial ou aleatoriamente em uma única prateleira, eles precisam ser limpos. Se você os mantiver em boas condições, os terá para sempre.

Para secar um livro úmido: salpique suas páginas com amido de milho ou talco para absorver a umidade. Deixe por 5 ou 6 horas, e depois remova o pó branco;

Para se livrar dos insetos que “moram” nos livros: coloque o livro infestado em um saco plástico e deixe-o no freezer durante um ou dois dias para matar os insetos e suas larvas;

Para eliminar o mofo: espalhe areia para gatos limpa em um saco de papel e deixe o livro em seu interior durante uma semana ou mais. Depois, tire-o e remova qualquer resíduo de areia;

Se as páginas estiverem bolorentas, retire o mofo: utilize um pano levemente umedecido com uma solução de uma parte de vinagre branco e 8 partes de água. Para secar, abra as páginas afetadas e deixe-as ao sol por não mais que meia hora, ou o papel desbotará e ficará amarelo;

Use um pincel limpo e macio: assim, conseguirá retirar a poeira de um livro de cada vez, limpando a capa e as bordas das páginas. Não tire o pó das prateleiras com espanador de penas, que apenas redistribuirá a maior parte da poeira para os outros livros.

Controle a Pressão Sanguínea com a Dieta Dash

A maior prova em favor das dietas como meio de controlar a pressão arterial é resultado de dois experimentos subsidiados pelo National Institutes of Health, nos EUA. Reunidos, os estudos são conhecidos como dieta DASH – sigla em inglês para Abordagem Alimentar para Redução da Hipertensão.

A dieta DASH fornece alimentos ricos em fibras, cálcio, magnésio e potássio; alimentos que vêm sendo associados à pressão mais baixa. Também é pobre em gordura saturada. O plano da dieta lista de oito a dez porções de frutas e vegetais e de duas a três xícaras diárias de derivados do leite com baixo teor de gordura. A seguir, apresentamos as instruções gerais que podem ser seguidas em seu plano alimentar:

- Cereais e produtos à base de cereais: de sete a oito porções diárias;

- Frutas e vegetais: de quatro a cinco porções diárias de cada;

- Derivados do leite com pouca gordura ou 0% de gordura: de duas a três porções diárias;

- Carne vermelha, ave e peixe: duas ou menos porções ( de 85 g) diárias;

- Nozes, sementes ou legumes: de quatro a cinco porções semanais;

- Gorduras: de duas a três porções diárias; evite gordura saturada;

- Doces: cinco por semana.

Prevenção e Controle: Adultos acima dos 40 anos devem avaliar a pressão arterial anualmente. Mas apenas uma medição da pressão arterial não é suficiente para se diagnosticar a hipertensão, a não ser que o problema já esteja em estágio grave. Algumas pessoas também sofrem da “hipertensão do jaleco branco”, caso em que sua pressão sobe ao consultar um médico, mas permanece normal em outros momentos. Para diagnosticar a hipertensão adequadamente, diversas medições são necessárias – feitas em diferentes momentos e talvez até em diferentes locais.

Combatendo o Alzheimer

Muitos pesquisadores têm encontrado muitos vínculos entre alimentação e demência, e existem evidências de que alguns alimentos são grandes aliados no combate ao Alzheimer.

Peixes: especialmente os gordurosos como salmão, cavala, arenque e sardinhas, são ricos em ácidos graxos ômega-3. Devem ser consumidos no mínimo 3 vezes por semana.

Ovos: são boa fonte de colina, um componente da lecitina. Os ovos também são uma boa fonte de ferro, vitamina B12 e outras vitaminas B, excelentes fontes de proteína, além de serem fáceis de comer e digerir.

Germe de Trigo e Grãos Integrais: ricos em lecitina e colina, carboidratos, vitamina E, vitaminas B e vários minerais ajudam a evitar o Alzheimer. Os pães integrais são uma fonte popular, fáceis de encontrar e podem ser incluídos na alimentação de qualquer pessoa.

Além de integrais, os pães Pinheirense são artesanais e não contêm conservantes.

Produtos de Soja: são ricos em colina e fornecem proteína, carboidratos, cálcio e fibras. Eles são uma boa fonte de ácido fólico e são conhecidos por reduzir os níveis de homocisteína no sangue.