Caixas de papelão: use e reuse

Os chineses inventaram o papelão no começo do século XV, prevendo, assim, há centenas de anos, a demanda de caixas para comida chinesa. Em 1871, o nova-iorquino Albert Jones patenteou a ideia de colar papel corrugado entre dois papelões para criar um material rígido o suficiente para ser usado na remessa de mercadorias.

Mas foi apenas em 1890 que outro americano, Robert Gair, inventou a caixa de papelão corrugado. As caixas eram pedaços planos de papelão previamente cortados e que se dobravam, transformando-se em caixas, exatamente como as caixas de papelão que conhecemos hoje.

Antes de dispensar caixas de papelão, pense em como elas ainda podem ser úteis e reutilizadas. Confira algumas dicas:

Proteção contra a poeira: mantenha a poeira longe de pequenos utensílios, ferramentas elétricas ou teclados, por exemplo. Corte as abas de uma caixa de papelão de modo que a mesma fique sobre o objeto, adorne-a ou cubra-a com papel adesivo e use-a como proteção contra poeira.

Faça um jogo americano de mesa: corte vários pedaços de 30 cm x 45 cm de papelão e cubra-os com papel adesivo colorido.

Armazene os enfeites de Natal: quando desmontar a árvore de Natal, embrulhe os enfeites em jornal ou papel de seda e guarde-os numa caixa de papelão vazia ou numa caixa de bebidas alcoólicas com divisórias. Neste caso, cada segmento da caixa tem capacidade para armazenar vários enfeites.

Garagem para carros de brinquedo: Vire de lado uma caixa de papelão grande e deixe as crianças usarem-na como “garagem” para seus veículos de brinquedo. Elas também podem usar caixas menores como garagem de carros, ônibus e caminhões em miniatura.

Faça um relógio de sol com papelão: é uma ótima maneira de mostrar às crianças a mudança da órbita solar com o passar dos dias. Pegue um pedaço de 10 x 10 cm de papelão e finque uma haste ao meio. Se necessário, aparafuse ou pregue uma tábua pequena à ponta da haste, para mantê-la na vertical. Coloque o relógio num local ensolarado. De hora em hora, peça às crianças que marquem onde a sombra da haste aparece no papelão. Verifique novamente no dia seguinte, e o relógio de sol parecerá preciso. Mas verifique uma semana depois, e as sombras não se alinharão às marcas nas horas certas. Quando, curiosas, as crianças tentarem descobrir o motivo, d ê a elas uma pista: a Terra está inclinada sobre seu eixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *