Feliz Ano Novo!!!

Receita de Ano Novo (Carlos Drummond de Andrade)

“Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.”

Ideal para festas: salada asiática de vitela com creme picante

Cada porção fornece: 270 kcal, 24 g de proteínas, 17 g de gordura, 5 g de carboidratos.

Tempo de preparo: 30 minutos

Sirva com Pão tipo Sueco da Pinheirense.

Ingredientes ( para 4 porções):

400 g de vitela cozida

200 g de couve-chinesa

200 g de broto de bambu ou de feijão ( em conserva)

100 g de vagem-macarrão

2 colheres (sopa) de óleo de girassol

1/2 colher (chá) de óleo de gergelim

2-3 colheres (chá) de vinagre de arroz

2 colheres (sopa) de molho de soja (shoyu)

1-2 pitadas de açúcar mascavo

1 raiz de gengibre freco (3 cm)

1 molho de capim-limão

sal

2 colheres (sopa) de sementes de gergelim

1/2 molho de cebolinha

2 colheres (sopa) de creme de leite

1 colher (chá) de molho sambal ( ou outro molho de pimenta).

Modo de preparo:

- Corte a vitela cozida em tiras finas e coloque-as numa tigela. Lave a couve-chinesa e agite as folhas para que sequem. Em seguida, corte-as em tiras finas.

- Escorra os brotos de bambu e corte-os em tiras finas. Lave as vagens, retire os fiapos e corte-as diagonalmente em tiras. Misture as verduras com a carne.

- Coloque numa tigela os óleos de girassol e de gergelim, 2 colheres (sopa) do vinagre, o molho de soja e o açúcar. Descasque o pedaço de gengibre e pique-o bem. Descarte as partes duras do capim-limão e pique as partes macias.

- Junte o gengibre e o capim-limão à tigela. Misture tudo e, se preciso, tempere o vinagrete com um pouco de sal. Derrame sobre os ingredientes da salada e misture com cuidado.

- Torre levemente as sementes de gergelim em uma frigideira sem óleo. Coloque num prato e deixe esfriar. Lave e seque a cebolinha e corte-a em pequenos anéis. Para fazer o creme, misture o creme de leite com o sambal ou molho de pimenta e tempere com sal.

- Se quiser, tempere a salada com mais sal, açúcar e vinagre. Distribua em pequenas tigelas. No meio de cada porção, sirva um pouco de creme e polvilhe com as sementes de gergelim e a cebolinha.

Como preparar o capim-limão

- Descarte a raiz e as camadas externas, fibrosas, do talo de capim-limão.

- Corte também as pontas fibrosas dos talos, pois não são comestíveis. Lave o talo de capim-limão e seque com papel-toalha.

- Pique ou corte as partes internas macias e suculentas em pequenos pedaços. Quem preferir, pode triturá-las num pilão até formar uma pasta.

Pudim de Pão de Natal

Ingredientes: 

Pão de Trigo Integral Pinheirense;

1 litro de leite;

2 1/2 xícara de chá de açúcar;

6 ovos batidos;

1 lata de leite condensado;

2 colheres de queijo ralado;

1/2 copo de vinho madeira doce;

100 g de frutas cristalizadas;

200 g de uva passa sem sementes;

casca de limão ralado;

2 colheres de sopa de margarina

Preparo:

Preaqueça o forno. Pique o pão de trigo integral Pinheirense numa tigela grande. Ferva o leite, despeje na tijela e amasse o pão até obter uma consistência esponjosa. Derreta 1 1/2 xícara de chá de açúcar e caramelize a forma.

Na tigela, adicione o açúcar restante e os demais ingredientes, misturando bem. Despeje a massa na forma e leve ao forno até que ao espetar o pudim com um palito este saia seco.

Tire do forno e espere ficar morno. Desenforme o pudim e deixe a calda escorrer. Depois, corte-o em quadradinhos e sirva.

Dicas de viagem

Se viajar é um dos grandes prazeres da vida, torne sua viagem tranquila e agradável, cuidando passo a passo de cada detalhe. Confira dicas importantes:

Antes de definir seu destino, investigue tudo a respeito dos lugares a que pretende viajar;

Viajar na baixa estação sai bem mais barato: hotel, atrações, passagens;

Organize uma lista com itens que não podem faltar na sua bagagem;

Deixe pronto tudo o que for possível em casa e no trabalho antes de partir;

Providencie alguém para cuidar do recebimento de contas, correspondências e assinaturas durante sua ausência;

Antes de partir, durma um pouco mais, coma alimentos leves e beba bastante água.

Equilíbrio entre conforto e elegância

Procure viajar com tecidos que não amassem muito, como malhas e microfibras;

Sapatos se salto médio são confortáveis e ideais para enfrentar as diferenças climáticas;

Não exagere na bagagem. Escolha peças com cores neutras para facilitar as combinações. Tons escuros para calças, saias, blazers, sapatos e bolsas. Deixe as cores claras e tons vivos para as blusas e camisetas;

No nécessaire procure colocar cosméticos pequenos, descartáveis, analgésicos, antiácidos e medicamentos de primeiros-socorros contra enjoo;

Leve sacos plásticos para armazenar roupas sujas ou molhadas.

Sinais de bom relacionamento

Sempre que se hospedar na casa de alguém leve uma pequena lembrança para os anfitriões ou para as crianças;

Em viagens coletivas, evite fumar, passear pelos corredores e ouvir aparelhos sonoros em alto volume. Falar baixo é imprescindível;

Em outros países, quando entrar em locais públicos, cumprimente e agradeça na língua local;

As gorjetas variam conforme a cultura de cada região. Informe-se sobre os hábitos culturais de seu local de destino;

Mantenha o bom humor.

Sanduíche gratinado com Pão de trigo integral Pinheirense

No post de hoje, a Pinheirense compartilha uma receita com Pão de trigo integral, que é super fácil de preparar e muito saborosa. O sanduíche gratinado é uma boa opção para várias ocasiões!

Ingredientes: 8 fatias de pão integral Pinheirense; 4 fatias de queijo prato; 4 fatias de presunto; manteiga ou margarina para untar; 3 ovos; 1 1/2 xícara de chá de leite; sal a gosto; 1/4 xícara de queijo parmesão ralado.

Modo de fazer:

Monte quatro sanduíches, recheando duas fatias de pão com uma de queijo e uma de presunto, e arrume-o numa forma refratária untada. Bata os ovos com o leite e o sal e cubra os sanduíches com essa mistura. Polvilhe com o queijo ralado e leve ao forno quente para gratinar.

Sugestões: substitua o presunto por mortadela, sobras de carne assada ou de frango desfiados, atum em conserva etc. Acompanhe os sanduíches com salada verde.

O pão integral Pinheirense é feito artesanalmente e não contém conservantes.

Por uma vida saudável: evite alimentos com conservantes

Desde a antiguidade há processos para a conservação de alimentos que se revelaram prejudiciais à saúde. Antes do uso de freezers e refrigeradores, por exemplo, a prática de armazenar carne mergulhada em gordura de porco era muito comum, o que levava seus consumidores a ingerirem quantidades enormes de gordura.

Atualmente, os perigos são outros. O uso de corantes, aromatizantes, conservantes, antioxidantes, estabilizantes e acidulantes são comprovadamente prejudiciais a saúde. Além dos casos óbvios de alergia e intolerância alimentar, outras doenças mais graves podem ser causadas pelo efeito cumulativo dos conservantes no corpo humano.

Alguns deles se ligam ao DNA, provocam mutações e geram alterações celulares, que levam ao desencadeamento do câncer, principalmente no fígado, rins, intestino e estômago. Outros estudos mostram que o sistema nervoso central também é afetado pelo uso contínuo de aditivos alimentares.

Atualmente, não resta qualquer dúvida de que, quando preparados e armazenados com total controle higiênico, os alimentos mais seguros são aqueles produzidos sem uso de conservantes e aditivos químicos. Consumir alimentos frescos, sem a necessidade de conservantes industriais, continua sendo a forma mais saudável de se alimentar.

Portanto, mesmo com a correria diária e falta de tempo, procure dar mais atenção à alimentação, optando por alimentos mais saudáveis e por aqueles livres de conservantes e outros produtos químicos. Ainda são poucos os alimentos isentos de substâncias prejudiciais à saúde, contudo, vale a pena se informar e investir no seu bem mais precioso. Afinal, “você é o que você come”.

Todos os produtos Pinheirense são livres de conservantes e outros produtos químicos. A produção é artesanal, e os pães possuem combinações variadas de sementes.

Rabanada light de Pão Integral e Suco de Uva

Além de deliciosa, esta receita é uma ótima pedida para todos aqueles que não abrem mão das delícias de Natal, mas que precisam ficar de olho nas calorias e nos excessos já conhecidos das festas de fim de ano.

Ingredientes
-1 xícara de leite desnatado;
-1 xícara de suco de uva;
-1 colher de sopa de adoçante culinário;
-1 ovo;
-1 clara;
-4 fatias de pão integral Pinheirense amanhecido, cortado ao meio;
-1 colher de sopa de leite em pó desnatado;
-1 colher de chá de adoçante em pó;
-1 colher de chá de canela em pó;

Modo de preparo

Em um prato fundo, misture o leite, o suco de uva e o adoçante. Em outro prato, coloque o ovo e a clara e bata com um garfo. Passe as fatias de pão Pinheirense no leite e depois no ovo. Coloque numa frigideira antiaderente aquecida e deixe dourar dos dois lados.
Num outro prato, misture o adoçante em pó, o leite desnatado em pó e a canela e polvilhe as fatias de pão já douradas.

Ervas Culinárias

Ervas culinárias não são tão potentes quanto as medicinais, mas podem conferir algum benefício à saúde. Fornecem uma ampla variedade de substâncias fitoquímicas ativas que promovem a saúde e protegem contra doenças crônicas.

Alecrim: As folhas contêm um óleo usado em analgésicos tópicos para aliviar dores musculares. O chá alivia dores de cabeça.

Cebolinha: Estas pequenas parentes da cebola possuem compostos de enxofre que podem baixar a pressão sanguínea caso ingeridas em grande quantidade.

Coentro: Folhas muito frescas podem ser mastigadas para facilitar a digestão.

Endro: Muito usado em picles, molhos de saladas e pratos de peixe, o endro também é usado para aliviar gases intestinais e o seu chá pode aliviar cólicas em bebês.

Manjericão: Ingrediente básico de muitos pratos, ele também é usado como tônico e contra resfriado.

Menta: Mastigar as folhas pode refrescar o hálito. O chá de menta é um auxiliar digestivo.

Orégano: Cozido como chá, parece ajudar na digestão e aliviar a congestão.

Salsa: Quando consumida em porções de no mínimo 30 g, esta erva contém quantidades úteis de vitamina C (salsa fresca apenas), cálcio, ferro e potássio. Também é rica em bioflavonóides, monoterpenos e outros compostos anticancerígenos.

Sálvia: Seu chá pode ser usado como digestivo, desinfetante oral ou em gargarejos, a fim de aliviar aftas, dores na gengiva ou dores de garganta.

Tomilho: Cozido como chá, pode ser usado para restabelecer o intestino irritável, fazer gargarejos para dores de garganta ou como xarope para tosse ou congestão.