Pães integrais e artesanais com linhaça

Além de não utilizar conservantes e produtos químicos em seus produtos, a Pinheirense faz uso de combinações variadas de sementes, aumentando o poder nutritivo dos pães e seus benefícios à saúde. O pão de forma integral com linhaça e o pão tipo sueco com linhaça fazem parte da nossa linha de produtos integrais, artesanais e sem conservantes.

Por ser uma rica fonte de fibras solúveis, a linhaça auxilia na redução dos níveis de colesterol, combatendo doenças cardíacas. Também é comprovado que as fibras insolúveis dessa semente contribuem para evitar a prisão de ventre.

Fonte de ácido alfa-linoléico (ALA) – um ácido graxo essencial considerado como uma gordura “boa para o coração”-, ajuda a afinar o sangue. Os ácidos graxos ômega-3 não são produzidos pelo organismo, precisam ser adquiridos por meio de alimentos, como a linhaça.  Eles reduzem a tendência das plaquetas de se agruparem, formando coágulos.

As lignanas, que compõem a semente de linhaça, convertem-se em compostos similares ao estrogênio do próprio organismo, mas com menor atividade. Possuem a capacidade de ocupar os receptores de estrogênio nas células e bloquear os efeitos de estrógenos mais fortes. Devido a esse fator, diversas pesquisas estudam o papel da linhaça na prevenção de alguns tipos de câncer vinculados a hormônios, como o câncer de mama e de cólon.

Jabuticaba: fruta 100% brasileira

Nativa da Mata Atlântica, a jabuticaba apresenta poucas calorias e carboidratos, mas grandes quantidades de vitamina C e E, ácido fólico, Niacina, Tiamina e Riboflavina, além de minerais como potássio, cálcio, magnésio, ferro, fósforo, cobre, manganês e zinco.

Um grande diferencial são as propriedades da sua casca, que é rica em antocianidina, ou vitamina R, mais potente que as vitaminas E e C, possui propriedades antioxidantes e ajuda a combater os radicais livres. Outra substância importante, contida na casca da jabuticaba, é a pectina, que é uma fibra solúvel.

Benefícios da casca da jabuticaba:

Antocianidina: Como ela possui propriedade antioxidante e é capaz de reduzir e combater os radicais livres, que são responsáveis por inflamações, intoxicações e o envelhecimento da nossa pele, as antocianidinas podem trazer vários benefícios:

  • Ajuda na recuperação da elasticidade e firmeza da pele, sendo uma boa combatente de rugas, e até mesmo podem ajudar na queda de cabelo;
  • Auxilia na redução da produção de histamina, desta maneira, ela pode ajudar a aumentar a resistência do corpo, diminuir o colesterol ruim e combater os radicais livres;
  • As jabuticabas também ajudam a fortalecer os vasos sanguíneos, prevenindo doenças relacionadas a eles, como varizes e derrames;
  • Podem auxiliar na melhora da memória, pois protegem células do cérebro, sendo muito recomendadas para pessoas com idade mais avançada;
  • Melhoram a resistência física, incluindo a disposição energética e elasticidade muscular, e até mesmo podendo melhorar a visão;
  • Possuem propriedades anti-cancerígenas;
  • Por ajudar na estabilização da taxa de açúcar no sangue, podem ser muito recomendadas para diabéticos;
  • Sua propriedade anti-inflamatória pode ajudar a aliviar as dores da artrite e outras doenças inflamatórias;

Pectina: Esta fibra solúvel tem a capacidade de reduzir a velocidade de absorção das propriedades dos alimentos conforme estes são ingeridos. Desta maneira, os benefícios da jabuticaba advindos da pectina são:

  1. Além de também ser indicada para pessoas com hipoglicemia ou diabetes, por equilibrar o nível de glicose no sangue, contribui também para a desintoxicação do nosso corpo, pois auxilia na remoção de alguns metais pesados e substâncias tóxicas. Desta forma, melhora a função da vesícula biliar e diminui o risco de cálculos biliares;
  2. A pectina também ajuda no combate de colesterol alto e da obesidade;
  3. A pectina também pode auxiliar no funcionamento saudável do trato digestivo, proporcionando movimentos intestinais mais regulares e prevenindo contra a constipação e diarreia;
  4. Se feito um chá da casca da jabuticaba e acrescentado mel (ou fazer um xarope), os benefícios da jabuticaba estendem para auxiliar pessoas com anemia, estresse, asma, bronquite, amigdalite, gripes e resfriados.

Benefícios da polpa da jabuticaba:

  • O ferro contido na sua polpa pode combater a anemia;
  • O fósforo, juntamente com outros minerais, pode auxiliar no melhor desempenho do metabolismo de energia no nosso corpo; ele também ajuda a combater o estresse e a aumentar a imunidade do organismo;
  • A vitamina C é conhecida como uma aliada do nosso corpo no combate à gripe, também pode ajudar em infecções no geral, e ainda auxiliar em casos de alergia, asma, glaucoma, varizes, hipertensão arterial, anemia, fadiga crônica, etc;
  • A Niacina, ou também chamada de vitamina B3, se não ingerida em quantidade suficiente, pode causar indigestão, erupções na pele e fraqueza muscular;
  • Como a polpa desta fruta possui altos níveis de minerais como o cálcio, potássio e magnésio, os benefícios da jabuticaba podem se estender aos nossos ossos e dentes, pois estes minerais ajudam a fortalecê-los, prevenindo de doenças mais graves, como a osteoporose;
  • Por possuir ácido fólico e ferro, esta fruta também pode ser muito recomendada à mulheres grávidas, pois pode auxiliar no crescimento e desenvolvimento do feto.

Benefícios da uva passa

A uva passa contém todos os nutrientes da uva fresca, contudo, mais concentrados. Por apresentar um alto nível de carboidratos de absorção rápida e mais 70% de frutose, oferece muita energia, sendo recomendáveis para atletas, crianças e adolescentes, por exemplo; ajuda a tratar a anemia e a controlar o peso. A Pinheirense produz, artesanalmente, o Pão Integral de nozes e passas, ideal para quem valoriza uma alimentação saudável e saborosa. Nossos pães são isentos de conservantes. Confira os benefícios da uva passa para a sua saúde:

Fortalece o sistema imunológico:  A uva passa possui porção significativa de vitaminas de complexo B e minerais fundamentais para prevenção de anemia, como o Ferro. Ela ainda conta com um estimulante natural para a produção contínua de células vermelhas, o Cobre, que ajuda a garantir a boa composição sanguínea. A arginina contida na uva passas também pode agir no fortalecimento do corpo, evitando fraquezas e mal estar.

Ajuda a combater infecções: Os fitonutrientes pofenólicos marcam presença entre os responsáveis pelos benefícios da uva passa, pois podem agir como anti-inflamatório. Esses efeitos podem ser convenientes para reduzir a possibilidade de febres e ação de bactérias.

Previne o câncer: A uva passa contém antioxidantes que podem contribuir para proteger o corpo contra a ação de radicais livres e demais agentes causadores de tumores na mama, próstata, fígado, entre outros.

Previne doenças cardiovasculares: Para proteger a saúde do coração e todo sistema cardiovascular, combinar alimentos nutritivos é fundamental para impulsionar os benefícios da uva passa. O fruto é fonte de potássio, mineral indicado para o controle de Sódio no organismo. É importante ressaltar que o Sódio pode contribuir com a retenção de líquidos e principalmente, com o aumento da pressão arterial, o que pode resultar em diversos efeitos negativos. O consumo regular de uva passa pode ser uma excelente contribuição para a prevenção de hipertensão, acidente cerebral vascular, entre outras condições que inferem sobre a saúde do coração.

Dentes e ossos fortes: O Cálcio e o Ferro são fundamentais para a saúde e resistência dos ossos e dentes, o que preserva a estrutura corporal e articulações. A uva passa pode fornecer esses minerais, e ainda contém Boro, que auxilia na composição óssea, garantindo saúde, e evitando o desgaste. Pode-se dizer que, se aliado com uma alimentação completa em nutrientes, o fruto pode ajudar na prevenção de osteoporose.

Hipertrofia: Se você está focado na preservação e crescimento de músculos, é importante saber que a uva passa possui Potássio, mineral funcional para a melhor contração dos músculos e sistema nervoso. Junto à porção saudável de Sódio, o fruto pode apoiar na saúde dos músculos, otimizando o processo de hipertrofia, já que também interfere na retenção de líquidos, deixando o volume muscular em maior evidência. A uva passa possibilita que sejam mantidos os níveis energéticos enquanto você está em repouso, por isso, ela garantirá que o metabolismo se mantenha em funcionamento, mesmo após as atividades. Os músculos também podem ser beneficiados com a maior capacidade de absorção de oxigênio, agindo contra radicais livres e evitando danos oxidativos.

Pasta de amendoim e hipertrofia muscular

A pasta de amendoim é saborosa, nutritiva, sacia a fome e é boa para a saúde. Mais da metade da composição dessa leguminosa é gordura, e a outra metade é composta por proteína (25%), carboidrato (20%) e fibra (5%). Excelente fonte de vitamina E e de vitaminas do complexo B, principalmente B3, B6, folato e biotina, também é rica em diversos minerais como ferro, magnésio, potássio, fósforo, zinco, selênio, cobre, manganês e cálcio. A manteiga de amendoim contém fitosteróis, ácido cumárico e resveratrol, antioxidantes que, em conjunto com a vitamina E, ajudam a prevenir doenças cardíacas e o câncer.

Como se não bastasse, a pasta de amendoim ajuda na hipertrofia muscular, devido às seguintes propriedades:

  1. Ser rica em proteínas, pois o amendoim naturalmente contém uma boa concentração desse nutriente;
  2. Ser um hipercalórico natural, favorecendo o ganho de peso de forma boa, sem estimular o acúmulo de gordura;
  3. Ser fonte de gorduras boas como o ômega-3, que fortalece o sistema imunológico e reduz a inflamação no corpo;
  4. Favorecer a contração muscular e previne cãibras, por conter magnésio e potássio;
  5. Ser rica em vitaminas do complexo B, o que melhora o funcionamento das mitocôndrias, que são partes das células responsáveis por fornecer energia para o corpo;
  6. Prevenir lesões musculares, por ser rica em antioxidantes como a vitamina E e fitosteróis.

Receita de Vitamina Proteica de Pasta de Amendoim

Essa vitamina é uma mistura hipercalórica que pode ser consumida em um lanche ou como pós-treino.

Ingredientes:

  • 200 ml de leite integral
  • 1 banana
  • 6 morangos
  • 2 colheres de sopa de aveia
  • 1 colher de sopa de pasta de amendoim
  • 1 medida de whey protein

Modo de preparo: Bater todos os ingredientes no liquidificador. Sirva gelado. 

Pães com aveia: benefícios

O Pão de Trigo Integral com Aveia e o Pão Tipo Sueco com Aveia fazem parte da linha de produtos artesanais e sem conservantes produzidos pela Pinheirense. Além de saborosos, os nossos pães são saudáveis e possuem combinações variadas de sementes, que trazem inúmeros benefícios à saúde.

Benefícios da aveia:

A aveia apresenta efeitos benéficos sobre o colesterol, pressão arterial, níveis de açúcar no sangue, saciedade e saúde gastrointestinal. Excelente fonte de fibra solúvel, cálcio, ferro, manganês, folacina, vitamina E, tiamina, niacina, riboflavina e outras vitaminas do grupo B, ajuda na redução tanto do nível de açúcar no sangue quanto dos níveis de insulina, um fator importante no controle do diabetes.

O farelo de aveia é rico em betaglucano, o que ajuda a reduzir os níveis de colesterol, diminuindo os riscos de infartos. Alguns estudos demonstram que a aveia não apenas diminui o colesterol LDL, mas também aumenta os níveis do bom colesterol – o HDL.

Por possuir um valor elevado de saciedade, o que significa que leva um longo tempo para ser digerida, a sensação de fastio é mais duradoura. Acredita-se que tanto a proteína como as fibras de aveia contribuem para esse efeito.

Benefícios e propriedades da canela

A canela já foi considerada mais valiosa que o ouro e, na Antiguidade, era símbolo de sabedoria para gregos, romanos e hebreus. Com o passar do tempo, os benefícios dessa especiaria à saúde só foram ratificados: possui propriedades antimicrobianas, anti-inflamatórias, anti-infecciosas e anticoagulantes. Confira os principais benefícios da canela e suas propriedades:

- Ajudar a controlar a diabetes porque melhora a utilização do açúcar;

-melhora transtornos digestivos como gases, problemas espasmódicos e ajuda a tratar a diarreia, devido ao seu efeito antibacteriano, antiespasmódico e anti-inflamatório;

-combate as infeções das vias respiratórias, pois tem um efeito secante nas mucosas e é um expectorante natural;

- diminui a fadiga e melhora o estado de ânimo porque aumenta a resistência ao stress;

-ajuda a combater o colesterol pela presença de antioxidantes;

- ajuda na digestão, principalmente quando misturada ao mel – este tem enzimas que facilitam a digestão. A canela possui efeito antibacteriano, antiespasmódico e anti-inflamatório;

-combate infeções das vias respiratórias, por possuir um efeito secante nas mucosas e é ser um expectorante natural;

-diminui o apetite, pois é rica em fibras;

-reduz o acúmulo de gordura porque melhora a sensibilidade dos tecidos à ação da insulina;

-afrodisíaca, ainda melhora a circulação sanguínea, aumentando a sensibilidade e o prazer, o que também favorece o contato sexual.

Quantidade recomendada: entre 1 e 6 gramas, o equivalente a meia ou até uma colher de chá, ao dia. Como estes valores mudam muito, é interessante consultar um médico ou nutricionista sobre a melhor porção do alimento para cada pessoa.

Como consumir a canela: Não há diferenças nutricionais entre a ingestão da canela em pó ou em pau. Essa especiaria pode ser consumida polvilhada sobre frutas, legumes e carnes e também pode ser incluída em chás e sucos. O alimento também fica muito bem polvilhado sobre doces, como arroz doce, mingau d aveia, dentre outros. 

Insuficiência renal: causas e prevenção

A insuficiência renal pode ser uma reação temporária a um choque agudo ou ferimento, ou, ainda, um problema crônico, que requer tratamento imediato. Já a insuficiência renal aguda pode ter como causas infecções graves, queimaduras, diarreia ou vômito, envenenamento (incluindo efeitos colaterais de remédios ou suas interações), cirurgias ou danos e ferimentos nos rins.

A partir do momento em que o problema é resolvido, o funcionamento dos rins quase sempre se normaliza. A insuficiência renal crônica é uma consequência da hipertensão não tratada, diabetes mal controlado, ou da má-formação congênita. A insuficiência renal grave crônica ou em um estágio terminal requer diálise regular – tratamento no qual uma máquina retira as impurezas do sangue – ou sempre que possível um transplante de rim.

A relevância da alimentação na monitoração da insuficiência renal

As recomendações gerais envolvem a restrição de fósforo, potássio, proteínas e sal. A ingestão de líquidos precisa ser monitorada. Com pouco líquido, os eletrólitos acabam ficando desequilibrados; com líquido em excesso, a retenção provoca edema e problemas eletrolíticos, e contribui para a hipertensão, e até para a insuficiência cardíaca congestiva. As proteínas devem ser ajustadas conforme mudam a função renal, diálise ou níveis de estresse.

Estudos demonstram que se as proteínas são limitadas a aproximadamente 1 g por quilo de peso corporal por dia, o paciente em diálise receberá os aminoácidos essenciais, mas terá menor risco de danos futuros.

29 de outubro: Dia Nacional do livro

No dia 29 de outubro, é comemorado, no Brasil, o Dia Nacional do Livro. Uma data mais que oportuna, portanto, para que se faça uma reflexão a respeito das mudanças nos rumos do mercado editorial brasileiro, bem como se renove o convite àquela que, apesar de todas as inovações tecnológicas, permanece como a forma mais confortável e profunda de exercitar o hábito da leitura.

Uma grossa sequência de folhas de papel, impressas com larga quantidade de tinta e ocupando espaço bastante considerável dentro dos padrões atuais de estocagem informativa. Pior: sem dispor nada que lembre uma ferramenta de busca digital, tornando a procura rápida por informações pontuais algo próximo a um jogo de investigação.

Certamente, vendo desta forma, o livro parece não ter mesmo lugar no mundo informatizado. Tanto mais quando se leva em consideração o impacto negativo do uso do papel, em termos ecológicos. Foi-se o tempo, além disso, em que a maior parte do conhecimento acumulado pelo homem se via restrito às páginas de livros.

Hoje em dia, boa parte daquilo que um público menos especializado precisa saber sobre praticamente qualquer assunto pode ser encontrado na internet, ao alcance de um clique, e quase que instantaneamente. No entanto, claro, a realidade não é assim tão simples.

Para começar, nenhuma plataforma de leitura consegue ser tão suave aos olhos – e ao corpo como um todo – quanto um livro. Portáteis e foscos, livros podem ser lidos em qualquer lugar, em qualquer posição, e são muito mais convidativos aos olhos do que telas de aparelhos digitais. Além disso, se é verdade que o papel de suas folhas fere o meio ambiente – ainda que cresça a cada dia o número de publicações em papel reciclável –, é igualmente verdade que o prejuízo ambiental para por aí. Já nas telas, a leitura passa por um consumo constante de energia. A longo prazo, portanto, o livro acaba sendo a opção mais ecológica.

E justamente por oferecer a leitura mais confortável, o livro continua a ser o habitat natural de toda sorte de informação que vá além do trivial e do superficial. Tudo que envolva pesquisa, tudo que vá além de resumos, tudo, enfim, que possa transformar um interessado num especialista, será encontrado em livros. Não em sites.

Os meios eletrônicos, portanto, não representam uma ameaça ao mercado editorial. Ao contrário, seria possível ver na multiplicação de mídias e plataformas um cenário inclusive amigável ao tradicional livro impresso, na medida em que cada vez mais ele se vê livre para explorar suas próprias vocações.

Com o advento da internet, os livros podem ser cada vez mais profundos e especializados, voltados a um público disposto a pagar por informações especiais e mais contextualizadas. Além disso, o universo digital atua também como facilitador no encontro entre obra e leitor, especialmente nos casos de livros raros, esgotados, ou que tenham sido publicados apenas em países estrangeiros.

A rigor, se existe na atualidade um limitador real ao mercado editorial, ele certamente não se encontra na internet ou nas novas tecnologias da informação, e sim na forma como os livros passaram a ser vendidos nos últimos anos.

A exemplo do que vem ocorrendo às salas de cinema, as livrarias também têm sido absorvidas pela proliferação de centros comerciais em todas as partes do mundo. São cada vez mais raras as livrarias tradicionais, da mesma forma como tantos cinemas históricos acabaram sendo vendidos a igrejas, bingos ou supermercados. E então, uma vez dentro dos shoppings, sujeitos a alugueis bastante altos, os livreiros passam a depender de uma rotatividade muito maior para que possam sobreviver no mercado. Assim como as salas de cinema dependem dos chamados blockbusters, as livrarias tornaram-se dependentes dos Best Sellers.

Sob este aspecto, é cada vez menor a diversidade de títulos nas prateleiras, com espaço cada vez maior sendo dedicado aos livros mais vendidos. Muitos deles, inclusive, baseados em filmes de grande sucesso, ainda que o caminho inverso continue a ser verdadeiro, com muitos filmes ainda dedicados a contar histórias literárias. Além dos Best Sellers, a rigor, o mercado se sustenta também nos imprescindíveis livros didáticos, cujas vendas jamais flutuam.

Público, no entanto, não falta, como comprovam, anualmente, os sucessos das Bienais, tanto no Rio quanto em São Paulo, além da concorrida e já tradicional Festa Literária de Paraty. Dentro deste contexto, portanto, a internet talvez deva ser encarada antes de tudo como uma grande aliada à leitura impressa, na medida em que ela incorpora o papel das antigas livrarias e permite o acesso a obras mais preciosas ou específicas, impressas em tiragens menores. Incluindo aí raras edições regionais, muitas vezes pagas pelo próprio autor, ou exemplares esgotados, disponíveis nos inúmeros sebos virtuais existentes no universo digital.

Não, a internet não ameaça a continuidade do livro como abrigo e fonte de informações aprofundadas. Antes o contrário. Ela, que felizmente também veio para ficar, deve ser encarada como a grande defensora da variedade editorial, em tempos nos quais o capitalismo gostaria de lidar apenas com Best Sellers.

Salada de salmão defumado com caqui

O caqui é a fruta da estação e, além de saboroso, traz vários benefícios à saúde: é indicado para o bom funcionamento do intestino, atua como calmante, é essencial para a visão, unhas e cabelos, auxilia o desenvolvimento ósseo, retarda o envelhecimento precoce do organismo. Rico em fibras, vitaminas A e E e em betacaroteno, o caqui é um alimento versátil, usado no preparo de diferentes receitas, inclusive, em sorvetes e na caipirinha!

No post de hoje, mostramos como você pode preparar uma deliciosa salada de salmão defumado com caqui (receita de Luciane Daux):

Ingredientes: 

1 caixa de folhas baby para saladas;
2 endívias;
2 caquis café em fatiaspequenas;
200g de salmão defumado (ou gravlax) em lâminas;
½ abacate em fatias;
½ xícara (chá) de sementes de romã;
microverdes

Preparo: 

1. Misture as folhas baby com as endívias. Por cima, ajeite as finas fatias de caqui e as fatias, um pouco mais grossas, de abacate.
2. Finalize, fazendo flores com o salmão defumado ou gravlax, e decore com as sementes de romã e os microverdes.
3. Sirva com vinagrete feito com 60ml de aceto balsâmico, 150 ml de azeite de oliva, quatro colheres (sopa) de mel, sal e pimenta do reino a gosto.

Pão de forma integral: nozes e passas

O Pão Integral de nozes e passas da Pinheirense é ideal para quem valoriza uma alimentação saudável e saborosa. Nossos pães são artesanais e isentos de conservantes. Seu paladar e sua saúde agradecem!

Confira os benefícios das nozes e da uva-passa para a saúde:

Nozes: Ricas em vitamina E e potássio.

A maioria é rica em minerais, incluindo cálcio, ferro, manganês e zinco.

Boa fonte de ácido fólico, niacina e outras vitaminas do complexo B, e de proteína.

Uva-passa: Rica em pectina e bioflavonóides.

Contém fitoquímicos que podem diminuir os riscos de doenças do coração, câncer e derrames.

Lanche ou sobremesa doces e pouco calóricas.