Yoga Day

Hoje, 21 de junho, é comemorado o Dia Internacional do Yoga. A história do Yoga na América do Sul começou em 1920, na Argentina, e de lá, veio ao Brasil através de Swami Asuri Kapila. O Yoga se tornou mais conhecido por aqui somente na década de 60, através dos ensinamentos do Coronel Caio Miranda.

Os benefícios da Yoga são vários: reduz o estresse, melhora a concentração, a autoestima e  a autoaceitação, é uma ótima aliada da memória, ajuda a emagrecer e a fortalecer os músculos, melhora a flexibilidade e o equilíbrio, auxilia na cura da depressão e na diminuição da ansiedade, melhora a postura corporal, o desempenho sexual e a qualidade do sono.

Em São Paulo, o projeto “Arte de Viver” oferece no próximo sábado, 24 de junho, um evento gratuito em comemoração à data. O encontro acontece entre às 15h e 17h30, na Praça da Paz (portão 8)- Parque do Ibirapuera.

Inverno 2017: prevenção e tratamento de alergias

Quem sofre com alergias típicas do inverno está familiarizado com sintomas como coriza, olhos inchados, coceira nasal, dentre outros. Saiba como prevenir e tratar esses incômodos recorrentes, através de métodos naturais:

Inale os vapores do eucalipto: Ferva folhas secas de Eucalyptus globulus amassadas; deixe descansar de 4 a 5 horas e coe os pedacinhos de folhas antes de aquecer o líquido para ser inalado. Você também pode adicionar de 5 a 10 gotas de óleo de eucalipto à água fumegante.

Coloque o recipiente na ponta de uma mesa, sente-se, incline a cabeça sobre ele e cubra-a com uma toalha para formar uma “tenda”. Respire a fumaça por cerca de 10 minutos, tomando cuidado para não ficar perto demais do vapor. Seus pulmões ficarão limpos e você ainda ganha um tratamento facial de bônus.

Contra a bronquite: O aroma penetrante da raiz-forte ralada, acompanhado do cheiro ácido do limão, ajuda a dissolver o muco nos canais dos seios da face e dos brônquios. Para fazer um xarope para tosse, rale um pedaço de raiz-forte sem casca em um recipiente ( ou use-a já preparada). Em seguida, transfira 50 g da raiz-forte ralada para um recipiente menor. Junte 80 ml de suco de limão e misture bem. Beba 1/2 colher de chá da mistura de duas a três vezes ao dia. A ação expectorante deve provocar a tosse depois de cada dose, ajudando seus pulmões a se livrarem do muco.

Chá antialérgico: Para um chá antialérgico, esmague 2 a 3 colheres de chá de flores de camomila alemã, despeje 240 ml de água fervente, deixe descansar por 10 minutos, coe e beba de três a quatro vezes ao dia.

Cuidado: embora a camomila seja uma erva tradicional no combate à febre, ela pode agravar os sintomas de qualquer pessoa alérgica à tasna, também conhecida como erva-de-santiago, uma prima da camomila. Para as demais pessoas, o azuleno contido na camomila contém propriedades anti-inflamatórias, indicadas no tratamento de infecções do trato respiratório e alergias.

Rinite: Caso consiga urtiga fresca ( uma erva daninha comum em jardins), use luvas quando a colher e ao lavar as folhas. Adicione 120 g da folha a 6 xícaras de água fervente, reduza o fogo e cozinhe até a água ficar verde. Coe o líquido em peneira fina para um bule de chá grande.

Em épocas de rinite alérgica, beba uma xícara do chá de urtiga pela manhã e outra à tarde. Pode adoçar com mel.

Patê de Tofu e Pão Pinheirense

Poderoso aliado na prevenção do câncer de mama, o Tofu é uma importante fonte de proteínas e apresenta baixa caloria ( aproximadamente 70 kcal em cada 100 gramas). Rico em minerais (cálcio, ferro, fósforo, magnésio), previne a ocorrência de doenças crônicas, além de reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL). As isoflavonas presentes no Tofu têm ação anti-inflamatória e antioxidante, que combatem os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento precoce e doenças degenerativas, como a osteoporose.

Alimento versátil, pode ser utilizado em diferentes pratos- doces e salgados. Selecionamos uma receita de patê de Tofu, prática e saborosa, que cai super bem com o Pães da Pinheirense.

Ingredientes:

2 fatias medias de Tofu;

1 colher (sopa) de maionese vegetal;

1 colher (sopa) de azeite de oliva extravirgem;

1 colher (sopa) de cenoura ralada;

1 colher (sopa) de orégano (seco);

1 colher (sopa) de salsinha crua;

1 colher (chá) de sal;

Pão tipo Sueco Pinheirense.

Preparo:

Amasse o Tofu com um garfo e adicione os demais ingredientes. Misture bem até obter uma mistura homogênea. Sirva com o Pão tipo Sueco da Pinheirense.

Filmes para celebrar o dia dos namorados

O Dia dos Namorados, comemorado oficialmente no dia 12 de junho, deveria, na verdade, ser lembrado todos os dias pelos casais apaixonados. Afinal, um relacionamento, para que seja sólido e baseado no respeito, companheirismo, na amizade e lealdade, precisa ser reconstruído diariamente.

No post de hoje, sugerimos algumas películas que tratam da temática AMOR – essencial na vida de todos nós.

As Pontes de Madison ( direção: Clint Eastwood): Robert Kincaid (Clint Eastwood) é um fotógrafo profissional contratado pela revista National Geographic para tirar fotos das belas pontes do condado de Madison, Iowa. Perdido, ele pede informações na fazenda dos Johnsons. Francesca Johnson (Meryl Streep – indicada ao Oscar em 1996 por sua atuação nesse filme) é uma dona de casa, casada há quinze anos e com dois filhos adolescentes. Duas vidas unidas pelas estradas do destino. Dois mundos completamente diferentes, tentando resistir a um inesperado romance. Robert e Francesca. Uma paixão que surge apenas uma vez na vida. Talvez, a única chance de viver um grande amor…

Um Homem, Uma Mulher ( direção: Claude Lelouch): O filme despertou os olhares do mundo para a obra do premiado diretor Claude Lelouch. Vencedor dos Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Roteiro Original, além da Palma de Ouro em Cannes, o longa faz uso de uma fotografia belíssima e da música dos talentosos Vinícius de Moraes e Baden Powell, para mostrar o despertar do amor entre um solitário convicto e uma mulher precocemente viúva. Ele, um piloto de corridas de automóveis (Jean-Louis Trintignant); ela, roteirista de cinema (Anouk Aimée), tentam conduzir um relacionamento sincero e bem humorado em meio às insistentes demandas familiares e profissionais. Uma linda história de amor à francesa que conquistou o mundo, mas que poderia muito bem acontecer com você.

Amour (direção: Michael Haneke): Georges (Jean-Louis Trintignant) e Anne (Emmanuelle Riva) são um casal de aposentados apaixonados por música. Eles têm uma filha musicista que vive em outro país. Certo dia Anne sofre um derrame e fica com um lado do corpo paralisado. O casal de idosos passa por graves obstáculos que colocarão o seu amor em teste. Um filme belíssimo, que consegue mostrar, de maneira singular, como o verdadeiro amor supera todas as dificuldades e obstáculos.

Saraband ( direção: Ingmar Bergman): a aclamada sequência do vencedor do Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro “Cenas de um Casamento” é a última declaração de Ingmar Bergman em filme, – um poderoso e ferino rugido final de um grande velho homem do cinema – (Richard Corliss, Time). Trinta anos após o divórcio, Marianne (Liv Ullman, em uma reprise do seu papel premiado pela National Society of Film Critics) impulsivamente decide visitar Johan (Erland Josephson) no seu isolado retiro no interior. Além da sua chegada, ela testemunha o relacionamento atormentado entre seu amargo ex-marido, seu odioso filho Henrik (Börje Ahlstedt) e uma neta de 19 anos, Karin (Julia Dufvenius). Incapaz de lidar com a recente morte de sua esposa, Henrik expressa seu sofrimento através de uma nada saudável obsessão com sua filha adolescente. Ignorando os protestos de seu filho, Johan oferece mandar a garota para um prestigiado conservatório de música, forçando Karin a escolher entre seu futuro promissor como uma violoncelista ou ficar com seu atormentado pai.

Amantes Eternos ( direção: Jim Jarmusch): A história de amor entre dois vampiros eruditos, Eve (Tilda Swinton) e Adam (Tom Hiddleston), cansados da sociedade atual e profundamente incomodados com a evolução da humanidade. Há séculos eles vivem uma relação de cumplicidade e muito amor, que pode ser abalada pela aproximação da irresponsável irmã caçula da vampira, Ava (Mia Wasikowska).

De Olhos bem Fechados ( direção: Stanley Kubrick): Bill Harford (Tom Cruise) é casado com a curadora de arte Alice (Nicole Kidman). Ambos vivem o casamento perfeito até que, logo após uma festa, Alice confessa que sentiu atração por outro homem no passado e que teria sido capaz de largar Bill e sua filha pelo desconhecido. A confissão desnorteia o sujeito, que sai pelas ruas de Nova York assombrado com a imagem da mulher nos braços de outro. Ele acaba em meio a uma reunião secreta em uma mansão afastada. Último filme do cultuado diretor Stanley Kubrick.

Pra que serve o amor? ( direção: Louis Clichy): A história de amor (e loucura) de dois jovens, contada a partir da música A Quoi Ça Sert L’amour?, de Edith Piaf e Théo Sarapo. O curta é, na verdade, um videoclipe animado para a música da Edith Piaf, feito pelo diretor e ilustrador francês Louis Clichy. Maravilhoso!!!

Benefícios e importância da vitamina D

Aproximadamente 80% das pessoas que vivem em um ambiente urbano são carentes em vitamina D. Além de fundamental para a saúde dos ossos, essa substância também age no coração, cérebro e no mecanismo de proliferação e inibição das células. É eficaz no fortalecimento do sistema de defesa do organismo, auxiliando no combate de doenças, como diabetes, hipertensão, esclerose múltipla e doença de Crohn, pois tem o poder de modular o sistema imunológico.

As vitaminas são classificadas de acordo com  a sua forma de absorção e armazenamento no corpo. As vitaminas A, D, E e K, por exemplo, são solúveis apenas em gordura. E o que isso quer dizer?

Esse tipo de vitamina precisa de gordura para ser absorvida pelo fluxo sanguíneo do trato intestinal. Portanto, portadores de distúrbios de má-absorção de gordura podem desenvolver sintomas da deficiência, embora se alimentem de quantidades adequadas da vitamina. Em contrapartida, quantidades tóxicas podem se acumular no organismo caso a pessoa tome altas doses de suplementos.

Vitamina D: Existem duas formas dessa vitamina: D2, proveniente das plantas, D3, que é sintetizada pelo corpo quando a pele é exposta a raios solares ultravioleta (UV). O corpo precisa receber vitamina D, para poder absorver cálcio. Essa vitamina também promove a absorção de fósforo e impede os rins de excretarem proteína na urina. Devido à sua relevância na absorção de minerais, a vitamina D possibilita o desenvolvimento de ossos e dentes fortes.

A deficiência dessa substância causa raquitismo nas crianças e osteomalacia (forma adulto de raquitismo) nos adultos. Outros sintomas são convulsão e espasmos musculares. Além disso, é necessária para a manutenção do tecido ósseo; tem influência considerável no sistema imunológico, sendo relevante para o tratamento de doenças autoimunes, como a artrite reumatoide e a esclerose múltipla, e no processo de diferenciação celular. A falta desse nutriente favorece 17 tipos de câncer.

A principal fonte de produção da vitamina D se dá por meio da exposição solar, já que os raios ultravioletas do tipo B (UVB) são capazes de ativar a síntese desta substância. Alimentos como peixes gordos são fontes de vitamina D, mas é o sol o responsável por 80 a 90% da vitamina que o corpo recebe. Ela também pode ser produzida em laboratório e ser administrada na forma de suplemento, quando há a deficiência, assim como para a prevenção e tratamento de uma série de doenças.

Como obter a Vitamina D

Para evitar a carência da substância é importante tomar de 15 a 20 minutos de sol ao dia. Braços e pernas devem estar expostos, pois a quantidade de vitamina D que será absorvida é proporcional à quantidade de pele exposta.

Todos os alimentos fontes de vitamina D são de origem animal porque as fontes vegetais não conseguem sintetizar a vitamina da maneira como os alimentos provenientes de animais. Até mesmo o salmão, alimento com as maiores quantidades da substância, apresenta somente 6,85% das necessidades diária de vitamina D em uma porção de 100 gramas. Sendo assim, tomar sol é fundamental para evitar a carência do nutriente.

Os suplementos de vitamina D podem ser utilizados em casos de constatação de carência da substância ou no tratamento de algumas doenças. A falta do nutriente é constatada após exame de sangue.

Salada mexicana de carne e chili

Saladas com carne magra são leves, saborosas e proporcionam proteínas importantes. Veja como preparar uma deliciosa salada mexicana de carne e chili:

Ingredientes:

500 g de carne bovina magra cozida;

1/2 molho de coentro;

2 pimentas chili vermelhas;

2-3 colheres (sopa) de vinagre de vinho tinto;

2 colheres (sopa) de suco de limão;

4 colheres (sopa) de azeite de oliva;

sal a gosto;

pimenta-do-reino moída na hora;

1/4 de colher (chá) de páprica em pó;

1 pimentão vermelho e 1 amarelo;

8 mini espigas de milho em conserva;

2 tomates;

1 punhado de cebolinha;

50 g de nachos ou tortillas chips. Você também pode usar o Pão tipo Sueco Pinheirense.

Receita para 4 porções. Cada porção fornece 410 kcal, 38 g de proteínas, 22 g de gordura, 13 g de carboidratos. Tempo de preparo: 35 minutos. Tempo para marinar: 1 hora.

Preparo:

1- Corte a carne em tiras finas e coloque-as numa tigela. Lave o coentro, agite as folhas para secar e pique-as. Reserve 1 colher (sopa) de coentro picado para a guarnição. Corte as pimentas ao meio no sentido do comprimento, descarte as sementes, lave-as e pique. Acrescente o restante do coentro e a pimenta à carne.

2- Numa tigela pequena, misture 2 colheres (sopa) de vinagre, o suco de limão e o azeite de oliva. Tempere com sal, pimenta-do-reino e a páprica. Misture o vinagrete aos ingredientes na tigela. Cubra e deixe marinar por cerca de 1 hora na geladeira.

3- Corte ao meio os pimentões, descarte as sementes, lave as metades e pique-as em cubos de 1,5 cm. Escorra as mini espigas de milho e corte-as em pedaços. Corte ao meio os tomates, retire as sementes e corte-os em cubos. Lave os salsões e corte-os em anéis.

4- Misture as hortaliças à carne e tempere tudo com mais sal, pimenta-do-reino e vinagre, se necessário. Coloque a salada em uma tigela e enfeite com os nachos, tortillas chips, ou com o Pão tipo Sueco Pinheirense. Polvilhe com o coentro picado.

Dica: a salada fica ainda mais saborosa se, um pouco antes de servi-la, os nachos ou as tortillas chips forem aquecidos no forno.

Patê de pimenta dedo de moça

O gosto picante confere um sabor a mais a diferentes pratos de diversas culturas. Temida por alguns e indispensável para outros, consumida na medida certa, a pimenta traz muitos benefícios à saúde.

Fonte de antioxidantes, possui propriedades analgésica, anti-inflamatória, energética, estimulante, afrodisíaca, é rica em vitaminas, controla o colesterol, ameniza enxaquecas, e ainda ajuda a emagrecer.

A pimenta também pode ajudar a aliviar a congestão nasal e a prevenir a formação de coágulos causadores de infartos ou derrames. Além disso, ajuda na liberação de noradrenalina e adrenalina, também associadas à melhora do ânimo de pessoas deprimidas; combate a enxaqueca, por provocar a liberação de endorfinas, potentes analgésicos naturais; a pimenta também se mostra útil contra infecções, por combater as bactérias, já que tem poder bacteriostático e bactericida, e não prejudica o sistema de defesa, mas, pelo contrário, estimula a recuperação imunológica.

Veja como preparar um patê de pimenta dedo de moça:

Ingredientes: 4 pimentas dedo de moça sem sementes; 1 copo de azeite; 1 copo de vinagre escuro; 4 dentes de alho; 1 cebola média; 1 lata de extrato de tomate; 1 colher (sopa) de ketchup; 2 folhas de louro picadas; sal a gosto; Pão tipo Sueco Pinheirense.

Preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador até formar uma pasta homogênea. Deixe na geladeira por, aproximadamente, três horas. Sirva com o Pão tipo Sueco Pinheirense – integral, artesanal e livre de conservantes.  

Curiosidade: Um copo grande de leite funciona como antídoto para a pimenta. Para abrandar a sensação de ardência após ingerir uma pimenta picante, recomenda-se beber um copo grande de leite.

Algas marinhas contra o câncer

Excelente fonte de diversos nutrientes essenciais, inclusive proteínas, a maioria das algas é rica em iodo, importante substância para o organismo, pois atua na produção dos hormônios que regulam o metabolismo do corpo através da glândula tireoide.

Estamos falando de um vegetal muito versátil, que pode, inclusive, ser utilizado para realçar o sabor de diversos pratos, como saladas, carnes, sopas e frutos do mar. A alga é classificada de acordo com sua cor – vermelha, azul-esverdeada, marrom e verde.

No Japão, a alga marinha representa 25% da alimentação. Além de possuírem poucas calorias, a grande maioria fornece cálcio, cobre, ferro, potássio e magnésio. Benefícios para a saúde: aprimora o funcionamento do cérebro, previne o estômago contra a gastrite e a úlcera gástrica, melhora a saúde cardíaca, desintoxica o organismo, regula o metabolismo.

Mulheres japonesas, cujas dietas são ricas em algas marinhas, têm menores taxas de câncer no ovário, mama e câncer do endométrio. Segundo um estudo da Universidade de Berkeley, uma dieta contendo algas marinhas reduz as chances de ocorrência de câncer. Além disso, por conterem fucoidan, um carboidrato complexo, funcionam como um poderoso anti-inflamatório.

Temperos com algas

Folhas ou tiras de algas secas, conhecidas como nori, dão um sabor salgado diferente por causa do seu elevado teor de sódio. Vendida, geralmente, em lojas orientais e de comidas naturais, a alga nori é usada como tempero para saladas, sopas e macarrão. Também é utilizada como invólucro para fazer porções de arroz e sushi.

Pinheirense: pão integral com nozes e passas

Já experimentou o Pão Integral de nozes e passas da Pinheirense?! Para quem valoriza uma alimentação saudável e saborosa, fica a dica. Nossos pães são integrais, feitos artesanalmente e são isentos de conservantes. Seu paladar e sua saúde agradecem!

Confira os benefícios das nozes e da uva-passa para a saúde:

Nozes: Ricas em vitamina E e potássio.

A maioria é rica em minerais, incluindo cálcio, ferro, manganês e zinco.

Boa fonte de ácido fólico, niacina e outras vitaminas do complexo B, e de proteína.

Uva-passa: Rica em pectina e bioflavonóides.

Contém fitoquímicos que podem diminuir os riscos de doenças do coração, câncer e derrames.

Lanche ou sobremesa doces e pouco calóricas.

Transtorno obsessivo compulsivo

Se a sua mente é invadida, frequentemente, por pensamentos, palavras, frases, músicas, imagens ou impulsos indesejados, que se tornam inevitáveis, você pode ser portador, de acordo com o DSM-IV (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais), de um Transtorno de Ansiedade muito comum e pouco divulgado, conhecido por Transtorno Obsessivo Compulsivo – TOC.

A pessoa deve procurar um médico, para saber se tem ou não o TOC, nos seguintes casos: quando há preocupações excessivas com contaminação por germes, sujeira ou doenças; necessidade de fazer as coisas de forma absolutamente perfeita, repetindo, muitas vezes, as tarefas e ações; compulsão por vários banhos ao dia, por sentir-se sujo, ou lavar as mãos compulsivamente; necessidade de verificar portas, fogão, janelas, gás, porta do carro, de forma demasiada; hábito de fazer coisas repetidamente e sem sentido, como tocar, contar, repetir números, palavras ou frases; preocupação exagerada com as coisas, de maneira que devam estar sempre simétricas, perfeitas, organizadas, alinhadas; incapacidade de jogar fora objetos, entulhando o quarto, a casa, o quintal.

O pensamento repetitivo é denominado obsessivo, e muitas vezes produz incômodo por não ser afastado pela simples vontade da pessoa. Tais pensamentos são distanciados quando são realizadas certas ações ritualísticas (compulsões).

O problema é que não existe ligação entre as obsessões e as compulsões, mas o sujeito entende que há. Por exemplo: quando o indivíduo não consegue se desfazer de um objeto por algum medo, e o entulha em casa, este pensamento recorrente produz a ação de entulhar, e depois de várias ações desta natureza, que suprimem o pensamento obsessivo, o sujeito acredita ser esta a solução.

Outro exemplo: se a pessoa entende que está sendo contaminada por germes ao tocar em uma toalha, ou pano, ou camisa de outra pessoa, e lavando as mãos em seguida, esses pensamentos param, este comportamento tende a aumentar de frequência, como se fosse a solução para o problema. Na realidade, as compulsões apenas aliviam os pensamentos recorrentes, mas não são capazes de resolver o problema, pois os pensamentos sempre voltam. O que fazer, então?

O primeiro passo é procurar um médico competente para fornecer um diagnóstico preciso de TOC. No Brasil, o médico competente é o psiquiatra. Uma vez diagnosticado, o paciente deve seguir as orientações médicas, e procurar fazer um tratamento psicológico concomitantemente, para que aumente a probabilidade de um bom resultado.

O tratamento psicológico do TOC tende, entre outras coisas, a elucidar o paciente sobre os PNAs, isto é, Pensamentos Negativos Automáticos, ou falsas crenças, como por exemplo: se outros se desfazem de coisas, e não lhes acontece nada de mau, por que me aconteceria?

É importante se informar sobre as descargas hormonais, como adrenalina, noradrenalina e glicocorticóides pela glândula suprarrenal, quando em contato com o objeto do medo, enquanto geradoras das sensações de tremores, taquicardia, medo de morrer, aceleração na respiração, entre outros…

Se você, após ler este e outros textos, desconfiar portar o TOC, não haja fugindo ou se esquivando do problema. Encare de frente, pois este mal pode prejudicar sua vida por anos e anos, sendo, com o passar do tempo, e com o condicionamento das compulsões, cada vez mais difícil o tratamento.