Feliz Ano Novo!!!

“Receita de Ano Novo”

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

Carlos Drummond de Andrade

Para o réveillon: lentilha da sorte

Ingredientes:

1 ½ xícara (chá) de lentilha;

2 xícaras (chá) de água filtrada;

1 cubo de caldo de carne;

Linguiça calabresa picada a gosto (50g);

Bacon magro picado a gosto (30g);

1 cebola média picada;

2 a3 dentes de alho picados;

2 colheres (sopa) de azeite;

Sal e pimenta do reino a gosto;

Salsinha picada para enfeitar.

Modo de preparo:

Coloque a lentilha de molho por pelo menos oito horas. Escorra e despreze a água.

Na panela de pressão coloque para cozinhar em fogo médio a lentilha, a água, o caldo de carne e a linguiça picadinha. Assim que começar a chiar, abaixe o fogo e deixe que cozinhe por aproximadamente 12 minutos.

Enquanto isso, frite o bacon picado até ficar crocante. Reserve.

Retire a lentilha da panela de pressão, misture o bacon, tempere com a cebola e o alho refogados, levemente, no azeite. Acerte o sal, acrescente a pimenta do reino. Misture tudo, com cuidado. Salpique salsinha na hora de servir.

Como acompanhamento pode-se levar à mesa:

1)  arroz branco e folhas de alface rasgadas com as mãos, temperadas com azeite extra-virgem;

2)  casquinhas de massa de pastel fritas (que podem ser feitas com antecedência e guardadas em potes bem fechados). Sirva como entrada.

O café da manhã perfeito

Precisa de alguma orientação sobre como é um café da manhã saudável? Se cereais não são o que você mais curte, eis um desjejum baseado em ovos que funciona perfeitamente.

Novos estudos mostram que ovos fazem você se sentir satisfeito por mais tempo do que muitos outros alimentos, reduzindo as calorias ingeridas no restante do dia.

Desjejum com ovo, pão integral Pinheirense e frutas

1 ovo, mexido, pochê ou cozido; 2 fatias de pão integral Pinheirense; 1/2 xícara de salada de frutas frescas; cerca de 230 ml de leite desnatado ou semidesnatado ( 1%)

Substituições:

Em vez de:                                          Experimente

1 ovo                                                    1/2 xícara de queijo cottage light

1/2 xícara de salada de frutas              170 ml de suco de laranja;

1 laranja;

1 banana;

1 maçã

Economizando tempo: este é um café da manhã que você pode comprar na rua tão facilmente como preparar em casa. Se você tiver um café ou lanchonete de sua preferência, deixe que eles saibam que este é “o de sempre” e que você estará por ali frequentemente para fazer este pedido.

Caminhada nórdica

Se você quer fazer um exercício completo enquanto caminha, pense em praticar a caminhada nórdica, que usa bastões parecidos com os de esqui. Um esporte relativamente novo, foi criado no fim da década de 1990 como uma forma para treinar esquiadores finlandeses.

Usar os bastões é simples. Coloque um bastão no chão e impulsione o corpo com o bastão do mesmo lado. Quando for pisar com a perna esquerda, coloque o bastão do lado direito no chão e use o pé direito para impulsionar o corpo.

Estudos mostram que caminhar com bastões queima até 50% mais calorias do que as caminhadas rápidas normais, além de exercitar 90% dos músculos do corpo, graças à força abdominal e da parte superior do corpo exigida para baixar e levantar os bastões.

Uma vantagem para pessoas com dores nos joelhos e quadris é que parte da força da caminhada é transferida para os bastões e não para as articulações.

Fibras: mais importantes a cada ano de sua vida

Em outros posts, já falamos sobre as virtudes das favas como fontes de antioxidantes, mas é necessário lembrar que elas estão entre os alimentos mais ricos em fibras. Favas têm os dois tipos de fibras: insolúveis, que ajudam o sistema gastrointestinal a eliminar dejetos mais rapidamente, e solúveis, que formam um gel no intestino, auxiliando na redução do nível do LDL, o colesterol ruim, retirando-o do corpo.

Pesquisas mostram que 175 g de favas ao dia conseguem baixar o colesterol em até 10% em apenas seis semanas. Nenhum alimento natural tem mais fibras. E toda essa fibra, além das proteínas, significa que as favas têm um nível baixo do índice glicêmico, uma medida do impacto dos alimentos no nível de açúcar no sangue.

Os produtos Pinheirense são integrais, livres de conservantes e feitos artesanalmente.

Mas favas não são o tipo de comida que ingerimos várias vezes por dia. É mais provável que você adquira a maior parte das fibras de pães, cereais e massas. De acordo com uma pesquisa do Medical Research Council, pães integrais e cereais consumidos no café da manhã constituem mais de 75% de todas as porções de alimentos integrais ingeridas. Entretanto, a maioria das pessoas não come o suficiente desses produtos.

Então, como trocar o pão por um mais saudável? Dê preferência aos integrais, sem conservantes e outros aditivos químicos. Sua saúde agradece!

Teste de condicionamento

Existem muitas formas científicas de se medir o condicionamento físico. Mas, para a maioria de nós, os sinais de condicionamento são medidos diariamente, por meio das coisas que podemos ou não fazer. Uma pessoa com mais de 45 anos provavelmente estará em forma se conseguir:

- Dançar em ritmo agitado por mais de dez minutos sem se sentir tonto.

- Andar por 30 minutos sem se sentir cansado.

- Sentir-se com energia 14 horas depois de acordar ( se você acordou às 7h, deve estar acordado e ativo às 21h).

- Carregar galões de água em cada mão sem esforço.

- Guardar as malas no compartimento superior do avião sem dificuldades.

- Pular dez vezes sem fazer o coração disparar.

- Carregar uma cesta grande de roupas subindo e descendo dois lances de escada sem esforço.

- Curvar-se sem desconforto para cortar as unhas dos pés.

-Sentar-se no chão com facilidade e depois levantar-se.

- Levantar o pé na altura da coxa quando estiver chutando.

- Virar-se e olhar para trás sem mexer os pés.

Osteoporose: um cuidado para a vida toda

A osteoporose é uma doença relacionada à progressiva diminuição da renovação óssea, e se manifesta em todas as pessoas – em maior ou menor grau – com o avançar da idade. Para compreendê-la, antes é preciso lembrar que os ossos são estruturas maciças, como a aparência sugere, e o esqueleto não é apenas uma base de sustentação, mas antes um órgão vivo com diversas funções no organismo.

Com o intuito de evitar que pequenos traumas inerentes à movimentação corporal se acumulem, tornando os ossos mais frágeis e suscetíveis a fraturas, o esqueleto vive em constante renovação. Ocorre que, com o tempo, o corpo passa a absorver menos minerais, e passa a ter mais dificuldades para repor a substância óssea. Como resultado, estes se tornam porosos e menos resistentes. Em casos realmente extremos, o próprio peso corporal pode vir a causar fraturas espontâneas.

A respeito da prevenção, a sabedoria popular fala em consumir bastante cálcio, não apenas através do leite e seus derivados, mas também fazendo uso de suplementos específicos. O ortopedista José Luiz Silva, no entanto, tem uma visão bastante pragmática sobre este assunto. “A osteoporose, como ademais qualquer doença, deve ser acompanhada por um médico especializado, pois cada paciente apresenta um quadro bastante específico e deve ser tratado conforme suas peculiaridades. No entanto, se nós pensarmos naquilo que seria um brasileiro médio, meus conselhos seriam basicamente três: manter uma rotina de exercícios compatíveis com a idade e a condição física; tomar sol nos horários mais seguros; e evitar tombos ou choques acidentais.”

- A alimentação do brasileiro já é naturalmente rica em cálcio, e se você examinar a população, verá que a maioria dos brasileiros já possui níveis acima ou muito próximos da capacidade máxima de absorção corporal. O problema, portanto, não é este. Por sua vez, o tratamento com calcitonina também se mostra caro demais para a realidade financeira da maior parte da população, de forma que restam as opções que eu citei.

- Exercícios físicos são fundamentais, pois eles não fortalecem apenas os músculos, mas também ossos, tendões e ligamentos. Obviamente não se espera que alguém com osteoporose crônica se dedique a exercícios de alto impacto. No entanto, é importante realizar alguma forma segura de atividade física.

- Da mesma forma, tomar sol pela manhã ou no fim da tarde é um hábito essencial para a obtenção de vitamina D, que por sua vez ajuda no processo de renovação óssea. Por fim, é essencial evitar a utilização de tapetes, degraus ou quaisquer situações que possam provocar tombos a pessoas de idade mais avançada. Também há que se ter cuidado com a hipotensão postural (queda de pressão momentânea, quando alguém se levanta rápido demais).

Quando consideramos que são raros os casos de osteoporose capazes de causar fraturas espontâneas, compreendemos que cuidados desta natureza podem ajudar bastante a reduzir as chances de alguma ocorrência.

- No entanto, se pensarmos de forma ainda mais abrangente, o ideal seria que a osteoporose fosse evitada desde os primeiros anos de vida, quando o indivíduo tem a oportunidade de formar ossos fortes através da alimentação e da prática de exercícios. E então, a partir dos 30 anos, quando começa a existir uma tendência de redução na substância óssea, as medidas de tratamento deveriam ser levadas adiante.

- Para reduzir os efeitos desta doença, portanto, a melhor solução de longo prazo seria uma reeducação populacional que trouxesse a osteoporose para a pauta de discussões de jovens e adolescentes, muito antes dos primeiros sintomas serem sentidos. Para que fosse mais eficiente, o cuidado com os ossos deveria ser tomado ao longo de toda a vida.