Para o lar: limpe o piso de madeira com chá de ervas

Limpar o piso de madeira com chá de ervas? Sim, desde que este seja combinado com mais alguns ingredientes. Os ácidos de tanino presentes em algumas ervas – nesse caso, a hortelã – acabam com a sujeira sem danificar o acabamento do piso. Torça o esfregão várias vezes ao limpar, pois se o piso ficar muito molhado, a tábua do assoalho pode deformar.

Para fazer um chá de hortelã forte e concentrado, use 6 saquinhos de chá para 1 litro de água e deixe em infusão por 2 a 3 horas, pelo menos.

- 1 litro de água

- 6 saquinhos de chá de hortelã

- 1 litro de vinagre branco

- 2 colheres de sopa de óleo mineral para bebês

- 1 colher de chá de detergente

Em uma panela grande, ferva 1 litro de água, tire a panela do fogo e adicione 6 saquinhos de chá de hortelã. Deixe em infusão durante 2 horas

- Despeje o chá em um balde e adicione o vinagre, o óleo mineral e o detergente. Misture com uma colher grande

- Mergulhe um esfregão limpo na solução, esprema ou torça-o e comece a esfregar.

Saúde: o poder do vermelho

Há mais de um século, um dos remédios mais comuns para curar a gripe era comprado a metro: a flanela vermelha, que era associada ao calor e à cura. Por que o vermelho? Por causa da superstição de que a cor vermelha afastava os espíritos do mal. Sob um ponto de vista menos metafísico, dizia-se que a flanela “removia” a gripe quando usada junto à pele.

A flanela surgiu no fim do século XIX, quando um algodão felpudo chamado flannelette passou a circular no mercado. Embora considerado inferior à lã, esse novo tecido não irritava tanto a pele quanto ela.

As mães amarravam echarpes de flanela vermelha em volta dos pescoços dos filhos para aliviar a inflamação na garganta ( além de afastar o olho-grande). Muitos homens trajavam peças de flanela vermelha sob as roupas não só para se protegerem da gripe e do resfriado, mas para evitar crises de gota e de reumatismo.

Para a dor nas costas, usavam-se ataduras de flannelette em volta da cintura. Com o passar do tempo, o pano que aquecia sem irritar a pele passou a ser chamado simplesmente de flanela e começou a ser utilizado para fazer as camisas e os pijamas.

Faça você mesmo: biscoitos caninos

Para as pessoas que gostam de cozinhar e, acima de tudo, querem diminuir os gastos e economizar, a dica é preparar em casa biscoitos deliciosos para o seu animal de estimação.

Estas delícias integrais promovem um cheiro tão gostoso vindo do forno, que até você terá vontade de experimentá-las – isso se seu cão permitir, é claro ;-)

Ingredientes:

- 200 g de farinha de trigo integral;

- 1 colher (sopa) de fermento em pó;

- 250 g de manteiga de amendoim natural;

- 240 ml de leite desnatado

Modo de preparo:

- Pré-aqueça o forno em temperatura baixa;

- Junte em uma tigela a farinha e o fermento. Em outra, bata o leite com a manteiga de amendoim;

- Misture tudo e mexa até virar uma massa. Coloque-a sobre uma superfície polvilhada e amasse até ganhar uma textura elástica;

- Estique a massa até que fique com 0,5 cm de espessura e, então, para dar forma, utilize um corta-massa no formato de osso de cachorro;

- Coloque os ossinhos em uma fôrma untada e asse-os por 20 minutos ou até ficarem levemente corados. Espere esfriar e guarde os biscoitos em um recipiente hermético.

Dica: dê um sabor adocicado à ração do cachorro com uma banana.

Descongestionante nasal

Este é um descongestionante caseiro que ajuda a expelir os alérgenos de suas vias nasais. A solução isosmótica equipara-se à concentração de sal encontrada no corpo humano, tornando-se suave, mas eficaz.

Água salgada para parar de fungar:

Este remédio funciona melhor à temperatura ambiente. Jogue fora a solução restante depois de dois dias.

1 litro de água; 1 colher (sopa) de chá de camomila; 2 colheres (chá) de sal.

- Encha uma panela média com água, acrescente o chá e o sal e ferva em fogo baixo.

- Mexa até dissolver o sal e deixe esfriar à temperatura ambiente.

- Coloque a solução em um recipiente vazio para borrifar as narinas. Faça isso duas vezes no interior de uma narina, sempre que necessário, enquanto mantém a outra fechada.

Diga “sim” aos carboidratos

Muitas pessoas acreditam que quanto menos carboidratos ingerirem mais saudáveis serão. Porém, diversas pesquisas mostram que isto não é verdade. Escolher os carboidratos mais saudáveis, principalmente os grãos integrais, é fundamental para o bem-estar.

É sabido por todos que os grãos integrais são uma importante fonte de fibras. Mas os benefícios não param por aí. Vitaminas, minerais, antioxidantes e outras substâncias fitoquímicas são encontradas nestes grãos.

Estudos de ponta comprovam que comer grãos integrais oferece uma boa proteção contra o diabetes, o câncer e as doenças do coração.

A Pinheirense produz pães artesanais integrais, sem conservantes e com combinações variadas de sementes. Não deixe de experimentar nossos produtos.

Pandaréu: “openfaces” preparados com os produtos Pinheirense

“… Pandaréu dizia que uma alimentação equilibrada também promove uma interação sustentável dos povos com o meio ambiente, tornando os nossos corpos um centro de troca de boa energia.”

Se você concorda com esta afirmação, vai adorar conhecer a Pandaréu, onde, entre deliciosos cafés, chás, “openfaces”, “Pandaleve”, “Frutaréu” e “Pandelícias”, encontrará os pães de sementes da Pinheirense.

Afinal, lanches saborosos e saudáveis combinam com pães artesanais, integrais e livres de conservantes e produtos químicos! Além disso, os produtos da Pinheirense contêm combinações variadas de sementes. Visite o nosso blog, para mais informações: www.paopinheirense.com.br/blog

A Pandaréu está localizada na Rua Olimpíadas, 360, no Shopping Vila Olímpia ( piso térreo).

Pinheirense: Pão tipo Sueco com Kümmel

A Pinheirense fabrica o Pão tipo Sueco com Kümmel, que além de ser um produto artesanal, integral e sem conservantes, apresenta em sua composição essa planta herbácea, também considerada aromática, usada para fins medicinais e na culinária.

O sabor das sementes dessa planta é parecido com o da erva doce. De origem europeia, o Kümmel ( no Brasil, mais conhecido como alcarávia) ajuda na digestão.

Muito usado para aromatizar bolos, bolachas, pães, carne de porco e outras carnes gordurosas, além de ser aproveitado em queijos e sopas, é fundamental no preparo dos licores Wolfschmidt Kümmel, Mentzendorff Kümmel e Gilka Kümmel, da aguardente da escandinávia “Aquavit”, e do queijo tipo “Tilsit” alemão.

O sabor característico dos pratos preparados no sul da Alemanha e na Áustria é obtido com a utilização do Kümmel, geralmente misturado ao alho para o preparo de carnes e vegetais. Outra utilização clássica pode ser observada no Sauerkraut (Chucrute – preparado com repolhos fermentados e juníperos). No norte da África, especialmente na Tunísia, a alcarávia é utilizada no preparo de uma pasta apimentada chamada de harissa.

Carpaccio de bresaola com salada e molho de estragão

Para 4 porções:

100 g de espinafre;

1/2 alface-crespa roxa;

150 g de bresaola em fatias finíssimas;

4 colheres (sopa) de azeite de oliva extravirgem;

2 colheres (sopa) de vinagre balsâmico;

1 colher (sopa) de suco de limão;

Sal;

Pimenta-do-reino moída grosseitamente;

100 g de crème fraîche;

1 pitada de açafrão em pó;

2 ramos de estragão;

1 colher (chá) de vinagre balsâmico branco;

1 pitada de açúcar.

Preparo:

1- Lave e seque o espinafre e a alface. Rasgue a alface em pedaços. Em 4 pratos, disponha primeiro a alface e, em seguida, as folhas de espinafre;

2- Arrume a bresaola sobre as folhas. Regue com azeite de oliva, vinagre balsâmico e suco de limão e, em seguida, polvilhe tudo com sal e pimenta-do-reino moída;

3- Para o molho, misture o crème fraîche ( ou 80 g de creme de leite fresco com 20 g de iogurte natural) com sal, pimenta e açafrão numa pequena tigela até obter uma consistência homogênea. Lave o estragão e agite as folhas para secar. Pique-as.

4- Junte o estragão à mistura de crème fraîche. Tempere com um pouco de vinagre balsâmico branco e açúcar. Coloque o molho no meio de cada porção de salada. Sirva em seguida. Acompanhe com pão tipo sueco Pinheirense.

Dica: para quem controla o peso, substitua o crème fraîche por creme de leite azedo ou fresco. O teor de gordura é menor.

Sirva o carpaccio de breasaola com o pão tipo sueco da Pinheirense