Evite a ressaca neste carnaval

A quantidade de álcool necessária para provocar uma ressaca não é igual para todas as pessoas e também depende do tipo de bebida ingerida. As destiladas, como uísque e gim, têm um impacto mais imediato do que vinhos e cervejas, e o álcool é absorvido mais rapidamente quando misturado com bebidas gasosas.

Uma vez na corrente sanguínea, o álcool chega ao cérebro em minutos. No início, age como um estimulante, provocando euforia, que logo dá lugar à depressão do sistema nervoso e a uma sensação de torpor, levando, finalmente, ao sono ou à inconsciência.

O fígado necessita de um tempo para conseguir metabolizar o álcool, mas em muitos casos as pessoas ultrapassam os limites, bebendo mais do que o órgão consegue metabolizar. Uma dica é não beber com o estômago vazio, pois o álcool vai muito mais rápido na circulação sanguínea. Quando a bebida é ingerida após a pessoa ter se alimentado, o fígado consegue metabolizar aos poucos o álcool, evitando, assim, que o órgão fique sobrecarregado. Castanhas, nozes e outras sementes oleaginosas são indicadas.

Um costume que pode evitar a indesejável ressaca é o de beber muita água, que dilui e ameniza os efeitos do álcool no organismo. A desidratação dificulta o trabalho do fígado e dos rins, porque o sangue fica mais espesso. Beber água ajuda a limpar o organismo.

Outra regra que deve ser respeitada é não misturar bebidas destiladas, como vodca, cachaça e uísque, com as fermentadas, como cerveja e chope.

A gravidade de uma ressaca é parcialmente influenciada pelos congêneres, subprodutos do processo de fermentação que contribuem para o sabor e aroma das bebidas alcoólicas. O brandy é a bebida com o maior número de congêneres, seguido por vinho tinto, rum, uísque, vinho branco, gim e vodca.

Água engarrafada: fatos não divulgados

Água é vida! Mesmo sendo indispensável para todas as funções do nosso corpo, sua relevância para a saúde, assim como a sua potabilidade, nem sempre são consideradas. Talvez, você não esteja a par de alguns fatos sobre a água engarrafada ( aquela comercializada em cada esquina). E mesmo que já tenha conhecimento acerca das informações a seguir, vale a pena relembrá-las:

- Estima-se que 25% da água engarrafada seja, na realidade, água de torneira filtrada;

- Água mineral é frequentemente rica em sódio;

- Diferentemente do sistema de abastecimento de água municipal, a água engarrafada pode não conter flúor suficiente para proteger contra as cáries;

- Não é uma boa ideia reutilizar garrafas plásticas de água. Lavá-las e reusá-las muitas vezes acelera o processo de quebra do plástico, aumentando a exposição a substâncias químicas potencialmente prejudiciais;

- Verifique a data de engarrafamento e a data de validade para descobrir quão fresca é a água. Normalmente, a água engarrafada contém um menor número de bactérias prejudiciais. Mas, se a água for armazenada por períodos longos em temperatura ambiente, as bactérias podem proliferar rapidamente. O melhor a fazer é armazenar a água em locais refrigerados;

- Recipientes abertos de água engarrafada devem ser refrigerados, caso bactérias potencialmente prejudiciais tenham entrado neles.

Tensão e dores de cabeça

Dores de cabeça provocadas por tensão são o tipo mais habitual, causadas por contrações musculares ou desequilíbrio das substâncias químicas naturais do cérebro. A dor resulta em pressão ao redor da cabeça, vindo, em alguns casos, acompanhada de uma sensação constritiva na cabeça, pescoço e músculos dos ombros. Geralmente, têm início à tarde ou à noite, e provocam dor contínua.

O melhor tratamento é a prevenção, como técnicas de relaxamento, massagens, meditação e visualização causam efeitos positivos para muitas pessoas. Outra dica é cortar de sua alimentação todos os alimentos e medicamentos que possuam cafeína, já que podem piorar a tensão e a ansiedade, contribuindo para o início da dor de cabeça.

A sinusite também pode ser a causa de dores de cabeça, provocando dor profunda e desconfortante em volta dos olhos, chegando, à vezes, às têmporas e aos ouvidos. Ao se abaixar, a pessoa sente que a dor aumenta.

Já as dores de cabeça conhecidas como rebound podem ser provocadas pelo uso indiscriminado de sedativos, analgésicos, assim como de medicamentos contra dores  e cafeína, resultando em um ciclo vicioso de aumento de tolerância e de dependência.

Outros fatores desencadeadores de dores de cabeça incluem problemas dentários, fome, falta ou excesso de horas de sono, ficar exposto a luzes fortes por longo período, vista cansada, consumo excessivo de álcool, estresse, dentre outros.

RPG: Reeducação Postural Global

Durante nossa vida, algumas ações consideradas simples podem ser comprometidas por maus hábitos e sedentarismo. Ficar de pé e andar, por exemplo, são atitudes naturais e rotineiras, mas com o passar do tempo, esses hábitos ficam cada vez mais limitados. As dores na coluna atingem muita gente, e segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 85% da população do planeta sofre desse mal.

A coluna é composta por 33 vértebras divididas em cervicais, torácicas, lombares, sacrais e as do cóccix, que se sustentam e se equilibram nos proporcionando a postura ereta. Com a correria do cotidiano é comum não prestarmos atenção à nossa postura e deixarmos os exercícios físicos de lado. Quando a idade chega, o corpo começa a pagar a conta por tanto tempo de sedentarismo.

É comum que os idosos sintam dificuldade para realizar alguns movimentos como abaixar, por exemplo. Isso ocorre porque a cadeia muscular está encurtada, limitada. Para esse problema, que causa muita dor e incômodo, existe uma técnica relativamente nova: a Reeducação Postural Global, conhecida popularmente como RPG.

Tal técnica surgiu na França, nos anos 80, e visa trabalhar o corpo como um todo. É esse olhar globalizado que a diferencia da fisioterapia tradicional, que costuma tratar apenas o local lesionado. A RPG atua de forma completa sobre a cadeia muscular. Nas sessões de tratamento, o paciente realiza diferentes posturas de forma gradual e progressiva.

A reabilitação postural é de extrema importância para a vida de quem já está na terceira idade. Com o tempo, perde-se equilíbrio e o risco de quedas fica mais evidente. Assim, muitos idosos evitam sair sozinhos, não praticam atividades físicas e deixam o lazer de lado por insegurança. A reeducação postural é capaz de devolver independência à pessoa e de socializá-la novamente. Depois de reeducado, o idoso se sente mais útil e capaz, isso aumenta a sua autoestima e proporciona bem-estar psicológico e físico.

A RPG não tem restrições nem contraindicações, qualquer um que sinta dores e incômodos na coluna pode procurar um profissional habilitado para corrigir a má postura e acabar com o problema.

Geleias e Pães Pinheirense: delícia de combinação

Já faz um bom tempo que as geleias foram criadas como uma solução para conservar frutas que, de outro modo, poderiam estragar rapidamente. Quando conservadas, as frutas não se decompõem, pois perdem a água necessária à proliferação dos microrganismos. É possível evitar a formação de bolor na superfície vedando-se as geleias caseiras com uma camada de parafina impermeável.

Uma das vantagens das geleias é que estas contêm açúcares simples que são uma rápida fonte de energia. E para obter mais benefícios, além do prazer imediato de saborear um alimento atraente ao paladar, experimente consumir suas geleias prediletas com os pães Pinheirense – integrais, sem conservantes e feitos artesanalmente.

Pasta de amendoim

A pasta de amendoim pode ser uma excelente fonte de nutrientes para as crianças, que precisam de um pouco mais de gordura alimentar para ter um crescimento e um desenvolvimento sadios.

Uma colher de sopa tem aproximadamente 95 calorias, 5 g de proteína, 8 g de gordura poliinsaturada e quantidades significativas de vitaminas B, de cálcio, de potássio, e de magnésio, bem como 100 mg de sódio e traços de ferro e zinco.

Cuide do seu fígado

Nosso corpo pode funcionar mesmo se apenas um quarto do fígado estiver saudável o suficiente para desempenhar seu papel. Diferentemente de outros órgãos, mesmo depois de lesões graves, o fígado é capaz de se regenerar. Contudo, se ficar seriamente comprometido ou for submetido a excessos, o resultado pode ser fatal.

Doenças do fígado são comuns, mas os especialistas acreditam que podem ser prevenidas ao dar-se especial atenção à alimentação e à higiene. As doenças mais comuns são a hepatite, a cirrose e o câncer. O risco de câncer de fígado é maior para as pessoas com cirrose ou com determinados tipos de hepatite virótica. Todavia, o mais comum é o fígado ser afetado por cânceres secundários (metastáticos) espalhados por outros órgãos. Muitas vezes, os sintomas não se manifestam até a doença estar em estágio avançado. O sintoma mais facilmente identificável é a icterícia, o amarelamento da pele e dos olhos causado pelo acúmulo de pigmentos da bile ( bilirrubina) na pele.

Cuide do seu fígado:

Faça refeições pequenas e frequentes: A alimentação de uma pessoa que esteja se recuperando de uma doença do fígado deve ser a que menos sobrecarregar o órgão. Comidas gordurosas e de difícil digestão não são recomendáveis. Em geral, pessoas que sofrem do fígado não têm muito apetite e preferem fazer lanches pequenos e nutritivos no lugar de uma refeição principal completa.

Coma alimentos ricos em ácidos graxos: Os ácidos graxos ômega-3 parecem facilitar o processamento de gorduras no fígado. Uma alimentação rica nesses nutrientes reduz a taxa de triglicerídeos que o fígado produz, beneficiando pessoas com problemas circulatórios ou de coração. Os ácidos graxos são encontrados no salmão e em outros peixes gordurosos, nas nozes, nos grãos de soja e integrais, na semente de linhaça e no óleo de canola.

Existem alimentos que podem regenerar o fígado: O enxofre, presente principalmente em vegetais mais escuros, como a couve, os brócolis e o agrião. Um sumo de agrião e couve pode ser tomado duas vezes ao dia e tem efeitos surpreendentes; Aminoácidos como a leucina, encontrado em carnes magras, por exemplo, ou a cisteína da lentilha, do feijão branco e do grão-de-bico também fortalecem as enzimas que limpam o organismo e ajudam a regenerar o fígado.


A fruta também tem um potencial anti-inflamatório e alimentos de coloração arroxeada, como couve roxa ou beterraba também contribuem igualmente para que este órgão fique mais limpo. Alimentos como a rúcula, almeirão, mostarda e agrião são desintoxicantes. A substância também está nos chás: chapéu de couro, carqueja e boldo. A canela tem a capacidade de acelerar o metabolismo e reduzir o açúcar no sangue.

Decoração: como envelhecer móveis

Para quem curte o ar “desgastado chique” nos móveis, e não quer gastar muito dinheiro com isso, a opção é usar uma vela para reproduzir tal aparência em qualquer móvel de madeira, novo ou velho, que você queira pintar. Veja como:

Em primeiro lugar, prepare a peça pintando-a com uma cor de fundo ( como se ela já tivesse sido pintada com essa cor antes), e deixe a demão secar completamente.

Esfregue uma vela branca nas bordas e nos cantos, em volta de maçanetas e puxadores, e sobre os braços das cadeiras – onde quer que o acabamento do móvel possa ter se desgastado. Utilize a cera da vela generosamente, mas remova qualquer aspereza.

Pinte a peça com uma camada da cor principal, que não vai grudar na cera. Se precisar de uma nova camada da cor principal – o que pode acontecer se estiver pintando uma cor clara sobre uma cor escura -, esfregue um pouco mais da vela nas partes expostas.

Quando a peça estiver completamente seca, basta retirar a cera com um pano macio embebido em água quente.